Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

10.Ago.18

CAR - Próxima batalha: Santa Maria!

Foto BSousa ABETT.JPG

Foto: António Bettencourt

 

Vai hoje para estrada a 37ª edição do Rallye de Santa Maria, um evento que vai receber Bernardo Sousa pela primeira vez como líder do campeonato açoriano de ralis - depois das vitórias na Terceira e no Faial -, sendo que se advinha nova luta com Luís Miguel Rego - que é o terceiro da tabela -, vencedor na edição de 2017 da  prova a cargo da Secção de Automobilismo e Karting do Clube Asas do Atlântico. É a quarta etapa pontuável para o Campeonato dos Açores de Ralis, contando igualmente para o Troféu de Ralis Asfalto - Açores.

Se Bernardo e Rego serão, certamente, as estrelas da companhia, com o madeirense da Play/Auto Açoreana a querer mostrar serviço também no rápido asfalto mariense e Rego a fazer valer as atuações de grande qualidade que ali tem realizado, é certo que não faltam atrações ao certame, como a estreia do Peugeot 208 T16 de José Paula, que volta a pôr as listas com três viaturas R5. Depois, a presença de Luís Pimentel, num potente Porsche 911 GT3 Cup, a que se junta nova vinda do belíssimo Escort RS do continental Eduardo Veiga. Nas duas rodas motrizes, Ruben Rodrigues lidera o campeonato e ainda não perdeu, mas Rafael Botelho não é de atirar a toalha ao chão. Também naquele escalão, Bruno Tavares está de regresso e Carlos Andrade quer esquecer as desistências que já teve este ano. Pelo meio, os dois Mitsubishi EVO9 de Pedro Vale e de Hugo Mesquita, bem acompanhados por Rui Torres, que é quem desta vez vai guiar o Fiesta Proto. Naquela que é a melhor lista de inscritos do ano estão incluídos 11 Citroën Saxo, de onde se destaca o de Paulo Santos, que lidera o Troféu de Asfalto, competição de que é o titular. Com alguns pilotos a voltarem à estrada, e outros tantos a fazer o seu debute em Santa Maria, os motivos de interesse são variados. E temos de ir até ao nº45 (!) para também saudar a volta do rápido Pedro Câmara, desta feita num Skoda Turbodiesel.

O rali totaliza 185,56 kms de extensão, sendo que 79,52 se referem às 9 provas especiais de classificação. Para o Troféu de Asfalto contam os primeiros seis troços. Num programa sem grandes alterações face aos últimos anos, o esquema apresenta-se novamente com duas etapas, sendo que a de hoje (13,2% do itinerário) dá a possibilidade aos concorrentes que abandonem poder correr amanhã em Rali 2. A reter apenas o novo traçado do Aeroporto e o regresso da estrada dos Piquinhos aos troços da tarde de amanhã, como na edição de 2014.

Mas a festa já teve início anteontem, com a receção às equipas, tendo-se realizado ontem à noite a apresentação pública das 44 duplas concorrentes. Como sempre, e sendo o mais puro rali de verão do arquipélago, a animação reina em Santa Maria. E tudo está a postos para dois dias de lutas renhidas e de são convívio.

Ou não se estivesse na Ilha do Sol!

lista de inscritos.jpg