Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

01.Mar.06

Foi Carnaval...Foi Carnaval...

carnaval lajes.jpg
Milhares de pessoas assistiram na Terceira à que é considerada como a maior manifestação de cultura popular no país. Em anos idos o investigador José Orlando Bertão chamou-lhe mesmo o maior festival de teatro popular do Mundo. De facto este ano foram cerca de 70 danças e bailinhos de Carnaval que se apresentaram um pouco por toda a ilha, até ontem terça-feira, tendo a festa terminado já a altas horas da madrugada.
Passaram pela maioria das sociedades recreativas das freguesias rurais, e pelas duas maiores casas de espectáculo terceirenses, o auditório do Ramo Grande, na Praia da Vitória, e o Teatro Angrense, na cidade património mundial dos Açores.
As sociedades recreativas, que esgotaram novamente as suas lotações, abrem as suas portas nos dias de Entrudo a meio da tarde e encerram já madrugada fora.
As danças e bailinhos, que começaram a exibir-se na passada sexta-feira, mobilizam centenas e centenas de intervenientes, desde actores, músicos e bailarinos. Aliás, uma das novidades é que de, ano para ano, se assiste a um aumento do número e variedade de instrumentos utilizados, a par do aprimorar das coreografias e das interpretações.
Teatro genuinamente popular, de raízes vicentinas, as danças e bailinhos têm também uma vertente de sátira e crítica sociais, tanto de situações locais, como nacionais e internacionais. E, provou-o este Carnaval’2006, a tradição está para dar e durar.