Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

04.Dez.06

Corrida dos Degraus do Algar do Carvão (Reportagem)

Jorge Nunes "voou" do interior da terra!...

Os 27 destemidos da 1ª edição da Corrida dos Degraus do Algar do Carvão...

Foi num bonito e soalheiro dia 1 de Dezembro que se espera ter iniciado mais uma tradição desportiva na Terceira. Foi mais uma Corrida de Degraus, na sequência das disputadas em Angra, durante as Sanjoaninas’2006, e na Praia da Vitória, aquando do feriado de 11 de Agosto e integrada no programa das Festas Concelhias. Desta feita o palco da prova foi o Algar do Carvão, um dos pontos mais apetecíveis como “montra” da nossa terra, e a iniciativa contou com a organização da Sociedade Espeleológica “Os Montanheiros”, que a integrou nas comemorações do seu 43º aniversário. Uma outra forma de ligar ainda mais aquela agremiação ao público em geral, mas sempre em consonância com as directivas estatutárias d’ “Os Montanheiros”, que visam a divulgação das nossas riquezas naturais numa perspectiva didáctica e de preservação ambiental, conforme realçou o presidente da colectividade, Paulo Barcelos.

Foram então 27 os destemidos, e destemidas - no número de quatro…- que se apresentaram ao desafio, e que consistia em subir todos os degraus do interior do Algar do Carvão, com partida mesmo lá de baixo, da sapata junto à Lagoa, passar o túnel de acesso à gruta e, já cá fora, saltar uma parede de pedra e ainda galgar um inclinado trilho rumo à chaminé do vulcão. Parece difícil? Pois e era mesmo!

O ambiente foi o de sempre nestas andanças, uns abordando a situação de uma forma mais previdente e atlética, outros de maneira relaxada e bem disposta, mas sempre num clima de camaradagem e total disponibilidade para novas aventuras. E já se fala na Zona Balnear das Quatro Ribeiras! O mais novo à partida promete já ser um campeão no futuro, chama-se Miguel Almeida e, do alto dos seus oito anos, levou 3 minutos e 11 segundos a alcançar o final. Presente esteve de novo a Família Medeiros, com a D. Rosa a subir calmamente em 5 minutos e 41, em claro contraste com as animadas corridas dos gémeos Xavier e Guilherme (10 anos) e do Vasco (11 anos). Com o papel de mais idoso da subida, Jorge Azevedo (57 anos) mostrou calma e saber para totalizar 4 minutos e 17 segundos. Nas senhoras, ou no caso ainda meninas, as irmãs Maria de Fátima (3m14) e Carla Almeida (3m19), de 13 e 14 anos, foram as melhores, tendo Isabel Santos sido apanhada de surpresa para vencer no escalão acima dos 20 anos. Entre os 23 atletas masculinos a prevalência foi para o escalão dos mais novos (os ditos Sub-20…), onde um bem preparado André Correia correu para os dois minutos cravados, com direito a “grito” na entrada do túnel e tudo, chegando mesmo ao terceiro lugar da geral, onde apenas dois seniores fizeram melhor. Ainda abaixo dos 20 anos o triatleta do TAC Miguel Medeiros distou apenas 2 segundos do vencedor, sendo seguido por Filipe Barbeito, com mais 5 segundos. No escalão dos veteranos estiveram três atletas presentes, com Rui Borba (o homem que há uns anos atrás punha na estrada a saudosa Meia-Maratona “Amores do Atletismo”, na casa da Ribeira) a fazer uso da sua experiência para bater Paulo Mendonça, que correu com o dorsal “00” e a fechar o percurso.

Pedro Bartolomeu (2º); Jorge Nunes (1º); Tiago Correia (3º).

Mas foi nos seniores que se encontraram os dois mais rápidos da jornada, com Jorge Nunes, atleta da Casa do Benfica, a “voar” literalmente escada acima, para um impensável registo de 1 minuto e 47 segundos. Em excelente ritmo o pluri-campeão do Triatlo, Pedro Bartolomeu, fez segundo lugar a sete segundos, tendo Miguel Mendonça sido o terceiro, já acima dos 2 minutos e dez, mas também em bom estilo. À semelhança das anteriores duas corridas de degraus, o desconhecimento do percurso, pelo menos feito a um ritmo mais “vivo”, levou a alguns excessos, em alguns casos, e até a precauções excessivas noutros. Para balanço das três primeiras iniciativas do género pode dizer-se que houve equivalências no ambiente e na entrega, apenas diferindo o número de concorrentes (13 em Angra, 29 na Praia e 27 agora). Mas estes já podem dizer, caso continuem a participar, que foram totalistas…e apenas eles!

 

Ausente novamente: a “nossa” RTP…

 

Uma vez mais, e pese embora a divulgação (quase “pessoal”…) feita desta prova, houve uma ausência comum às duas anteriores: a “nossa” RTP-Açores. Se em Junho se poderiam escudar as “desculpas” nos meios dispendidos para cobrir as “Sanjoaninas”, podemos adivinhar que serão as mesmas razões invocadas para, em Agosto, e junto ao centro nevrálgico das Festas da Praia, não haver hipóteses de cobrir um evento corrido às seis da tarde! Ou, em pleno Dia da Restauração, marcar uma corrida para a mesma hora de um jogo de Futebol! Será isso? Será que pondo em estudo então uma iniciativa nocturna… corremos o risco de o pagamento de horas extraordinárias inviabilizar novamente a presença da televisão de todos nós? Uma coisa pode a organização destas provas,e desde já, garantir…as iniciativas (estas três corridas de degraus) foram inéditas nos Açores, havendo muito poucas em Portugal (que se saiba apenas uma se disputa com regularidade…), pelo que nem com esta exclusividade nos conseguimos fazer ver aos olhos dos responsáveis do nosso canal. Talvez se a prova se corresse nos degraus da Ermida de Nossa Senhora da Paz, em Vila Franca do Campo?...

O original emblema da Sociedade Espeleológica "Os Montanehiros". (Autoria: Paulo Mendonça).

DEGRAUS DO ALGAR DO CARVÃO’2006 - 1ª EDIÇÃO

CLASSIFICAÇÕES:

Femininos até 20 Anos

 

        Mª Fátima Almeida             3m14

        Carla Almeida                      3m19

Femininos + de 20 Anos

 

        Isabel Santos                      5m26

        Rosa Medeiros                     5m41

 

Masculinos até 20 anos

 

        André Correia                      2m00

        Miguel Medeiros                  2m02

        Filipe Barbeito                     2m07

        Marco Rodrigues                 2m16

        Tibério Barbeito                   2m16

        Rui Correia                            2m19

        Armando Lopes                   2m22

        Ivo Santos                            2m24

        Manuel Almeida                   2m29

10º     Fábio Pires                           2m33

11º     Xavier Medeiros                  2m55

12º     Vasco Medeiros                   3m05

13º     Miguel Almeida                    3m11

14º     Guilherme Medeiros           3m25

Masculinos 20 a 40 anos

 

        Jorge Nunes                         1m47

        Pedro Bartolomeu               1m54

        Miguel Mendonça                2m13

        José Correia                         2m19

        José Freitas                         2m23

        Pedro Fins                            2m32

Masculinos + de 40 anos

 

        Rui Borba                              2m47

        Paulo Mendonça                  2m58

        Jorge Azevedo                    4m17