Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

04.Abr.19

Rádio Clube de Angra - 72 anos (texto)

20190403_202916.jpg

Music File Hosting - Embed Audio Files -

"Sintonizam o Rádio Clube de Angra, estação emissora CSB 80, A Voz da Terceira"

 

Tem sido assim durante sete décadas. Mesmo se os tempos mudaram, mesmo se alguns vaticinaram a morte das estações de Rádio tradicionais. E mesmo se outros optaram por fazê-las durar, mas recorrendo à tecnologia e quase abolindo as pessoas.

Quando, em outubro de 1946, Belmiro da Silva Rocha e Fausto Rodrigues Cristóvam formaram uma sociedade de amadores de Telegrafia Sem Fios, estava criado o que viria ser a " Voz da Terceira", título da autoria do Tenente-Coronel José Agostinho, anos depois, nas páginas do "Diário Insular".

Com mais doze sócios fundadores, foi a 3 de abril de 1947 que nasceu o RCA, desde logo com o apoio das autoridades administrativas, dos intelectuais e artistas angrenses, bem como da população em geral.

Os anos seguintes foram de grande expansão e reconhecimento, cobrindo o arquipélago e unindo todas as suas ilhas e população através da informação geral e regional.

Mas também através de conteúdos diversos como a cultura, a música, o teatro-radiofónico, o lazer, o desporto, a religião e até as partilhas da dor e da solidariedade.

Seria assim em momentos de catástrofe e aflição, como a erupção vulcânica dos Capelinhos (1957), a crise sísmica de São Jorge (1964) ou o Terramoto de 1 de janeiro de 1980. 

O RCA estreitou distâncias. Aproximou pessoas e comunidades. Lançou os primeiros alicerces da ideia de unidade e da identidade regional.

As suas emissões correram mundo, e por estes microfones passaram, e passam, os melhores jornalistas e radialistas locais.

Nesta estação emissora viveu-se grande parte da mais recente História dos Açores, num sentimento e numa vivência a indicarem que uma única e só região era real.

O RCA foi a primeira estação de rádio dos Açores a transmitir uma cerimónia religiosa, em 1952. Até hoje, aos domingos, é transmitida a Eucaristia da Sé Catedral de Angra. Foi de lá que, esta manhã, se falou desta casa de todos nós.
Membro Honorário da Ordem de Benemerência desde 1973. Palco determinante por alturas do 25 de abril, onde alguns extremismos da altura deixaram marcas, este RCA esteve sempre ao lado dos seus.
Desde 1982 é pessoa coletiva de utilidade pública. E em 1987 passou da velhinha sede, semi-caída pelo Sismo, para uma nova casa. Onde vive até hoje, lutando contra as dificuldades.

O RCA tem a mais antiga licença de rádio privada dos Açores.

Emite em FM em 89.6, 94.7 e 101.1 megahertz.

Está também online em www.rcangra.pt, e tem uma movimentada ação nas redes sociais e conta com aplicações disponíveis para sistemas IOs e Android.
Os desafios deste berço de grandes tradições vão sendo ultrapassados graças ao muito trabalho e esforço das suas sucessivas equipas dirigentes e todos os seus apaixonados colaboradores.

E assim continuará a ser! 

Com 72 anos de vida, a “Voz da Terceira” continua a respirar bem e a fazer companhia a milhares de açorianos todos os dias. Continue a ser um deles.

Parabéns, Rádio dos nossos corações. Parabéns, RCA.

03.Abr.19

A bestialidade contínua...

Cartaz Violencia RPereira.jpgOs crimes relacionados com a violência doméstica sucedem-se, em catadupa. E o país parece nem enxergar que se trata de uma aculturação desmedida, a que se junta a bestialidade latente em largas franjas da população.

Transversal como o futebol, e fatal. Cada vez mais fatal...

02.Abr.19

Rádio Clube de Angra comemora 72 anos

Logo RCA 72anos.jpg

O Rádio Clube de Angra (RCA) comemora esta quarta feira (dia 3) o seu 72º aniversário, com uma sessão solene, a ter lugar na sede daquela histórica instituição terceirense, pelas 19 horas, na qual serão homenageados cinco sócios que a sua Direção entendeu distinguir.

A sessão solene será presidida pelo Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, Berto Messias, cabendo as honras da casa ao presidente da Assembleia Geral, Jorge Silva, e intervindo também o presidente da Direção, Pedro Ferreira.

Para lá da referida homenagem haverá um momento cultural, a cargo dos cantadores José Eliseu Costa e Rogério Rebelo e os tocadores Tiago Lima e António Enes, a que se seguirá o habitual convívio, para o qual estão convidados todos os sócios, colaboradores e ouvintes da “Voz da Terceira”.

Fundado a 3 de abril de 1947, o RCA é uma Instituição de Utilidade Pública sem fins lucrativos, tendo a licença de emissão de radiodifusão, no espectro privado, mais antiga dos Açores.

01.Abr.19

Alergia

CC vasco da gama.jpg

No fim de semana (re)confirmei parte do meu património. Eu possuo uma alergia irreversível a centros comerciais. Por enquanto, ainda convivo razoavelmente com quem está dentro deles. Mas a tendência é piorar... 

Pág. 3/3