Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

04.Jul.16

Corrida Semana Cultural Velas - 2 julho - Notas

No regresso da afición à Praça do Pico da Caldeira, casa agradável e um bonito fim de tarde na bucólica ilha de São Jorge. Corrida mista para um curro completo da nova linhagem do ganadero local Álvaro Amarante. Espetáculo dirigido por Carlos João Ávila, coadjuvado pelo veterinário Vielmino Ventura. A música a cargo da Sociedade Filarmónica Recreio Amarense.

 

1º Toiro

Tiago Pamplona em sortes bastante frontais na ferragem de castigo, face a um toiro algo distraído. Com pouca investida do seu oponente, o caveleiro de Angra empenhou-se e cumpriu, mas ficou por ver a segurança apresentada nos espetáculos de São João.

1Toiro Tiago Pamplona.jpg

Pega: Luís Cunha (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Pega muito rápida, com o toiro a antecipar-se ao cite do jovem caras da Tertúlia. Falhou a primeira ajuda, mas o enlace resultou em pleno. Volta para cavaleiro e forcado.

 

2º Toiro

Toiro bem formado e a mostrar atenção. No primeiro ferro de João Pamplona mostrou-se inferiorizado na posterior direita, recolhendo aos curros. Novo toiro em praça, com pata imensa, mas a quebrar-se no impacto do ambiente da arena. O mais jovem Pamplona a imprimir a habitual alegria, frente a um público jorgense, que precisa de mais touradas naquele belo cenário. Palmas e intenção, mas o toiro a estacar em médios em quase toda a lide.

2Toiro João Pamplona.jpg

Pega: Carlos Vieira (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Novamente o toiro muito avisado, e o cite a nem ter início. Reunião correta e pega à primeira. Volta para cavaleiro e forcado.

 

3º Toiro

Regresso aos Açores do matador de toiros Nuno Casquinha, que esteve, ainda muito novo, numa tourada das crianças das Sanjoaninas, em Angra do Heroísmo. Início de lide muito larga e a inverter o capote, percebendo um toiro de cara alta e passo lesto. Chicuelinas e Verónicas à medida do oponente. Bons pares de bandarilhas, com o segundo a ter o toiro entabuado. Nova sorte e o toiro a médios, embora a parar-se demasiado. Toureando dos dois lados, e mesmo se o toiro abriu tarde, foi de grande tom e elegância a atuação de abertura do lisboeta. Chamada à praça do ganadero Álvaro Amarante, que não quis dar a volta à arena.

3Toiro Nuno Casquinha.jpg

 

4º Toiro

Mais um exemplar de boa apresentação e Tiago Pamplona a cravar de alto para abrir a lide. Infelizmente, o toiro acabou cedo, fechando-se de forma estemporânea o confronto, sem grande brilho. Realce novamente para o empenho do marialva do Posto Santo, sempre com uma entrega total a cada saída.

4Toiro Tiago Pamplona.jpg

Pega: Alexandre Vieira (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Mais um enlace rápido, com o jovem forcado a fechar-se bem à primeira. Facto curioso de dois irmãos a tourear (Tiago e João Pamplona) e dois irmãos a pegar (Carlos e Alexandre Vieira) num mesmo espetáculo. Volta para o forcado, chamada a médios do cavaleiro.

 

5º Toiro

O ritmo das sortes caiu na segunda parte, pela demora no recolher do quarto toiro e porque este quinto se desembolou à saída, tendo de voltar aos curros. João Pamplona brinda ao ganadero Álvaro Amarante e ao presidente da Tertúlia Tauromáquica Jorgense, Paulo Silveira. Atuando de ganas, o cavaleiro terceirense recebeu-o com três compridos de bom estilo. Houve mais alegria no redondel das Velas, com uma série de curtos bem jeizados, com festa e com toureio.

5Toiro João Pamplona.jpg

Pega: Francisco Matos (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Enlace descentrado, mas o jovem terceirense a ser valente e a recuperar a cara por si só. À primeira. Volta para caveleiro e forcado

 

6º Toiro

Sem o oponente da primeira parte do espetáculo, Nuno Casquinha cumpriu os mínimos no capote. E nunca é demais elogiar a elegância com que se apresenta. O bandarilheiro de serviço não cumpriu bem o tércio e, na sorte final, o lisboeta teve toiro apenas para uma série inicial templada e intencional. Mas esgotou-se o embate, ficando na retina a sua primeira lide, possivelmente o ponto mais alto da tarde.

6Toiro Nuno Casquinha.jpg

 

Azulejo Velas com Vida 2016.jpg