Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

06.Jan.16

Da bancada...

FCPorto x Rio Ave jan16.jpg

1) Os grandes de Lisboa fuzilam à meia dúzia. No Dragão, fazem-se substituições tontas e tremem as pernas frente ao Rio Ave. Deve ser um problema de motivação, certamente...

 

2) A última vez que estive no Dragão foi há dois meses. Ainda se levavam cachecóis. Agora usam-se apenas lenços brancos.

 

3) 18 cantos e a eterna posse de bola do Sr. Lopetegui. É uma equipa esfrangalhada e sem rumo. Vamos mesmo ter de gramar isto até ao fim da época?

06.Jan.16

Quem sabe, sabe...

Daniel Elena.jpg

Sebastien Loeb dominou os dois primeiros dias efetivos do Rally Dakar'2016. O nove vezes campeão do mundo guiou de forma soberba nas suas tiradas de estreia por terras sul-emericanas...no que ao TT diz respeito, relembre-se. Como já li em várias opiniões sustentadas, e vi esquecido em outras tantas apreciações sobre o fabuloso arranque do alsacianona prova da ASO, a atuação muito deverá a quem ocupa o lado direito do possante Peugeot 2008 DKR: Daniel Elena. Très bien!

 

06.Jan.16

A difícil arte de sorrir

Foto Cronica 51DI JAN16 - A difícil arte de sorri

Há gente que não sorri. Há gente que não quer sorrir. E há gente que nunca sorrirá. Ponto. O texto quase poderia ficar por aqui, mas não. É com resquícios de entrada de ano novo no teclado que me aventuro a um apelo generalizado ao sorriso. Desconheço, assim de repente - e nem vou a correr ao Google... -, qual a data de um Dia Mundial dedicado a essa realidade, que existirá certamente. E reconheço que há por aí muito sorriso que mais valia estar escondido. Mas igualmente defendo que a alma bem disposta deve revelar-se. Mesmo que de uma forma ténue. Afinal nem todos temos a mesma facilidade em expandir sentimentos ou estados de espírito...

Sorrir deve ser sempre mais do que a flexão dos músculos das extremidades da boca. Conheço pessoas que sorriem de forma exemplar. Outras que desbaratam sorrisos, quase parecendo não ter sentido crítico. E outras ainda que sorriem para disfarçar...nem sei bem o quê, mas aqueles sorrisos não me convencem. E acreditem que é um assunto de que percebo. Como utilizador e como frequente causador. Pelo menos assim vou pensando.

A verdade é que nem sempre a vida nos dá razões para sorrir, e nem toda a gente tem a digna paciência de estar sempre a mostrar a dentição às agruras dos tempos que correm. Daí que o esforço possa ser ainda mais compensador, quando em causa está ultrapassar um mau momento, ou até antecipar um que se aproxime. O certo é que a chave para abrir um sorriso é tão somente a nossa vontade de conseguir esboçá-lo. E isso não está ao alcance de todos, por muito que puxem pela imaginação e pelos sentidos. Penso até que há quem não foi feito para sorrir. E, solidários de ano novo, temos é de ajudar essa gente.

O que proponho para que o sorriso vingue em 2016 é mesmo o contágio fácil. Não sendo adepto do desperdício, mas longe de defender a austeridade, aconselho o uso quase exagerado da capacidade de sorrir, como forma de entoar uma onda generalizada. Já pensaram como será um dia em que todos sorriem, de manhã à noite? Pois, nem tanto. Mas não custa fazer um esforço, em nome da sã convivência e de um amanhã mais leve. Mesmo se também este breve texto, que pretendia pôr gente a sorrir, tiver falhado por completo...

 

PS - Não resisti, e lá fui verificar. O Dia Mundial do Sorriso celebra-se a 28 de abril, data avançada pelo artista norte americano Harvey Ball, criador do conhecido "smiley". Por acaso, nesse dia faz anos a minha afilhada Beatriz. Que é das pessoas desta vida que, de facto, me tem feito sorrir...

 

44 A difícil arte de sorrir - DI 6JAN16.jpg