Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

22.Jun.15

1ª Corrida Feira São João 2015 (notas)

Cavaleiros.jpg

Domingo com tarde amena para o Concurso de Ganadarias que abriu mais uma Feira de São João. ¾ de praça muito fortes e a surpresa de apenas um grupo de forcados se apresentar à hora das sortes. Seis cavaleiros e expetativas altas. Explicações, mais adiante.

 

1ºToiro Miura nº80 510kg

Luís Rouxinol, recordando anteriores triunfos em Angra, dedicou a lide ao grupo da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, que pegaria todo o curro. Curiosidades para observar o luzidio Miura, claro de pelagem e elegante no passar. Ferragem de castigo exemplar, com palmas e fé. Nos curtos, o cavaleiro de Pegões antecipou-se demais. Tanto Rouxinol não brilhou, como o oponente sevilhano provou que é para outras lides

1Toiro Luis Rouxinol.jpg

Pega – Fernando Ferreira (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Cite curto, pega limpa, à segunda tentativa, para o forte forcado de São Bento.

1Toiro Fernando Ferreira.jpg

2ºToiro Jandilla nº58 560kg

Imponente e voluntarioso, o negro mulato de Cádiz, e Vitor Ribeiro a recebê-lo com a sua habitual calma e natural eficácia. Mas sem grande fulgor, como aliás decorreu a lide, que ainda assim esteve certeira. O marialva de Almada não descurou as sortes, e tentou retirar tudo que fosse emoção de um toiro vistoso. Apenas cumpriu.

2Toiro Vitor Ribeiro.jpg

Pega – José Vicente (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Colocação muito boa do caras, que foi rápido e teve braços. Com ganas, nunca largou e deu alegria ao redondel de Angra.

2Toiro José Vicente.jpg

José Vicente. Emoção na despedida de um dos mais valorosos pegadores de toiros da Tertúlia Tauromáquica Terceirense. Saiu em grande e fê-lo com uma grande pega.

2Toiro José Vicente volta.jpg

2Toiro José Vicente despedida.jpg

3ºToiro Vinhas nº37 465kg

Conhecedor da realidade local, Gilberto Filipe agradeceu à organização da feira a oportunidade para estar num evento de grandeza confirmada. Limpeza na ferragem de castigo, embora meio deslocada. Mostrou atitude e dedicação, merecendo a escolha ao público. Da lide, saiu menos bem, com algum ímpeto a mais, mas sem estragar. E teve toiro, o que nem todos podem afirmar do domingo passado.

3Toiro Gilberto Filipe.jpg

Pega – Carlos Cabeça (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

À barbela, com carrinho e com viagem. Excelente união do jovem forcado.

3Toiro Carlos Cabeça.jpg

4ºToiro Rego Botelho nº27 515kg

Primeiro toiro da casa para o primeiro cavaleiro local em praça na feira. Tiago Pamplona entrou concentrado e a ferrar sem medos. Arriscou demasiado nas aproximações, mas sem perder a mão ao confronto, no qual teve várias vezes de ir buscar o toiro. Esteve afoito e fechou bem com um palmo muito esforçado.

4Toiro Tiago Pamplona.jpg

Pega – Luís Cunha (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Pegou à terceira, com o toiro a bater sempre muito forte. O forcado esteve rijo e nunca virou a cara à luta.

4Toiro Luis Cunha.jpg

5º Toiro Assunção Coimbra nº103 445kg

Bonito exemplar para Rui Lopes tentar a sorte neste São João. Seleto e calmo, o cavaleiro da Ribeirinha ferrou bem o castigo e veio aos curtos a crescer. Mas a lide perdeu alma e o toiro acabou cedo. Salvaram-se alguns bons ferros e a certeza de que Rui Lopes sabe e faz bem melhor.

5Toiro Rui Lopes.jpg

Pega – João Pedro Ávila (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Mostrou toda a sua garra no primeiro intento, onde o grupo falhou em aberto, perdendo-se uma grande pega. Pega regular à segunda tentativa.

5Toiro Joao Pedro Avila.jpg

6ºToiro João Gaspar nº10 460kg

Porta-gaiola e bonita brega de João Pamplona a abrir a sorte. Dois bonitos ferros ladeados, de praça a praça, numa mescla de clássico e ousado que o cavaleiro quer sempre mostrar. Tem tarelo artístico, o mais jovem Pamplona que, frente a um toiro com poucas condições, não se deslumbrou nem cedeu à facilidade. Esteve seguro, com pormenores cuidados e agradando à sua afición.

6Toiro Joao Pamplona.jpg

Pega – João Silva (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Brinde à Rainha das Festas, Denise Melo, com o forcado a fechar-se bem, e sem falhas, ao primeiro intento.

6Toiro Joao Silva.jpg

Prémios:

 

Melhor lide a cavalo – Gilberto Filipe (3º da ordem)

Melhor Pega – José Vicente (2º da ordem)

Melhor Toiro – nº37 Vinhas (3º da ordem)

Prémio Apresentação – nº 103 Assunção Coimbra

 

Sobre o caso que marcou a corrida, e que resultou na recusa, horas antes da mesma, do Grupo de Forcados Amadores do Ramo Grande em participar no espetáculo, alegando incumprimento dos regulamentos em vigor para o ordenamento em praça das ganadarias a concurso, aqui ficam os comunicados emitidos pela Tertúlia Tauromáquica Terceirense (organizadora da feira) e pelos forcados sedeados na Praia da Vitória:

 Comunicado TTT.jpg

Comunicado GFARG.jpg

Caberá a cada um de nós tirar as suas ilações sobre o que se passou, e que reais causas estiveram na origem do episódio. Não sendo, de facto, uma situação consensual. Se há, de facto, um veto da ganadaria Vinhas ao cavaleiro Vitor Ribeiro, e se isso também pesou no processo, algo esteve errado. No caso, e para a corrida de ontem, esteve errado que apenas um grupo atuasse, que se entregasse um prémio à melhor pega e que se incitasse, de alguma forma, a discórdia. Por saber, ficou também a composição do júri que atribuiu os prémios entregues.

Na festa brava não é necessário que andemos bravos uns com os outros. Já há gente bastante que anda enfurecida contra a dita. Até quarta-feira.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.