Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel sousa azevedo - terceira - açores

21.Jun.11

3 tiradas a meio da festa...

É...hoje já é dia 21...

1. Hoje tomou posse o novo governo da República. Escolhas sensatas de Passos Coelho, mas bem visiveís no plantel as recusas de bastidores que terão antecedido a formação da equipa coligada entre o PSD e o CDS. Mau grado para o novo primeiro-ministro as ilacções do "chumbo" ao super-altruísta (pelo menos dito por ele...) Fernando Nobre, pois ninguém vê o lado positivo de, uma vez mais, PPC ter levado a palavra em diante...e bem que Nobre se podia ter desdito novamente. A ver vamos, mas agora é uma desconhecida constitucionalista quem deve tomar os comandos do hemiciclo em São Bento...

 

2. André Villas-Boas fez como muitos. Acenaram-lhe com a fortuna e o talentoso técnico rumará a Londres, bem na senda do que fez José Mourinho...mas mais jovem e já com um ano de avanço no que toca a títulos conquistados. Mau grado o amor azul-e-branco desperdiçado, que bem escusaria de ter publicitado mesmo se, tratando-se de um profissional, a gestão da sua carreira e do seu futuro dependa única e exclusivamente do próprio.Já querer levar Falcão e Moutinho para Stamford Bridge é que me aproxima da vontade das bofetadas. Gostava de ler ou ouvir os arautos rubro/verdes da desgraça estival de 2010 comentarem a opção do emblema londrino por um "rapaz" sem experiência, ainda mais orientando um meio-campo onde uma maçã podre poderá prevalecer...

 

3. Nos Açores, o governo soma e segue na compra de capital privado. Agora foi a vez da Transmaçor que, assim se espera, deverá passar a ser gerida no rumo de brio e ligeireza com que, por exemplo, o é a Atlânticoline. Mau grado esta crescente rede de interesses e compadrios, onde nunca se sabe onde começa o poder e onde acaba a subjugação...

 

PS-Em Angra prossegue a festa. Mesmo depois da chuva de ontem e do cancelamento europeu de Martinho da Vila. Mas quem disse que há crise? Já sei, nunca vieram cá em junho...estas gentes de vistas curtas.