Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

09.Ago.17

Greve à opinião...

aviao SATA.png

Sobre a programada - mais uma, infelizmente - greve da SATA para este mês, tenho lido enormidades e ouvido um chorrilho de tontices. Por uma questão bem simples. Sejam quais forem os motivos, os funcionários da companhia têm direito à greve. E logicamente que os sindicatos que os representam - não sei quantos, nem sei em que percentagem, assinale-se... - se encarregam de as agendar para datas em que o seu impacto é mais visível. Queira-se ou não - e noutros casos, as reações quase não se fazem sentir -, a greve não é uma ameaça, é um direito. Tal e qual como o direito a ter uma opinião própria. Sendo que desse vão-se afastando os açorianos como o diabo da cruz, não vá o dito (diabo) tecê-las...

Especialmente nos últimos 5/6 anos fui "cliente" bastante habitual da transportadora aérea regional. Em todo esse tempo, raras vezes me lembro de grandes atrasos, ou até de voos cancelados. E foram algumas dezenas de ligações anuais. Não vou falar do funcionamento das diferentes aerogares, do tratamento à bagagem que me deu direito a três malas novas em igual período, e muito menos do não-funcionamento do ar-condicionado em algumas aeronaves. Mas em balanço não tenho enormes queixas dos serviços da companhia, nem da simpatia e competência da maior parte dos seus (imensos) funcionários. Mas penso que as setas têm sido apontadas ao lado errado da questão. O accionista da SATA é o mesmo que tem endividado até às calendas o erário regional, o mesmo que tem nomeado dezenas e dezenas de gestores públicos (uns maus e outros bem piores), e o mesmíssimo que, diariamente, alimenta uma teia de infuências e compadrios nas nossas ilhas.

A esse é que deviamos todos fazer greve, de vez em quando...