Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

29.Jun.16

Emissários.

Eleições Legislativas Regionais marcadas para 16 de outubro. Quem tem obras para fazer em casa ou projectos por aprovar, é favor dirigir-se aos emissários do costume...

 

28.Jun.16

3ª Corrida Feira São João 2016 – 26 junho – Notas

Fim de tarde tipicamente terceirense para comemorar o meio século de existência da Tertúlia Tauromáquica Terceirense. A efeméride ficou selada com o descerrar de uma placa no interior da Praça de Toiros Ilha Terceira, marcando também a atribuição, pela autarquia local, da medalha de Mérito Municipal Cultural àquela instituição, que este ano organizou uma vez mais a nossa Feira de São João. Onde também foram evocados os 40 anos do Grupo de Forcados Amadores de Turlock.

E cujo balanço final foi amplamente positivo.

1º Toiro João Gaspar nº19 429kgs

Dia26 1Toiro GFilipe.JPG

Gilberto Filipe dedicou a lide a Joaquim Bastinhas, esperando que “volte depressa, faz muita falta cá dentro”. Toiro bonito, miúdo, mas na crença. Ferragem de castigo impecável, e bons curtos a entrar. O “Encastado” foi perdendo labor, e o Alcochetense viu esvair-se de emoção um confronto leal, mas sóbrio.

Pega: Carlos Vieira (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Em segundos. Cite curto, enlace rápido, derrote rebatido. Sem estrondo, mas 100% eficaz.

2º Toiro C.A. José Albino Fernandes nº404 515kgs

Dia26 2Toiro MBastinhas.JPG

Marcos Bastinhas dedica ao clã Pamplona a sua primeira lide da tarde, agradecendo a amizade e a hospitalidade de anos. Bem montado, revelando respeito pela Feira de Angra, o cavaleiro recebeu o “Bonito” com o habitual folclore. Bons compridos, e uma gestão própria do confronto, falhando dois palmos, mas a cravar de seguida dois pares de bandarilhas.

 

Pega: João Salvação (Amadores Turlock)

À quarta tentativa, depois de uma forte cornada no peito do caras, antigo cabo do Barrete Verde. Duas tentativas mais com falhas do grupo, e uma quarta, com pega carregada e curta.

 

3º Toiro João Gaspar nº12 513kgs

Dia26 3Toiro JPamplona.JPG

João Pamplona brindou a Joaquim Bastinhas. Montando a égua “Rana”, o mais jovem da Quinta da Malhinha entrou em praça com o querer do costume. Frente a um toiro de córnea alta e comprida, teve algumas dificuldades, mas tirou o possível do mesmo. E até fechou bem, com praça aberta e cravagem segura.

 

Pega: Tomás Ortins (TTT)

Frente a um toiro de cara difícil, encaixou-se, quase saiu, mas mostrou a força do costume. À primeira.

 

4º Toiro C.A. José Albino Fernandes nº415 461kgs

Dia26 4Toiro GFilipe.JPG

Gilberto Filipe dedicou aos dois grupos de forcados. Toiro de cara e córnea abertas, feioso, a deixar pouco na ferragem inicial. Lide amorfa e de pouco alcance. Realmente faltou toiro ao cavaleiro que triunfara na Feira anterior, no fecho da sua vinda recente ao São João de Angra.

 

Pega: David Sanchez (AT)

União rija e grandes braços do forcado mexicano. Ficou-se e não mais saiu. Rabejar tradicional com cambalhota do veterano terceirense Américo Cunha.

 

5º Toiro C.A. José Albino Fernandes nº413 410kgs

Dia26 5Toiro MBastinhas.JPG

Marcos Bastinhas, frente a um toiro difícil. Não parecendo fácil rasgar a lide ao público, na forma das anteriores. Bastinhas apoiou-se em novos adereços, conseguindo ferrar com intenção. Mais pares de bandarilhas e algum farol em excesso. Mas saiu do São João de Angra claramente galvanizado.

 

Pega: João Silva (TTT)

Brinde inédito, com pedido de casamento e entrega de anel à namorada, Emiliana Gaspar. Pega algo complicada, mas à primeira. Ah!... e felicidades ao jovem casal!

 

6º Toiro C.A. José Albino Fernandes nº411 484kgs

Dia26 6Toiro JPamplona.JPG

João Pamplona, frente a um toiro bonito, de passada larga e intenção firme. Com chuviscos e já pouca luz, foi-se firmando ao oponente. Puxou pelas bancadas e citou com a habitual festa. Sortes bem rematadas no fecho da Feira de São João 2016.

 

Pega: Jorge Martins Jr. (AT)

O “Distraído” pedia trabalho, e o futuro cabo dos Amadores de Turlock – filho do ainda responsável pelo Grupo – respondeu com pega rija, suportando bem os derrotes de um toiro ainda com muita força. Foi a pega da tarde.

 

Nova referência para a transmissão do Rádio Club de Angra, sem dúvida a saber complementar de forma suave mas intencional o seguir de uma Corrida de Toiros. Pelo andar das lides, Mário Rodrigues lembrou uma crónica do saudoso Ricardo Jorge, em que o mesmo visou o célebre “Descornado”, toiro de corda e de praça que cativou multidões. O já falecido crítico tauromáquico e amigo, escreveu, aquando da morte do referido toiro que “morreu o Descornado. E, na Ilha Terceira, até as vacas puseram luto”...

Placa.JPG

Nas Bodas de Ouro da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, fica mais um louvor estampado nas paredes da nossa Monumental, que já vai com 32 anos de bons serviços prestados à causa. E que necessita de intervenções grandes. Precisa de ser atualizada e rentabilizada de outra forma. Porque a educação da afición também passa pela evolução, não apenas pelo viver da Festa…

 

27.Jun.16

2ª Corrida Feira São João 2016 – 25 junho – Notas

 

Passada a euforia da noite de São João, este ano em dose dupla, a melhor casa da feira, para o sempre aguardado Concurso de Ganadarias. Tarde de brisa fresca e um ambiente taurino, que se fechou saudoso na homenagem a Mestre David Ribeiro Telles, por quem foi guardado um minuto de silêncio.

 

1º Toiro Juan Pedro Domecq nº125 460kgs

1Toiro GFilipe.JPG

Triunfador em 2015, Gilberto Filipe regressou a Angra para cravar sem esperas o primeiro da ordem, bonito exemplar da ancestral ganadaria sevilhana de Domecq. Curtos sem esforço, numa lide de pouca história. A habitual euforia do cavaleiro de Alcochete pouco se viu. Exceção para o último ferro, a pedido.

 

 

Pega: David Inácio (Amadores Santarém)

Com o toiro ainda muito forte, o derrote foi alto, mas o caras esteve valente. À primeira. O rabejador acabou por ser colhido em funções.

 

2º Toiro Murteira Grave nº42 434kgs

2Toiro TPamplona.JPG

A celebrar 10 anos de alternativa, Tiago Pamplona, com lide dedicada a Joaquim Bastinhas. Confirmação da alternativa para o bandarilheiro local Gonçalo Toste. Primeiro ferro descaído. Mas logo uma mudança de rumo na lide, com um curto muito bom. Tiago pegou no toiro e prosseguiu em cravagem segura e com mérito. Fechou com um palmo de bom recorte.

 

 

Pega: Helénio Melo (Tertúlia Tauromáquica Terceirense)

Toiro de cara alta e uma reunião que voltou a mostrar um grande forcado. À primeira, com técnica e garra. Após o desmanchar, o rabejador teve de pegar de caras, num reflexo que o salvou de colhida eminente.

 

3º Toiro Rego Botelho nº35 567kgs

3Toiro MBastinhas.JPG 

Marcos Bastinhas para lidar um corpulento “RB”, o primeiro a concurso com ferro local. Comprido de abertura de praça a praça. Lide com alguns adereços, face a um toiro que dava muito trabalho. Ferro de palmo, com intenção, e depois o par de bandarilhas a merecer ovações. Desmontou-se e saiu sob aplausos um pouco sem medida.

 

Pega: João Brito (AS) 

Brindou ao antigo forcado da Tertúlia, Jorge Ortins, seu irmão. Mas não teve sorte o açoriano do grupo centenário de Santarém, só se fechando à terceira, após violentos derrotes, um deles que o podia ter magoado seriamente na coluna. Ficou, mas percebeu-se que queria mais na sua terra.

 

4º Toiro C.A. José Albino Fernandes nº397 503kgs

4Toiro GFilipe.JPG 

Brinde de Gilberto Filipe à Direção da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, entidade organizadora da Feira, depois de uma troca de lembranças entre os grupos de forcados. Toiro bem formado, mas algo lento a investir. Ferros de castigo a curta distância e bem colocados. Faltou toiro nas reuniões, deixando cair um outro sentido, que a lide não chegou a ter. Ficou no ar um claro de amargo de boca nesta saída.

 

Pega: João Pedro Ávila (TTT) 

Cite exemplar, com o toiro a arrancar-se e o brioso forcado da cara a entendê-lo. Pegou à primeira, com técnica apurada e braços fortes quando passou o grupo. Deu duas voltas à praça e teve ovação de pé. Grande pega.

 

5º Toiro João Gaspar nº15 573kgs

5Toiro TPamplona.JPG

Imponente e muito bonito opositor para a segunda lide de Tiago Pamplona, que foi logo busca-lo às vontades de entabuar o confronto. O mais velho dos manos Pamplona ladeou o seu toureio e a procura compensou. O toiro ficou sem força numa das mãos e a lide fechou mais cedo.

 

Pega: João Grave (AS) 

O cabo de Santarém brindou ao grupo anfitrião. Ficou fora da cara após a reunião, mas conseguiu recolocar-se, fechando o enlace.

 

6º Toiro Francisco Sousa nº2 454kgs

6Toiro MBastinhas.JPG 

Toiro bravo e com muita pata e logo um comprido a toda a arena. Sem desmontar do bonito “Danone”, Marcos Bastinhas continuou a tourear de largo nos curtos, com boas colocações. Perante o olhar atento do pai Joaquim, cravou um palmo e depois falhou um par de bandarilhas bastante forçado. Valeu-lhe um toiro de grande condição, o melhor da tarde, na estreia da ganadaria terceirense em praça.

 

Pega: Luís Cunha (TTT) 

Primeira tentativa com um derrote que despejou o jovem de Angra. Pega de difícil execução à segunda, com o forcado a ter sentido e sangue frio, ficando na cara.

 

Nota para a transmissão do Rádio Clube de Angra, com os assertivos e conhecedores comentários de Francisco Morgado e Mário Rodrigues. Na trincheira, Pedro Ferreira e Rodrigo Pereira levaram aos ouvintes todos os pormenores da Corrida. Serviço público da "Voz da Terceira".

 

Prémios:

 

Melhor Lide: Marcos Bastinhas (6º da ordem)

Melhor Pega: João Pedro Ávila (6º da ordem)

Apresentação: Toiro nº125 Juan Pedro Domecq (1º da ordem)

Melhor Toiro: Toiro nº2 Francisco Sousa (6º da ordem)

 

Pág. 1/8