Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

30.Nov.12

Capas, motores e saudades…

Uma das muitas capas dedicadas aos ralis...

Penso que nunca hesitei tanto na escolha das palavras para escrever uma crónica, uma notícia ou um comentário, como no caso de hoje. É a última vez que escrevo no jornal "a UNIÃO", onde, desde sempre, tiveram guarida as minhas palavras, numa ligação – com intervalos – de quase 20 anos, contínua na última década. Daí que o mote para as derradeiras ideias, nestas páginas centenárias que hoje se despedem, seja o prazer que foi criar factos, fazer opinião e divulgar a modalidade por que tenho mais afeto e que, afinal, até motivou o rumo da minha vida profissional. Pelos ralis falei pela primeira vez na antena de uma rádio. Pelos ralis conheci a grande parte dos meus amigos. Pelos ralis torci forte pelas vitórias dos meus ídolos e campeões. Pelos ralis perdi alguns relacionamentos, mas lucrei sempre na hora de partilhar. Pelos ralis conheci o continente e as ilhas. Pelos ralis vivi alegrias e desilusões. Pelos ralis até já ganhei prémios, distinções e, calcule-se, fui homenageado. Mas nada me deu mais prazer do que ter uma capa de jornal a chamar a reportagem, muitas vezes escrita a correr ou mal dormida, da prova mais recente, das lutas e frases soltas de um evento que movimentara emoções e muita gente. Esse prazer, tive-o durante os últimos anos neste mesmo jornal, envolvendo-me de forma sincera com toda uma equipa que me foi credenciando em eventos um pouco por todo o país. Daí que tenha sempre defendido a existência desta publicação, mau grado as ingerências ou atritos que a mesma tenha sofrido. Daí que tenha dado horas de trabalho sem recompensa, que não o gosto de o ver plasmado na sua paginação diária. Daí que, numa curta e tardia carreira desportiva, tenha sempre ostentado as cores do jornal nas viaturas que tripulei. Numa espécie de clubismo, e ciente de que assim possam ter aparecido mais alguns leitores.

Em dia de dizer adeus, embora vincando um breve regresso por outras paragens que assim o possibilitem, tenho de forçar o meu protesto pelo encerramento do jornal, assim como lavrar a solidariedade para com os colegas e amigos que ontem arrumaram as secretárias e, sei-o bem, os corações. Vai para eles a saudação maior. E um afeto do tamanho de um troço corrido sem falhas, onde se alcança um grande tempo e se recebem aplausos a todas as curvas…

Num parágrafo final, e sem indicar mentores que no meu caso nem existiram, não poderia deixar de referir alguns nomes que, umbilicalmente, reforçaram esta ligação de gosto aos desportos motorizados e à escrita emocionada que eles podem (ou não) causar. Fica uma saudação ao Rafael Barcelos, ao Mário Rodrigues, ao Gilberto Costa, ao Victor Cardoso e ao Paulo Mendonça, antecessores de tarefas que tentei aqui cumprir com orgulho, assim como ao Ricardo Laureano, ao Francisco Veloso, ao Gerardo Rosa, ao Olavo Esteves e ao Jorge Silva, amigos de hoje que comigo partilham a paixão de passar as curvas e derrapagens à eternidade das memórias. Afinal, ainda são elas que nos fazem tremer…

 

PS- E acabou o jornal diário angrense “a UNIÃO”. Até sempre.

29.Nov.12

Desafio...

O

" Única equipa absolutamente invicta entre todas as que participam nos 53 campeonatos europeus, equipa com mais pontos somados na fase de grupos da Champions, equipa com mais pontos acumulados no ranking da UEFA de 2012/2013, líder da Liga portuguesa, detentora do melhor ataque, detentora da melhor defesa… E há quem chame sorte a tudo isto! "
 
Consegues ser ainda mais criativo e resumir tantos factos impressionantes numa só palavra?...
27.Nov.12

Solidariedade em forma de rali...

O cartaz para o próximo dia 15...

Cartaz: Francisco Veloso

Chama-se “Super Especial Ourinvest – Por um Natal Melhor” e é a proposta da “Olavo Esteves Competições” para uma ação de solidariedade que inclui a disputa de uma prova desportiva, a 15 de dezembro, no Centro de Desportos Motorizados da Praia da Vitória.

A competição, com início marcado para as 14h30, constará de duas provas cronometradas, “onde queremos ter um bom lote de concorrentes, sendo que cada um deles pagará a inscrição com um valor aproximado de 15 euros em produtos alimentares”, explicou Olavo Esteves.

“Os alimentos que recebermos serão depois entregues à delegação da Cáritas da Praia da Vitória, que os vai encaminhar para famílias carenciadas que assim, esperamos, poderão passar um Natal melhor”, adiantou o empresário.

Segundo Olavo Esteves, está será “uma boa forma de juntar os desportos motorizados, no caso os ralis, a uma causa social”, frisando que, “também o público poderá contribuir com o que quiser, para juntarmos aos alimentos recolhidos”.

Recorde-se que, na semana anterior – dia 8 – se vai realizar a derradeira Super Especial do “Challenge OEC/TAC”, que dará a conhecer os vencedores do certame. Na mesma data terá lugar a 6ª Gala dos Desportos Motorizados da Ilha Terceira.


...

Pág. 1/4