Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2012

Veteranos marcharam à mesa...

Com a noite de São João de 2013 já em pleno horizonte, a Marcha dos Veteranos realizou mais um dos seus Almoços de Domingo. Numa tarde agradável e com o pavilhão da Santa Casa da Misericórdia (São Carlos) a apresentar uma boa lotação - mais de 300 pessoas -, os convivas deliciaram-se com o arroz de marisco, as migas com bacalhau e o entrecosto no forno que a equipa liderada pelo "Chef" Paulo Areias preparou. O resto, bem passado como gostam estes terceirenses folgazões, foi apenas dar asas à boa disposição. Que costuma ser sempre boa conselheira quando se trata de sentar à mesa e saborear. É que a noite das marchas está quase aí!

 

As

Paulo Areias, o cozinheiro de serviço...

Porque o bom marchante também trabalha...

Jorge

A charanga de ocasião não faltou...

O delicioso entrecosto no forno...

 

 

publicado por MSA às 17:46
link do post | comentar | favorito

Pão-por-Deus...

E rebuçados de várias cores...

" A minha saquinha de Pão-por-Deus era azul-turquesa com uma lã castanha e um fio amarelo. Era toda a manhã a calcorrear casas de moedas escuras e rebuçados de várias cores...

E aquela emoção acrescida quando nos afastavamos perigosamente do ponto de partida, entrando no centro da cidade, que era enorme e cheia de ruas e carros. Naquela pequena saquinha ficaram um bocado da infância e uma mão cheia de sorrisos... "

 

(SMS enviado esta manhã para o "Interilhas", do Vasco Pernes e da Lena Goulart)

publicado por MSA às 16:37
link do post | comentar | favorito

Para paredes azuis-e-brancas...

Pois. É assim mesmo... ;)

publicado por MSA às 00:43
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2012

Curvar em vontade!

Aqui fica uma rápida imagem de uma das curvas da dupla Tiago Azevedo/Rui Teixeira (Renault Clio R3) no recente Rali Ilha Lilás/Além Mar. É no final da parte rápida que faz iniciar o troço Canada da Quinta/PIAH, e o video é da autoria do Miguel Azevedo - o outro, não eu que seguia uns carros atrás... -.

São momentos destes que fazem com que os espetadores - que nesta curva, registe-se, eram apenas quatro (!) - saiam de casa à chuva ou ao vento para ir ver os carros na estrada. E, de facto, os nossos ralis precisam sempre de pilotos generosos como o Tiago.

É assim mesmo, Cenoura!

publicado por MSA às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 28 de Outubro de 2012

Biffy Clyro - Folding Stars (Live at Wembley)

publicado por MSA às 12:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2012

Hora verde-e-branca...

Uma hora para os lados de Alvalade...

Penso que o Sporting não vai mudar a hora, este fim-de-semana. É que eles ainda nem mudaram o mês, e certamente pensam que estamos aí em julho...!     

 

Nota: Eu é que inventei a piada, e testei-a com o Sr. Álvaro da Tabacaria Angra, que até achou graça. Portanto, nada de roubos...)

publicado por MSA às 20:22
link do post | comentar | favorito

Contra a Cobardia...

publicado por MSA às 14:33
link do post | comentar | favorito

80's à solta n' A Estiva...

Sábado de regresso ao passado...

publicado por MSA às 14:24
link do post | comentar | favorito

O menino que lia...

Num globo que dava uma luz do tamanho do mundo...

Era um menino franzino, aloirado, de olhos verdes e curiosos. Magrito por natureza, devorava tudo que lhe pusessem na frente. Quer fosse a comida deliciosa da avó ou da mãe, quer fossem as cores e os desenhos que lhe enchiam a retina e, desde cedo demais, fosse qual fosse o tipo de letra, frase ou construção. Tinha de saber o que eram, o que queriam dizer, a quem se destinavam.

Num tempo em que havia tempo de sobra para dar atenção aos meninos e a todas as suas curiosidades, foi o seu avô de casa quem encarou o desafio de lhe fazer ver o sabor das palavras, de lhe ensinar a importância que elas teriam para a vida e para o coração.

E o menino cedo demais aprendeu a juntar as letras, a entender as frases, a delinear as construções, logo antes de começar a alinhavar as (suas) primeiras palavras nas folhas enormes onde também havia desenhos de casas, ruas e pessoas. Na verdade, o menino aprendeu a ler num globo. Num globo que era também um candeeiro e que dava uma luz do tamanho do mundo. Do mundo que o próprio encerrava e da descoberta constante que o mesmo fazia sonhar. País distante, mas ao alcance de uma meia volta sobre um eixo fingido, foi a Índia o palco da primeira junção certa de sílabas, à qual apenas faltou o desconhecido acento agudo: India, saiu de imediato...

E desse mundo de terras às cores, logo o menino que lia passou para o jornal, para as cartas, para as revistas, para um Atlas fantástico com todas as bandeiras de todos os países. Uma lonjura e uma variedade que o encantavam. Mais palavras, mais cores, mais sentidos, e a satisfação que exibia ao saber que a bandeira do Sri Lanka tinha um leão com uma espada...

O menino que lia foi para a escola, ainda franzino e ainda mais envergonhado, quase corando por saber tudo que os primeiros tempos lhe deveriam ensinar. Valeu-lhe então uma professora de olhos bonitos e pele morena, que percebeu as razões da distração e do refúgio. E juntos trilharam um caminho de aprender, à parte mas junto de todos, sem dificuldades mas com algum custo. E o menino que lia pôde assim ter amigos e fazer asneiras. Mesmo se interiorizou que a vida era fácil, o que mais tarde teve de engolir. Já menos franzino, já sem professores que olhassem por ele, mas ainda curioso, e talvez desiludido porque nem tudo era bom, doce ou com luz como todos os países daquele globo...

 

PS-O autor vai escrever uma crónica por semana até ao baixar do pano sobre o jornal diário "a UNIÃO". Faltam nove semanas.

publicado por MSA às 01:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2012

Ainda o 34º Rali Ilha Lilás/Além Mar...

(Imagens: Atlântida TV/Açores Hoje)

publicado por MSA às 14:30
link do post | comentar | favorito

In the air!

Petter Solberg in the air!

Uma foto brutal de Petter Solberg no recente Rali de Itália (WRC).

 

O autor da imagem foi o talentoso - meu caro e jovem amigo - André Lavadinho

publicado por MSA às 03:30
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2012

A estreia em casa na nova época

A estreia em casa na nova época

publicado por MSA às 13:01
link do post | comentar | favorito

Almoço da Marcha...

O primeiro evento da nova Marcha dos Veteranos...

publicado por MSA às 01:12
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Outubro de 2012

Norah Jones - Happy Pills

publicado por MSA às 18:57
link do post | comentar | favorito

Por uma questão de trânsito...

Movimento nas estradas...

Conclui hoje que não será a falta de movimento automóvel, e até por vezes de engarrafamentos, a motivar a ausência de um programa sobre o trânsito nas rádios locais. E isto falando especificamente da ilha Terceira. Simplesmente se fosse noticiado que "no lugar x houve um acidente entre duas viaturas", a zona rapidamente ficaria congestionada, pois toda a gente arrancava nessa direção para ir ver o que se tinha passado!...

publicado por MSA às 16:42
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2012

A nova casa...

da Menina da Rádio, é agora no sossego pós-sobremesa, a lamber a colher...

publicado por MSA às 07:07
link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Outubro de 2012

Lykke Li - Until We Bleed

publicado por MSA às 11:12
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2012

Manuel António Pina (1943-2012)

Manuel António Pina faleceu esta tarde...

Paz à alma dos que nos inspiraram e acarinharam as palavras pela vida...

publicado por MSA às 18:46
link do post | comentar | favorito

Poema para 19 de outubro de 2012

 

O MEDO (Manuel António Pina)

 

Ninguém me roubará algumas coisas,

nem acerca de elas saberei transigir;

um pequeno morto morre eternamente

em qualquer sítio de tudo isto.

 

É a sua morte que eu vivo eternamente

quem quer que eu seja e ele seja.

As minhas palavras voltam eternamente a essa morte ...

como, imóvel, ao coração de um fruto.

 

Serei capaz

de não ter medo de nada,

nem de algumas palavras juntas?
publicado por MSA às 18:24
link do post | comentar | favorito

Música na Rua de jesus...

uma oferta diferente...

publicado por MSA às 11:25
link do post | comentar | favorito

E acabou-se a força…

A informação local de luto...

A primeira vez que escrevi para um jornal foi em 1992, e exatamente para as páginas deste diário agora em despedida. Tinha então uns (ainda) elegantes 17 anos, e resumi a participação do meu antigo treinador de atletismo numa estafeta realizada na Alemanha. Penso que demorei algumas horas a “afinar” os três ou quatro parágrafos da notícia, sendo que a informação me foi enviada por fax, do qual retiramos a foto a utilizar. Enfim, num contraste duro e direto face às centenas de emails que enviei para a redação da Rua da Rosa nos últimos dez anos, partilhando informações ou fornecendo uma modesta colaboração a uma casa onde, tenho a certeza, as minhas palavras sempre se sentiram bem.

A recente notícia do fecho do jornal, que na prática passará por uma remodelação rumo a um semanário sem profissionais e, por isso, sem alma, chocou-me em dois sentidos distintos. Primeiro, porque se vão decepar quase 120 anos de história, conseguidos com muito esforço e vencendo contrariedades. Que vão desde o peso pela pertença da Igreja, até às sucessivas mudanças de regime sentidas a nível político, orgânico, ideológico e administrativo por estas nossas ilhas de bruma. Nem por isso “a UNIÃO” se ficou por ser um jornal do burgo quinhentista, nem por isso se vergou às elites instaladas, e se calhar por isso mesmo ficou sem termo cingida a um papal longe da charneira, para o qual contribuiu de forma decisiva o atraso imenso em ter passado a ser um matutino.

E depois porque, para todos os efeitos, o coração do jornal são hoje o João, a Sónia, o Renato, a Humberta, a Lídia e a Helena. Tudo gente que fui conhecendo e estimando ao longo destes anos de convívio profissional com a informação diária. Pessoas de talentos e vontades diversas, que me habituei a defender. Fosse qual fosse o ataque ou a crítica. E acreditem que, remodelações estéticas à parte, nem sempre as opiniões convergiam nos aspetos positivos da difícil arte de escriba, ainda mais num tempo mediatizado, onde rapidamente se passa do eticamente correto ao populismo desmedido por mor de uma capa gritante.

48 horas depois de divulgada a decisão de quem gere os destinos deste nosso espaço, que na prática deixará seis profissionais sem casa, ponho em dúvida se lhes terá valido a pena manter a coluna erguida, insistindo numa leitura real do que se passa na nossa terra, e nunca deixando a opinião dos leitores em pousio para que se publicasse quando desse mais jeito. Logicamente que houve erros e falhas – perfeita só conheço uma forma verbal… -, e que a espaços nem tudo foi decidido da melhor forma. No que me tocou, tenho de salientar a enorme abertura a todos os assuntos que propus tratar, assim como as dezenas de capas e as muitas centenas de páginas que juntos dedicamos aos desportos motorizados, o mote que, desde 2003, me trouxe de volta a estas colunas, onde ainda partilhei mais de 200 crónicas de opinião. Que ainda não se vão fechar com esta…

Há cerca de um ano, e sendo o único colaborador do jornal que era remunerado, senti perfeitamente que o chão estava a faltar ao antigo vespertino, sendo que nem a vontade e a garra de quem, diariamente, tentava acrescentar alguns metros de sustento a um título histórico produzia frutos. O tempo deu razão à crise e, por estes dias, veremos novamente as infinitas mensagens de solidariedade, muitas delas vindas de quem nunca publicou um anúncio, de quem nunca publicitou um produto, ou até de quem nunca despendeu um cêntimo n’ “a UNIÃO”. Como se os jornais vivessem do ar e das boas vontades. Tal como as palavras, também as conversas de café são levadas pelo vento. E temo que este nosso muito estimado jornal passe agora umas semanas nas bocas do povo, para depois se esfumar nas saudades de quem ainda acredita que fomentar a opinião e a informação se trata de um bem precioso nesta sociedade enviesada e transtornada de valores. Até sempre, e obrigado por tudo ao coração de “a UNIÃO”…

 

(Peça nos noticiários de ontem da Antena 1/Açores):

publicado por MSA às 01:10
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2012

Marco Veredas/Miguel Azevedo - Onboard PE9 Rali Ilha Lilás'12

Aqui está mais um video onboard da dupla Marco Veredas/Miguel Azevedo (Citröen Saxo Cup), este referente à última classificativa do recente Rali Ilha Lilás/Além Mar, no caso a segunda passagem pelo troço dos Viveiros (13,49 kms).

Desta feita sem as notas gravadas, recordo que fizemos o quarto tempo à geral - apesar de um ou dois percalços -, com 8:45,0, ficando no final do rali a apenas 9 décimas de segundo da quarta posição e da vitória entre as duas rodas motrizes, alcançadas pelos nossos amigos Artur e César Silva.

A edição é do Francisco Veloso, a quem agradeço mais esta oferta... E espero que gostem!

 

publicado por MSA às 18:02
link do post | comentar | favorito

Coisas de livros...

Amanhã, no Pólo de Angra da UAç...

publicado por MSA às 10:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2012

De cor castanha...

Uma vez mais, na Terra Chã...

publicado por MSA às 11:38
link do post | comentar | favorito

Poema para 17 de outubro de 2012

 

Quando Toda és Terra a Terra (Vitorino Nemésio)

 

Marga, teu busto tufa,

Dois gomos e véus de ilhal

Palpitam palmo de gente

Nesse tefe-tefe igual

E há qualquer coisa de ardente

Que se endireita e que rufa

Nem tambor a general.

 

Marga, teu peitinho estringes,

Toca a quebrados na praça

De armas que empunham rapazes

De guarda a uma egípcia esfinge,

E um vento de guerra passa 

E o pau da bandeira ringe

Antes de fazer as pazes.

 

Marga, que deusa de guerra,

A Miosótis se interpôs

Quando toda és terra a terra

Cálice de rododendro

Zango nunca em ti se pôs

Em estames senão tremendo...

publicado por MSA às 03:20
link do post | comentar | favorito

A-Ha - Take On Me

publicado por MSA às 03:06
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Outubro de 2012

Facebook 2011/12: Ponto Alto...

Manuel João Almeida, Rui João Soares, João Manuel Almeida...

Ainda este fim-de-semana referi a foto acima - e o posterior comentário do fotografado do meio... - como um dos pontos altos das redes sociais - no caso, o Facebook - durante o último ano. 

 

O que é de alta qualidade, deve ter o devido reconhecimento. Como tal, o seu a seu dono:

 

"Quando um gajo pensa que é Ninja, tem de se lembrar que haverá sempre Samurais..."

                                                                               (Rui João Soares)

 

publicado por MSA às 08:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Solidariedade aficionada...

O cartaz do evento deste sábado...

É por demais conhecida a tragédia que se abateu sobre a vida do corajoso forcado Nuno Carvalho (Aposento da Moita) no passado dia 30 de agosto. Para tentar colmatar os danos físicos e ajudar à recuperação possível daquele valoroso artista da Festa Brava, é dada esta semana a oportunidade à aficion terceirense para contribuir nessa boa causa.

Os valores locais juntaram-se e espera-se uma afluência digna do nosso gosto pela Festa e pela honradez de atenuar um sofrimento de um dos bravos dos nossos redondéis. A quem o destino fintou a alegria, mas ao qual poderemos apertar a mão da solidariedade.

Todos seremos poucos, no próximo sábado, na Monumental Praça de Toiros Ilha Terceira.

Um retrato do sucedido ao jovem forcado da Moita...

publicado por MSA às 02:38
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Outubro de 2012

Porque (elas) existem...

Atividades em torno de dramas atuais...

publicado por MSA às 17:45
link do post | comentar | favorito

Já-não-a-quente...

Açores, nove ilhas em flor...

O povo foi soberano e elegeu Vasco Cordeiro e o PS para continuarem a governar os Açores e para que se continuem a governar as clientelas criadas ao longo de 16 anos.

Não auguro nada de novo que não o rosto da governação, não auguro a solução dos problemas que este mesmo PS alimentou, e não auguro que se pensem sequer os Açores por igual, como à boca cheia andaram a anunciar. Venceu a máquina governativa, que trabalhou a preceito face ao "susto" de se perderem os poleiros, e venceram os açorianos que acharam ser esta a melhor solução para o que as sucessivas tutelas rosa fizeram brotar nas nove ilhas. Eu, confesso a minha derrota. Profissional, pessoal e de eleitor, pois sei do que falo e sei do que vão continuar as pessoas a ter medo de denunciar.

A demagogia balofa começou já esta noite com a disponibilidade e o interesse de Vasco Cordeiro em convocar todos os açorianos para trabalhar, a bem dos Açores. Enganem-nos, mas pelo menos deixem passar uns dias...

publicado por MSA às 01:24
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2012

Reflexão...

Dia de reflexão...

Estamos a alguns minutos de se iniciar o período de reflexão para o ato eleitoral de domingo, sem dúvida o mais importante nos Açores neste novo século.

Comecei a minha carreira jornalística em abril de 1996 e, nesse mesmo ano, cobri em direto a vitória regional do PS. Passados 16 anos, e conhecendo bem melhor a esfera política do que então, e inclusivamente desempenhando outras funções - mesmo se amplamente ligadas à comunicação social -, espero sinceramente que se repita a mudança. Que se renove este poder bolorento e cheio de vícios. Tal e qual aconteceu em 1996. Poderá inverter-se o processo, ganhando com isso a democracia, a alternância e, estou certo disso, o fator competência como um dado a ter em conta para atribuir responsabilidades. Coisa que deixou de existir nestas nossas ilhas.

Como poderão ter reparado, abstive-me de artigos de opinião ou grandes intervenções relativamente às eleições de domingo e às suas consequências e envolvências. Fí-lo propositadamente, em liberdade e consciência. Até porque, ao contrário de muita gente, no espaço entre as 9 às 5 horas da tarde dos últimos meses, andei ocupado a trabalhar...

Votem em consciência. E livrem-se de ficar em casa... Bom sábado.

publicado por MSA às 23:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Rally Sanremo'12 - Shakedown

publicado por MSA às 02:44
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2012

Lusitânia/EXPERT "confiante" para a "Final Four" do Troféu António Pratas

antes do jogo-treino de ontem...

O Lusitânia/EXPERT está "confiante" numa boa presença na Final Four do Troféu António Pratas/LCB, fase da competição onde os verde-e-brancos garantiram um lugar após as vitórias fora de portas, no passado fim-de-semana, sobre o Algés (75-66) e a Física de Torres Vedras (68-58).

 

A Académica é agora o adversário que se segue, numa partida que se joga este sábado, pelas 15 horas, no pavilhão Império Bonança, em Lisboa.

 

Para o treinador Nuno Barroso, "é sempre bom começar a época a ganhar, marcando um ponto alto logo no início da temporada, e estando este torneio envolvido no período competitivo é importante termos um desempenho de acordo com as nossas expetativas e com o trabalho já desenvolvido", afirmou.

 

O timoneiro da equipa de Angra do Heroísmo acredita "num bom desempenho", mas está ciente do valor da Académica, que é "uma boa equipa, muito organizada e que, tal como nós, está à procura da sua melhor forma. Conhecemos bem a equipa e o seu treinador, mas vamos para campo com um espírito positivo e com a ideia de ganhar o jogo" adiantou.

 

Sobre a formação para a época que agora começou, Nuno Barroso reconhece que a busca de novos jogadores resultou, mas salienta que "nós sabíamos que era importante manter o núcleo duro da equipa, e isso foi conseguido, mesmo se temos um plantel bastante curto nesta altura".

 

Segundo explicou, "temos um plano estabelecido que, caso se cumpra, vai dar lugar a um conjunto bastante competitivo que, sem dúvida, vai atingir os objetivos propostos pelo clube. É nesse sentido que todos estamos a trabalhar", concluiu Nuno Barroso.  

 

No outro jogo da Final Four vão encontrar-se Benfica e Barcelos, estando a final da competição agendada para domingo (16 horas), entre os vencedores da véspera.

 

...

publicado por MSA às 13:24
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Outubro de 2012

Há anos nas salas de cinema...

Um épico, com cheiro a fundo de mar...

 

Um épico, com cheiro a fundo de mar...

 

publicado por MSA às 12:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 9 de Outubro de 2012

Veredas/Azevedo a 9 décimas de vencer Formula 3

Após um rali emocionante...

Foto: António Bettencourt

 

Marco Veredas e Miguel Azevedo terminaram o 34º Rali Ilha Lilás/Além Mar na quinta posição da geral, sendo segundos da Formula 3 a apenas nove décimas de segundo dos vencedores da categoria, depois de uma grande recuperação na etapa final da prova.

 "Não começamos bem o rali, e o tempo perdido no primeiro troço da manhã afastou-nos da frente da Formula 3, onde queríamos tentar o melhor lugar possível", disse Marco Veredas, explicando que, "da parte da tarde, em troços que não fazia há muito tempo mas onde estou mais à vontade, andamos muito depressa, mas faltou aquele bocadinho para vencer as duas rodas motrizes".

 Segundo o navegador da equipa, "foi uma prova corrida em condições muito difíceis, mas de tarde conseguimos impor um ritmo forte e com bastante segurança, mesmo se uma pequena saída no último troço possa ter significado a diferença final. Mas o Artur Silva foi um grande adversário e mereceu inteiramente a vitória", avançou Miguel Azevedo.

 Na última prova que disputaram com o bem conhecido Citröen Saxo Cup, Veredas e Azevedo garantiram também a segunda posição da F3 na Taça de Ralis Além Mar do Grupo Central, competição onde defendiam o título absoluto de 2011 e que terminaram no quarto lugar da geral.

Sponsors'12...

publicado por MSA às 01:14
link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Outubro de 2012

Lilás cumprido!

publicado por MSA às 17:53
link do post | comentar | favorito

Tears For Fears - Everybody Wants To Rule The World

publicado por MSA às 04:20
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Outubro de 2012

Os troços do "Lilás" de hoje...

O mapa de todos os troços...

1ªPE SE Além Mar-Litoral (2,55 kms) - 19h00

Uma classificativa-fetiche, na plenitude da expressão. Parabéns a quem insistiu - contra muita gente - na sua criação, corria o ano de 1992. A reter, para quem vai "lá dentro", a chegada à Âncora e à multidão, assim como a passagem na Rotunda Álvaro Martins Homem que, incompreensivelmente, não recebe desta vez o troço. É que os Bombeiros já se mudaram há uns tempos!

2ª/4ªPE Ribeirinha/São Sebastião (9,54 kms) - 09h50/11h33

Na minha modesta opinião é o melhor troço do rali. Aquele em que o ritmo se mantém "lá em cima" por mais tempo, mesmo se utiliza estradas e caminhos mais do que veteranos nas provas do TAC. Garanto-vos que toda a Canada do Tapete se rola em adrenalina pura...

3ª/5ªPE Canada da Quinta/PIAH (14,86 kms) - 10h15/11h58

Um troço com muitas misturas. De ritmo, de piso, até de atitude, mesmo quando andar a fundo é o objetivo traçado. Apesar de se correr em terreno bem conhecido, pode causar surpresas e não permite quebras ou distrações. Ao contrário do que pareça a zona das lombas nem é a mais engraçada de cumprir. O mesmo não se dirá do "Tanque do Sieuve" até à zona de Sant'Ana...

6ª/8ªPE Fonte Faneca/Veredas (5,52 kms) - 14h58/17h16

A mais clássica das nossas classificativas, já bem diferente do fabuloso traçado até ao início dos anos 90, onde a descida final estreita e o empedrado traiçoeiro empurravam as equipas para uma luta sem tréguas. Troço rapidíssimo, continua a ter na descida e na zona do Miradouro as passagens de mais "coração", e onde tudo se ganha ou perde. Tem apenas um enorme defeito: Só durar três minutos e uns pózinhos...

7ª/8ªPE Viveiros (13,49 kms) - 15h38/17h56

Trabalhosa, rapidíssima e bastante exigente esta abordagem da Estrada das Doze. A descida inicial é um desafio de firmeza nas notas e no volante, passa-se depois por velociade pura e uma subida entremeada de armadilhas. Estrada das Doze e mais motor, a preparar o desafio de descer à Ribeira do Mouro, onde não se pode falhar nada. Mais velocidade - bem perto da casa do piloto, o que empreende outra responsabilidade... -, a subida de empedrado a pedir potência e trajetória de circuito quase até ao final. Apesar de extensa, passa num instante!

publicado por MSA às 08:34
link do post | comentar | favorito

Dia de Volta à Ilha!

Mais uma edição do Rali Ilha Lilás quase na estrada...

 

- Antevisão da prova AQUI ...

 

- Todas as informações AQUI ...

publicado por MSA às 08:31
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Outubro de 2012

Bat For Lashes - All Your Gold

publicado por MSA às 11:21
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
20
25
29
30

.posts recentes

. Sanjoaninas 2017 - Capinh...

. Atualidade.

. Carlos Andrade “marchou” ...

. Grande Helénio.

. Juntos por Todos.

. Festas.

. XII Degraus d'Angra corre...

. O Rali das festas!

. Até sempre, Toni Ortins.

. WTCC em Vila Real.

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds