Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

28.Jun.12

João Rocha venceu Degraus d’Angra

O pódio masculino da prova...

O jovem corredor do Clube de Atletismo da Terceira, João Rocha, venceu a 7ª edição dos “Degraus d’Angra”, prova realizada
esta quarta-feira em Angra do Heroísmo, e que integrou o programa desportivo das festas Sanjoaninas 2012. O atleta do CAT gastou 1m16,52 a ligar o jardim da cidade ao alto da Memória, ganhando com larga margem sobre o segundo masculino, no caso Samuel Matias (1m57,36), também do CAT. A fechar o pódio ficou Rafael Costa, do Sport Clube Barreiro, mas este já acima dos 2 minutos (2m02,28). Longe ficou de ser batido o recorde do grande ausente, Jorge Nunes, que mantém os 1m05,14 desde a edição de 2008.

No setor feminino a competitividade do evento foi maior, com a saltadora Cristiana Silveira (CAT), a experimentar a subida para ficar com a melhor marca do percurso, estabelecida com 1m55,06, adiante da anterior recordista, Isabel Silva (CAT), que demorou mais 2,3 segundos. Maria Silva fechou o pódio feminino, sendo também a atleta mais velha na prova com a chancela “porto das pipas PRESS”. O atleta mais novo presente foi Rodrigo Rocha, de 8 anos, 6º entre os masculinos. Os prémios foram
entregues pela rainha das Sanjoaninas 2012, Tânia Rocha, e pela dama Alexandra Vieira.

 

Classificação Final

 

Masculinos:

1º    João Rocha           (CAT)     1.16,52

2º    Samuel Matias       (CAT)     1.57,36

3º    Rafael Costa          (SCB)     2.02,28

4º    Paulo Matias          (Ind.)     2.05,14

5º    Simão Matias         (CAT)     2.27,24

6º    Rodrigo Rocha       (CAT)     3.10,83

 

Femininos:

1º    Cristiana Silveira    (CAT)     1.55,06

2º    Isabel Silva           (CAT)     1.57,36

3º    Maria Silva            (Ind.)     4.01,55

...

28.Jun.12

A propósito de ajudas...

Sem mais delongas ou apreciações, considero apenas que estes casos ilustram o mais claro desplante de quem, estando no poder há tempo demais, se acha capaz de tudo, sem limites ou vergonha. É tempo de estes senhores e senhoras irem (mesmo) para casa...mas sem receber ajudas de custo por isso!

28.Jun.12

3ª Corrida Feira de São João 2012 – 26 jun - (Notas)

1ºToiro RB nº76 495kg

A primeira lide do José Luís Moreno...

Fotos: Oficiais Feira de São João 2012

Entrada suave de José Luís Moreno, frente a um toiro um pouco tardio. Os primeiros aplausos a surgirem já a médios, com as bandarilhas iniciais a levarem o selo da casa, num bom par do local Jorge Silva. Brinde à praça, montera ao chão, e a sorte de muleta com derechazos de permeio e à procura do toiro. Apareceu o entendimento e vieram as palmas, a um passe de peito aberto por Moreno. Toureando a toda a praça, o artista de Córdoba abriu empatia também com o público de Angra.

 

2ºToiro RB nº73 505kgs

Bonito volteado de El Fandi...

O líder do “Escalafon”, David Fandila “El Fandi”, em Angra a substituir o magoado Miguel Angel Perera. Quis abrir-se em graça, com verónicas e chicuelinas, num bonito toureio dançado e a entusiasmar. Forma física e atrevimento em pleno a destacar nos três pares de bandarilhas, com o último num belo violino. Na muleta, o talento e a experiência do diestro de Granada tiraram do toiro o que havia, com bons recortes e outros tantos aplausos e saudações das bancadas. Segurança absoluta e saber na Monumental Ilha Terceira.

 

3ºToiro RB nº75 510 kgs

Saldivar, em estreia na Terceira...

O jovem mexicano Arturo Saldívar a estrear-se na cidade património dos Açores, frente a um toiro que se revelou com pouca força desde a entrada. Tércio de bandarilhas com pouco fulgor, exceção para o terceirense João Pedro Silva. Na muleta, a lide cresceu e viu-se o sorriso de Saldívar, que conseguiu cumprir, com uma série bonita de derechazos e o seu toureio bastante clássico. Naturais e um toiro a abrir, para finalizar a sorte novamente com menos força, embora quase a causar alguns toques e calafrios ao matador da ordem.

 

4ºToiro RB nº70 500kgs

Moreno e o seu toureio honesto...

Dez anos depois da sua primeira vinda à Terceira, José Luís Moreno recebeu o bonito Jandilla “RB” com um capote bem
trabalhado, a anteceder as bandarilhas. E Jorge Silva com novo bom par, ele que cumpria uma década da sua alternativa nas arenas. Novamente muito honesto, Moreno acusou um ritmo menor, mas teve firmeza a médios, suplantando o oponente, cuja apresentação impressionou. A franqueza no toureio foi a marca mais saliente nas duas atuações deste seu regresso a Angra.

 

5ºToiro RB nº84 440kgs

El Fandi, na arte de bem bandarilhar...

“El Fandi” de novo a mostrar os seus atributos, rodando o capote em movimentos templados e bem posicionados. Antes das bandarilhas, o toiro partiu um corno num dos burladeros, sendo recolhido. Para a praça, o sobrero nº72, com 510 quilos, um hastado mais elegante e imponente. Suavidade impressionante no capote, quebrando o toiro a rigor, foi o que se viu de seguida. Novamente senhor do espetáculo nas bandarilhas, “El Fandi” voltou a fechar o tércio em violino. Teve depois de ir buscar o toiro
com a muleta, só lhe encontrando o cerne após muito trabalho e afinco. Mas deixou o seu perfume em Angra.

 

6ºToiro RB nº86 560kgs

A elegância de Arturo Saldivar...

Mais um toiro impressionante no aspeto a descer da Caldeira, desta feita para a segunda aparição em praça de Arturo Saldívar, que se livrou cedo das tábuas para tentar clarear o bonito “RB” a médios. Elegância e vivacidade pareceram imagens de marca do sul-americano, que deixou espaços para descobrir o toiro. Usou bem os naturais com o estoque para dar sentido à sua lide, e acabou por assinar uma presença com emoção, que o público acarinhou. Saímos da trincheira com a expetativa de que aquela poderia ter sido a lide da tarde…e o júri da corrida acabou por decidir isso mesmo. Merecidamente.

 

PS - Destaque para o comprovado impacto mediático da Feira, com a comunicação social em azáfama sem parar por trincheira e arredores. Muitos fotógrafos e os principais órgãos da especialidade presentes vêm sempre trazer ao cartaz do São João de Angra uma visibilidade ímpar, quer no momento quer em dias posteriores. Saliência elogiosa para os excelentes relatos das três corridas pelo Rádio Clube de Angra – com Francisco Morgado, Mário Rodrigues e Pedro Ferreira a levarem o som e as emoções ao ouvinte com clareza e saber -, assim como para a assessoria de imprensa oficial do certame, a fazer distribuir os fundamentos e as imagens de cada saída em tempo útil e com qualidade. Tudo isto num ano em que a “emagrecida” RTP-Açores deixou definitivamente de ter um programa dedicado à Festa Brava. O que é pena…

27.Jun.12

"Degraus d'Angra" antecipados para as 17 horas

Jorge Nunes, o recordista do percurso...

Por via do jogo Portugal/Espanha, e de forma a poder juntar o habitual lote de concorrentes, a 7ª edição dos "Degraus d'Angra", a correr-se esta tarde entre o jardim da cidade património e o alto da Memória, foi antecipada para as 17 horas (estava programada para as 18).

A prova, aberta a todos os participantes e com inscrições gratuitas, tem a chancela "porto das pipas PRESS" e integra o programa desportivo das festas Sanjoaninas 2012.

As inscrições podem ser feitas no local até alguns minutos antes da partida do primeiro atleta. A corrida realiza-se em sistema de contra-relógio, com uma subida para cada concorrente.

Os recordes do percurso pertencem a Jorge Nunes (masculinos), com o fabuloso "crono" de 1m05,14 alcançado na edição de 2008, enquanto Isabel Silva (femininos) mantém, desde 2010, os 2m04 como a melhor marca para elas.


Entrevista desta tarde ao Rádio Clube de Angra:

26.Jun.12

2ª Corrida Feira de São João 2012 – 25 jun - (Notas)

1ºToiro RB nº67 465kg

Ivan Fandiño e a sua quadrilha...

Bonito hastado “RB” para Ivan Fandiño receber junto das tábuas e sobre um terreno pouco maturado, devido à chuva da tarde. Verónicas elegantes na entrada do capote e, na sorte das bandarilhas, um bom par para o local João Pedro Silva, com o toiro a reagir mais alto. Com o estoque e a muleta, Fandiño arrancou sem brinde e por derechazos. Uma ligeira brisa também não ajudou à faena, enquanto o “RB” não derrotava, pelo que a lide se ressentiu disso mesmo. Apesar do brio esforçado do matador, que terminou a cumprir.

 

2ºToiro RB nº71 510kgs

Ivan Fandiño, deambulando com a muleta...

Toiro mais baixo e possante, com o prelúdio da sorte novamente por verónicas, mas mais templadas e nos terrenos certos. Com os bandarilheiros a cumprirem em flor rubra e verde, Ivan Fandiño prosseguiu uma lide, já brindada, mas sem grandes saídas. O toiro não fazia jus ao seu lustro. O diestro fez por crescer as séries com a muleta, com naturais a arrancarem alguns olés das bancadas angrenses. A falta de calor foi, no entanto, uma realidade, mesmo face a este Fandiño que tem encantado os públicos
mais exigentes. O que, por vezes, nem sabemos se é sequer o caso do terceirense…   

 

3ºToiro JAF nº293 530kgs

Tiago Pamplona, na actuação que lhe deu triunfo...

A regressar ao seu público, depois de algumas corridas no continente, Tiago Pamplona vinha com a esperança caída pelo
merecido prémio que não recebeu em 2011. Entrou com dois compridos a subir.
Montando o “Universo”, abriu bem aos curtos, com aplausos, a criar ligações aos médios e a ouvir música. O marialva da Quinta do Malhinha, que brindou aos céus pela sua avó Manuela, prosseguiu em sortes bem rematadas e aqueceu a praça.
Dois palmos, bem tendidos e com belo efeito, fizeram explodir a Monumental, que se mostrou feliz pelo filho da terra.

 

Pega: Tomás Ortins (TTT)

Esteve rijo, Tomás Ortins...

Brinde ao público de Angra, e uma forte reunião à barbela, com a viagem a ter grupo e o jovem forcado a nem pestanejar.
Eficácia Plena.

Volta em brio para cavaleiro e forcado.

 

4ºToiro JAF nº290 515kgs

João Telles Jr., algo longe do esperado...

João Telles Jr. a entrar com o cavalo “Zimbro”, frente a um rápido toiro, que lhe apareceu afoito. Quebrando-lhe o ímpeto,
colocou-se para um primeiro à tira e com calma. Cumpriu de início, e voltou à praça com a estrela “Zico”, mas com dois ferros em falso e alguma precipitação. Arredondou a lide, e um palmo de flores selou alguma da qualidade que se lhe pedia. Ficava-se à espera, para o final da corrida, pela arte do jovem da Torrinha.

 

Pega: Nuno Pires (ARG)

Nuno Pires, citando o quarto da ordem...

Brinde ao público e uma pega fácil e curta, sem pedir muito ao grupo e com o forcado a cumprir limpinho.

Volta só para o caras da Agualva.

 

5ºToiro JAF nº294 440kgs

Tiago Pamplona, concentrado para brilhar...

Tiago Pamplona a brindar a lide ao seu irmão João, frente a um toiro com muita pata e gana. O angrense iniciou com alguma contenção, e demorou mesmo a soltar-se, para o que o toiro também não ajudou, reservando-se contrariamente à imagem inicial. Tiago teve música, alguns bons recortes, mas ficou distante da lide anterior. A que lhe valera as maiores ovações e um triunfo claro. Desta feita, fechou com palmos em bom estilo.

 

Pega: Carlos Vieira (TTT)

Valente pega de Carlos Vieira...

Brindou à direção da Tertúlia Tauromáquica Terceirense. Pega curta, com o grupo a não segurar logo, e o jovem forcado a aguentar, sem mácula, vários derrotes enrolados. Esteve rijo.

Volta e ovações para ambos os artistas.

 

6ºToiro JAF nº303 505kgs

João Telles Jr., desta feita com mais toiro...

Início recatado do jovem João Telles Jr., a não acertar em pleno na ferragem de castigo. As palmas tardaram em surgir, e levaram o marialva da casaca verde a algum entusiasmo excessivo.
Tendo toiro, talvez lhe tenha faltado calma, mas a espaços trouxe arte ao redondel angrense. Fechou a subir, sempre com muito toiro, e rematando a lide com cor.

 

Pega: Luís Valadão (ARG)

Luís Valadão, a fechar-se com ganas...

Brindou ao público, e arrancou uma reunião muito toureada, entrando de lado mas com valor. Conseguiu fechar-se, assinando uma prestação de raça.

Volta para os dois, com Telles Jr. a chamar o ganadero António Ferreira à praça, para a volta.   


Fotos: Ricardo Laureano

26.Jun.12

“Além Mar Rali Show” adiado para sexta-feira

O cartaz do evento...

Cartaz: Francisco Veloso

 

Devido à coincidência de horário com o jogo do Euro’2012 que opõe a seleção portuguesa à sua congénere espanhola, a organização do “Além Mar Rali Show Sanjoaninas 2012” - um evento conjunto da Fábrica de Tabaco Estrela, Terceira Automóvel Clube e Olavo Esteves Competições -, decidiu-se pelo adiamento do mesmo para a próxima sexta-feira (dia 29), pelas 20 horas.

 

Tratando-se de uma prova essencialmente de demonstração e de espetáculo, a jornada integra o programa desportivo das Festas Sanjoaninas – que decorrem até ao próximo sábado - e apresentará um formato inovador, com a participação por convite dos pilotos Ricardo Moura (Mitsubishi), Fernando Meneses (Subaru), Ricardo Carmo (Mitsubishi), Artur Silva (Citröen) e Marco
Veredas (Citröen).

 

A prova vai realizar-se, conforme já fora noticiado, num percurso entre a famosa curva da “Tercon” e a rotunda da EDA, na zona das Avenidas. O trajeto será cumprido por 3 vezes, e os tempos acumulados vão ditar a classificação geral.

O percurso do evento...

26.Jun.12

Terceiros da geral nas Sanjoaninas!

Rumo ao denso nevoeiro das Veredas...

Foto: Francisco Veloso/Formula Rali

 

A dupla Marco Veredas/Miguel Azevedo terminou o Rali Sprint das Sanjoaninas 2012 na terceira posição da geral, classificação a que juntou o segundo lugar na Formula 3, numa boa operação neste regresso à competição depois do abandono na edição 31 do Rali Sical.

Para o piloto do Citröen Saxo Cup, o balanço da prova “é positivo, mesmo se começamos com cautelas a mais nos troços da manhã, pois estava muito nevoeiro e o piso apresentava-se bastante escorregadio. Apostamos mal nos pneus, pois acreditávamos que a estrada pudesse secar, o que não aconteceu”, explicou Marco Veredas.

Segundo adiantou, a falta de ritmo da equipa “acabou por condicionar o andamento, especialmente de manhã, afinal já não completavamos um troço há mais de seis meses”, disse. Mas de tarde “as coisas melhoraram, e mudamos os pneus, permitindo dois segundos tempos à geral e a confirmação do terceiro lugar, que foi muito bom em termos da taça do grupo central”, concluiu.

Para o navegador da equipa, “a prova acabou por nos correr bem, mesmo se tentamos evitar qualquer saída, afinal daqui a três semanas temos o Rali da Graciosa, onde pretendemos lutar pelo pódio e pela Formula 3″, referiu, confirmando que “os troços de sábado, apesar de curtos e de serem numa zona conhecida, estavam muito difíceis, e isso acabou por condicionar bastante a nossa prova”, disse Miguel Azevedo.

25.Jun.12

Lusitânia comemora 90 anos e lança medalha

A medalha comemorativa dos 90 anos do Lusitânia...

O Sport Club Lusitânia celebrou este domingo o seu 90º aniversário, efeméride que motivou a criação de uma medalha comemorativa, que será lançada no próximo dia 7 de julho, na sede do clube.

 

Sob o lema “Tradição de Vencer”, terá assim lugar uma sessão aberta ao público (no dia 7), com início marcado para as 20 horas, onde o orador será o advogado Cota Moniz, que vai fazer uma resenha histórica sobre o clube.

 

Haverá ainda lugar a uma sessão de leitura do mais recente livro do escritor terceirense Joel Neto, “Os sítios sem resposta”, cujo
enredo relata diversas situações em torno do Lusitânia, e cuja temática roda em torno do futebol.

 

Segundo fonte do clube, a decisão de adiar a comemoração do aniversário e o lançamento da medalha deve-se ao facto de estar a funcionar no clube a habitual tasca, durante as Sanjoaninas.

 

Sobre esta, os responsáveis do emblema verde-e-branco divulgaram que “esperamos a visita dos terceirenses e visitantes ao nosso espaço, nesta fase de relançamento do clube, e sabendo que o ambiente da nossa tasca é sempre bom. Estamos abertos ao almoço e ao jantar, e com disponibilidade para reservas de grupos”, frisaram.

 

A medalha comemorativa dos 90 anos do Sport Club Lusitânia tem um preço de venda de 15 euros. Igualmente disponível continua a T-Shirt “Sou Lusitânia”.

Lusitânia: 90 anos e atradição de vencer...

Pág. 1/4