Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Quarta-feira, 30 de Novembro de 2011

Descansa em Paz, "Manel"...

Nos tempos do BMW 2002...

Hoje não estive na Terceira, pelo que não pude ir dar um abraço à família do Manuel Madureira. Uns largos anos mais velho do que eu, o "Manel" Madureira era um amigo de há muito tempo, nunca me tendo tratado como criança, até porque a paixão comum pelos automóveis e os ralis sempre nos ligou. Lamento a sua partida e recordo a longínqua participação no Rali Sical de 1986 - ao volante do bonito BMW 2002 "Schnitzer", que voltei há uns anos a ver correr em Braga... - com saudade. A velocidade de toda aquela vida terminou ontem. Descansa em paz, "Manel".

publicado por MSA às 22:47
link do post | comentar | favorito

Natal 2011 é com a RFM!

publicado por MSA às 17:50
link do post | comentar | favorito

Do hemiciclo...

Tudo se prepara para as intervenções finais e votações...

Foto: RTP/Açores.

 

Cidade da Horta, núcleo vigente de uma democracia que funciona de forma curiosa nestes Açores, como aliás já acontecera, e como não se sabe se voltará a acontecer. Exactamente a Assembleia Legislativa, palco efémero de discussões, picardias, provas de competência e de total inabilidade...

Hoje termina a sessão plenária dedicada ao Plano e Orçamento da Região para 2012, sendo votadas 258 propostas de alteração, numa “soirée”, que se poderá prolongar madrugada dentro. Passada que está a discussão das propostas apresentadas pelo governo regional e de mais partidos - excepção feita ao que sustenta o executivo...-, daqui por menos de uma hora começam as declarações finais das várias forças presentes e da tutela, o que vai remeter o início da votação para depois do jantar. É tradição que estes plenários entrem pela noite e, desta feita, estão em causa cerca de duas dezenas de alterações propostas para o Orçamento e mais de 230 para o Plano. Perfila-se uma sessão morna, aliás a culminar os três dias de trabalho, para os quais até estaria em causa se são necessário 57 parlamentares. Estaria em causa, mas não está.
Como em anteriores ocasiões, a bancada do governo vai “gozando” o prato, plena de certezas, se bem que nervosa pelas mudanças que se avizinham. César é o centro das atenções, mesmo se está a sair de cena. Teme-se que assim continue.
Do outro lado da barricada, as hostes movimentam-se ao som do calor popular, mas certezas só daqui por nove meses e meio, pouco mais que a gestação de uma criança, e mesmo se esta autonomia já cresceu, já engordou, e hoje padece mesmo
de algumas maleitas genéticas. Houve falhas profundas na sua geração optimista.

De resto, nada de novo, pique aqui, repique acolá, e tudo será feito aos desvios da ordenança rosa, mesmo se não se vivem tempos cor-de-rosa, mesmo se nem a flor está garrida por estas alturas do ano, mesmo se há uma inquietação latente, que não
fere, mas que vai moendo. É neste cenário, salpicado pelas intervenções avulsas dos ditos partidos pequenos, ou pela acutilância centrista, de onde nunca se sabe o que pode vir, que o rumo normal das coisas é vigência. Tal como a cidade da Horta será o núcleo vigente de uma democracia que funciona de forma curiosa nestes Açores... 

publicado por MSA às 17:21
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

Vanessa da Mata - Te Amo. (2U)

publicado por MSA às 20:33
link do post | comentar | favorito

“Perícia dos Veteranos” junta velhas glórias...

O cartaz do evento, da autoria do Francisco Veloso...

Design: Francisco Veloso

 

A “Perícia dos Veteranos”, uma velha aspiração do automobilismo terceirense, realiza-se no próximo sábado (dia 3), a partir das 15 horas, no Centro de Desportos Motorizados da Praia da Vitória (CDM/PV), e tentará juntar “as velhas glórias dos nossos ralis e
perícias”, disse fonte da organização.

Segundo Olavo Esteves, “para além da prova de perícia em si, haverá um convívio que se espera tenha uma boa adesão por parte dos nosso veteranos, que muito deram por estes desportos na Terceira, daí também a parceria com o TAC neste evento”, avançou.

Colaborador do evento, Miguel Azevedo explicou que “foram levantados mais de 60 nomes, aos quais se entregou um convite em mão para estarem presentes na prova e no jantar que se vai seguir. Pelo que só falta aferir se a iniciativa foi bem aceite”, disse o
jornalista.

As inscrições começam hoje e até ao dia 1 de Dezembro, “com períodos entre as 20 e as 22 horas, na sede do Terceira Automóvel Clube, mas também entre as 13 e as 18 horas do dia 1, no recinto do evento”, disse também Olavo Esteves.

“Serão aceites inscrições de viaturas normais e de competição, sendo que haverá uma classificação final geral e conjuntamente classificação para os três primeiros das duas categorias”, acrescentou.

A prova será “à moda antiga, com o sorteio dos números e o reconhecimento do percurso, havendo duas mangas a disputar para a obtenção do melhor tempo”, concluiu a organização do certame.

Além destas manifestações, refira-se que o CDM/PV continua a demonstrar a sua versatilidade e utilidade, como o comprova a
recente parceria com a Associação de Atletismo da Ilha Terceira, que permitirá realizar naquele espaço, já no próximo domingo (dia 4), pelas 15h30, uma prova de apuramento ao Campeonato de ilha de Corta-Mato.

 

(Para mais informações consultar http://olavoestevescompeticoes.com/pericia-dos-veteranos ou contactar Olavo Esteves – 919431477)

 

porto das pipas PRESS...

publicado por MSA às 11:34
link do post | comentar | favorito

Björk- It's Oh So Quiet

publicado por MSA às 02:46
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011

Meio-milhão!

Pois...foi hoje!

Ops, que parece que este (nosso) espaço alcançou mais uma meta não-traçada. Confesso que já foi maior o interesse dispensado na sua actualização e "alimentação". E nem se deve às redes sociais e ao seu fulgurante crescimento esta sensação de algum desprendimento ao dito.

Há algum tempo, viria logo aqui escrever que já não tenho motivação, que outros valores se levantam, que não-sei-quê e que não-sei-que-mais. Mas desta feita, não. Vão ter de continuar a levar aqui com o cantinho com nome de antiga passagem de descobertas. Mais ou menos bem nutrido de ideias. Mais ou menos abastado de conteúdos. Sem se armar "à Santana Lopes", este blogue ficará por cá mais uns tempos.

Não sei se até ao milhão de visitas, mas isto também sete anos passam num espirro! Any way, grato(s) pela comparência...sim, que os blogues também sentem (est)as coisas!

publicado por MSA às 16:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

Teatro na Terra Chã...

A partir de amanhã, peças para todos os gostos...

publicado por MSA às 09:08
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011

Mais uma noite de igualdade...

mais uma acção da UMAR...

publicado por MSA às 10:39
link do post | comentar | favorito

A Terceira em 1960... (incompleto)

publicado por MSA às 00:53
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

2012: Troféu de Ralis em São Miguel?

Os ralis movimentam-se em São Miguel...

Foto: porto das pipas PRESS

 

A direcção técnica do Grupo Desportivo Comercial (GDC), liderada por António Andrade, propôs à direcção do clube a realização de um troféu de Ralis na ilha de São Miguel, em 2012. Quebrando todas as directivas avançadas anteriormente pelo responsável máximo do grémio sedeado na Lagoa, a competição pretendida – pelo menos pela equipa técnica do clube – inclui duas secções do SATA Rali Açores e duas provas pontuáveis para o Campeonato dos Açores de Ralis, para além de 3 Ralis Sprint, provas de menor extensão com duas passagens por uma única prova especial, à semelhança do que já se faz noutras paragens da região.

Prevê a referida proposta que as provas sejam disputadas por viaturas homologadas, não homologadas, jipes e kartcross (estes últimos de fora na incursão pelo SATA Rali Açores), num calendário que se prevê possa começar entre Fevereiro e Março. Segundo António Andrade, o director técnico do GDC, esta seria “a estrutura mais adequada ao momento actual, e que poderá reanimar, a custos moderados, uma modalidade que tem dado grande visibilidade mediática dos Açores além-fronteiras, como acontece com o SATA Rali Açores”, avançou. “É esperado que a direcção do GDC, após a adequada análise, consiga a angariação de um ou mais patrocinadores, e que dentro em breve proponha à FPAK a homologação, quer do regulamento quer do calendário”, disse ainda Andrade. A divulgação desta pretensão desportiva na ilha do Arcanjo entronca no que já se vai passando no Grupo Central, no canal Pico/Faial e em Santa Maria, sendo que, curiosamente, já o promotor inicial deste modelo nos Açores – no caso a Olavo Esteves Competições – tinha “oferecido” os seus serviços ao clube presidido por Francisco Coelho. Que terá, liminarmente, recusado a proposta. Esperam-se agora novos desenvolvimentos, assim como a definitiva grelha competitiva que o desejado troféu possa abarcar.

publicado por MSA às 16:13
link do post | comentar | favorito

Veteranos com almoço de domingo...

Mais um momento de convívio da Marcha dos Veteranos

A Marcha dos Veteranos 2012 promove, no próximo domingo (dia 27), um almoço para angariação de fundos, no salão da Santa Casa da Misericórdia, em São Carlos.

 

Marcado para as 13 horas, o momento de convívio tem na ementa arroz de marisco, galinha frita e bifes de panela, para além de acompanhamentos variados e a esperada animação musical.

 

Os bilhetes para o evento poderão ser adquiridos junto dos elementos da marcha, ou com o seu responsável Fernando Dias (96 002 8488).

publicado por MSA às 08:52
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Novembro de 2011

R.E.M. - Oh My Heart

publicado por MSA às 14:55
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

Corrida pela Igualdade

Amanhã, em Angra do Heroísmo...

publicado por MSA às 17:17
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

A parada...

Uma parada...penso que gay...

Muito se tem escrito e discutido sobre a realização, na ilha de São Miguel, de uma parada gay em 2012, ao que se sabe promovida pelo Governo Regional dos Açores, segundo anunciou Graça Castanho, a directora regional das comunidades. Segundo fui lendo, a iniciativa será realizada em colaboração com associações de direitos humanos dos EUA, Canadá e Brasil, e tem como objectivo a criação de uma rede internacional contra a discriminação das minorias.

Num comentário muito breve, não consigo entender em que é que uma parada gay - não estando exactamente explicado o que será o tão propalado certame, ou os contornos em que o mesmo se vai realizar... - pode ajudar a mudar mentalidades e a abrir horizontes em relação às opções sexuais de cada cidadão. Cheira-me a circo barato, a razoabilidade barata, a aceitação barata,  a politiquice frouxa, numa jornada que até pode sair cara. E mais nem digo.

publicado por MSA às 15:17
link do post | comentar | favorito

São Martinho fora-de-horas...

Na Praça da Alegria...

publicado por MSA às 11:06
link do post | comentar | favorito

Dia Mundial do Não Fumador

Por favor, não fume...

Oito anos, dez meses e dezassete dias...

publicado por MSA às 09:18
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

Ana Free/Mia Rose: Descobertas pela rede...

publicado por MSA às 15:57
link do post | comentar | favorito

TAC apresentou equipas para o “Sahara Aventura”

As duas duplas junto às respectivas viaturas...

Foi na sede do Terceira Automóvel Clube que, no passado domingo, se deram a conhecer as cores das duas duplas que vão defender o emblema angrense na edição 2011 do “Sahara Aventura”, uma prova de navegação a realizar em Marrocos, que
este ano reúne 22 equipas – num total de 44 viaturas -, e que terá o seu início a 4 de dezembro, terminando cinco dias depois naquele país do norte de África.
Nuno Rosado e Ricardo Costa, em Toyota Hilux, e Marco Vieira com Pedro Ávila, num Nissan Patrol, formam assim a equipa do TAC, um conjunto com bastante experiência no todo-o-terreno local, mas onde se destaca o piloto Nuno Rosado que, como
navegador, já concluiu um Lisboa/Dakar (Portugal/Senegal), então ao lado do micaelense Carlos Martins, bem como um Rali dos Sertões (Brasil) ou uma CUP 180 (Tunísia), ambas as provas na companhia do seu pai, Leandro Rosado. Os objetivos traçados são “aprender a navegar na areia, a andar numa zona e num terreno que são desconhecidos para nós, para além de, claro, terminar a prova nesta primeira incursão por terras africanas”, avançou Ricardo Costa.

Sobre o evento em si, o navegador explica que “o Sahara Aventura é essencialmente uma prova de navegação por GPS ou carta topográfica, onde deveremos andar cerca de 500 quilómetros por dia, sendo as equipas constituídas por duas viaturas, que
tentam obter o maior número de pontos através do cumprimento do percurso, que é confirmado por fotografia nas zonas de passagem obrigatória. As viaturas devem partir e chegar ao fim de cada etapa sempre juntas”, referiu. Confiantes na preparação, “que levou muitas horas de trabalho, durante cerca de quatro meses”, de ambas as viaturas, as duplas terceirenses querem “aproveitar ao máximo esta nova experiência”, esperando que “todas as informações obtidas sejam uteis e que possamos desfrutar do prazer que um desafio destes proporciona”, frisou Ricardo Costa. Em dia de dar a conhecer os carros, foram
visíveis os cuidados inerentes a enfrentar um certame com muitos obstáculos, com os 4x4 nipónicos apetrechados com material para eventuais “atascanços”, assim como reservas de água e combustível.

Com onze edições disputadas, o “Sahara Aventura” já contou com a presença de mais equipas açorianas, sendo que a edição deste ano ligará as localidades marroquinas de Ouarzazate, Zagora, Rissani e Erfoud. A organização, encabeçada pelo espanhol Alberto Pascual, tem como delegado em Portugal o jornalista Manolo Oliveira (Revista 4x4), e recebeu este ano maioritariamente inscrições de conjuntos do país vizinho.

 

Apresentação TAC - Sahara Aventura 2011

 

porto das pipas PRESS

publicado por MSA às 15:07
link do post | comentar | favorito

"Binte e séite ános depois..."

publicado por MSA às 12:01
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Novembro de 2011

"Espaço dos Vinhos" com novidades para apreciadores...

Bom ambiente e vinhos de qualidade...

Fotos: Ricardo Laureano


Iniciativa da firma local “Espaço dos Vinhos”, foi na tranquilidade acolhedora do Museu de Angra que um alargado número de convidados pôde provar - na passada quinta-feira - algumas das novas propostas – maioritariamente de origem duriense - que a referida empresa tem agora à disposição. Um leque equilibrado de vinhos, com rótulos marcadamente de gama média e alta, foi o que se deu a experimentar,
num ambiente de requinte, onde não faltaram todos os cuidados inerentes a uma acção do género. Luís Van Zeller, o gerente da empresa, partilhou connosco os propósitos do evento, considerando que a amostragem “pretendeu dar a conhecer algumas marcas que não estão nas grandes superfícies, embora a espaços possam lá surgir, mas que se destacam pela oferta de qualidade, direccionando o certame para a restauração, mas também para os particulares, pois na Terceira há de facto muitos apreciadores de vinho e muita gente que sabe exactamente o que quer comprar”, explicou.

Aberta há pouco mais de um ano, a empresa regista “uma boa aceitação do mercado, num universo que é complicado de gerir, pois o cliente comum tem muitas propostas e o nosso país apresenta muitas centenas de marcas”, mas Luís Van Zeller acredita que “há espaço para um nicho de mercado que procuramos, com a evidente preocupação de vender, e aqui naturalmente que o
preço faz diferenças e, neste caso em particular, apresentamos vinhos de uma gama média/alta, que vão desde garrafas entre 9 e 12 euros, mas também com grandes reservas a cerca de 40 e poucos euros. Claro que há outras gamas, e dou como exemplo o produtor Alves de Sousa, que tem 23 ofertas, a culminarem em vinhos seleccionados que atingem valores entre os 80 a 90 euros a garrafa. Mas essas, logicamente, não estão em qualquer sítio”, concluiu o empresário.

Quanto ao conteúdo das diversas garrafas dadas a provar, nada como enumerar a lista, de forma a aferir a variedade proposta. Assim, e da afamada Quinta da Casa Amarela, localizada na povoação de Cambres, marcaram presença o Tinto DOC 2010, o Tinto Reserva 2008, o Tinto Grande Reserva 2007 – um vinho de eleição… -, o Branco Selection 2010 e um saboroso Porto reserva 2010 para encerrar a função. Em Ervedosa do Douro está a Quinta de São José, e de lá vieram um Tinto DOC 2008, o Tinto Reserva 2008 e o Tinto Grande Reserva 2009. A compor o ramalhete estavam o Ázeo Branco 2009 e o Ázeo Branco rabigato 2009, duas propostas assaz interessantes. Do conhecido produtor Domingos Alves de Sousa (o melhor do país em 1999 e 2006), estavam abertos o Vale da Raposa tinto reserva 2008, o Vale da Raposa branco 2010 e o Quinta da Gaivosa branco 2009. Finalmente, e da Quinta da Lapa, as opções eram o Branco colheita seleccionada 2010, o Espumante bruto DOC 2009, e os tintos Syrah 2009, DOC 2008 e DOC reserva 2009. Uma oferta alargada para momentos de apreciar, afinal o vinho não nos faz só dizer as verdades…

...servidos a preceito.

O convite...

publicado por MSA às 10:51
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Novembro de 2011

Otelo, o temeroso...

Otelo apela à revolução...coitado!

Henrique Monteiro, in "HenriCartoon".

publicado por MSA às 23:51
link do post | comentar | favorito

GNR - Sangue Oculto

publicado por MSA às 18:24
link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Novembro de 2011

Parabéns, Beatriz...

A Beatriz, com um sorriso roubado...

Curiosa, algo envergonhada, mas depois terna e sorridente com o à vontade ganho. Assim é a nossa sobrinha Beatriz, que hoje completa cinco anitos, e deve estar em festa aberta de presentes e sorrisos. Miúda activa, e com genes de atleta já bem patentes, a Beatriz é um desafio constante nas reacções e piadas, exactamente aquilo que uns tios contentes de a ver tão apreciam a cada reencontro. E o próximo está quase...mas hoje é dia de te cantarmos os parabéns sobre o mar...

publicado por MSA às 14:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Frio.

É bom...mesmo quando arrefece...

Falar sobre frio será uma coisa que faço com bastante à vontade. Principalmente porque devo ser das pessoas menos friorentas que conheço, e depois porque as reacções corporais que o frio (me) provoca são bastante mais afáveis que as do "colega" calor, pelo que a época do ano em uso se aproxima dos dias de que costumo gostar, e os que melhor recordo com o passar dos anos.

Afinal, um pôr-do-sol arrebatador é prefeitamente possível em pleno inverno...já um arrepio de amor nem sempre se sente no verão.

Avançando nos termómetros - e atenção que o clima açoriano tem na humidade relativa do ar o seu mais poderoso elemento guerreiro -, confesso que nem me importo de sentir um friozinho ao longo do dia, contraste claro com o mal estar que o calor excessivo me provoca, bem como o desgaste glandular anexo a essa realidade. Assim, e sem grandes laborações de escrita, o frio chama-me para a mesa, clama por abraços, adora o contacto, refunde as memórias, embeleza as árvores e dá novas cores ao olhar, mantendo o calor da amizade e da comida como dois bons pretextos para a estação. O calor, irrita-me...

publicado por MSA às 00:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 12 de Novembro de 2011

Arqueologia das ilhas...

A partir de amanhã, no CCCAH...

publicado por MSA às 14:08
link do post | comentar | favorito

Poesia com sotaque...

Apresentação esta noite, na Carmina Galeria...

(Apresentação esta noite, na "Carmina Galeria", pelas 21h00)

publicado por MSA às 10:26
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011

Um derby-sem-humidade?

O primeiro confronto local no escalão máximo da modalidade...

publicado por MSA às 16:15
link do post | comentar | favorito

Portugalex (ontem)

Áudio AQUI

publicado por MSA às 11:34
link do post | comentar | favorito

Lembrar...

Uma iniciativa muito interessante...

Lembro-me do barulho ensurdecedor da terra. Das duas casas em frente a começarem a ruir. Do buraco que se abriu no meio da rua. Da cascata de cristais que saltou do louçeiro e do relógio de parede a avançar na sala. Da acalmia e de um sol estranho, minutos depois. De dormirmos no carro, sempre à espera que houvesse mais...

publicado por MSA às 11:22
link do post | comentar | favorito

Coros ao palco!

Nove coros sobem ao palco no Ramo Grande...

publicado por MSA às 10:58
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

Girassóis de Paris

Girassóis...lá de longe.

E ela perguntou, com a voz doce e a pronúncia afrancesada, “pelos rebuçados, os caramelos, les bonbons…”, sem nunca desmanchar o sorriso com que se conheceram naquele verão. Era uma relação estranha – passivamente um amor estival… -entre duas pessoas de tão longe, de tantas diferenças, e contudo tão encontradas no olhar que reflectia o mar da pequena localidade. Cheia de pedra negra e plantada numa ponta da ilha alegre. Desde o primeiro beijo que a confusão o atacava, simplesmente porque mal falavam um com o outro. Não lhe percebia aquela língua melosa, cheia de repiques e palavras musicais…até que desatou a colar, aqui e ali, “post-its” com o nome de cada coisa em português, pedindo-lhe que a cada um fizesse corresponder igual referência naquele idioma açucarado de Paris. Paris, de França. Essa terra tão distante, onde girassol é tournesol, como o professor lunático das aventuras de Tintin, - d’aprés Hergé, isso já se lembrava da televisão e de uns  livros da infância… -, e onde as pessoas devem todas cheirar a perfumes caros e comer pequenos-almoços faustosos. E ainda antes dos girassóis, a ligação tinha começado por um punhado de amoras, apanhadas à beira da estrada e nos poucos lugares onde elas ainda sobrevivem. Por gestos, explicara-lhe então que a disseminação da praga do escaravelho-japonês – esticando os cantos dos olhos com os dedos…e pensando ser entendido – levara à escassez do doce e rubro rebento, transformando em
silvados o que antes apresentava um brilho de compota caseira. Como na vida, também os frutos e as flores se vão anichando rumo à morte, secando as tonalidades e os sabores. E novamente, como em quase todas as mímicas e conversas de duas semanas ardentes, desviara-se do assunto, nunca terminando uma explicação, e escondendo as razões de se sentir inferior pela simplicidade de ilhéu acanhado. Não conhecia as capitais da Europa, tão pouco outras cidades do reino português, fora apenas uma vez à América, visitar a família a Lowell, para além das ligações inter-ilhas com que se deliciava no verão. Ou melhor, nos verões que já tinham passado, pois nenhum alcançara sequer a quarta parte das emoções da estação que findava. E como gostava de a ouvir falar, mesmo sem perceber metade, mesmo se ao início não entendia nada de nada. Vinham-lhe cores nas palavras, os dentes pareciam peças brancas de um xadrez de enigmas, que relatavam jogadas antecipadas a um beijo que nunca aconteceu. O mistério seria o mote para tal encantamento e, possivelmente, estaria apaixonado por uma fantasia. Ou, como vira num filme recente - no avançado DVD com surround… -, só um amor não concretizado pode ser romântico. E, nesse verão que ainda corria, o seu romantismo tinha suplantado todas as ideias e expectativas possíveis. Foi a ouvir música alta, na velha atafona da casa dos avós maternos, e ao som das ondas do mar rebentado no calhau ao fim da tarde que se criou e firmou o entendimento. As palavras começaram a fluir de uma outra forma, original como os repiques das observações e soluços que as entremeavam, e fazendo nascer um quase dialecto de sentimentos que só os dois entenderiam pela vida. A certeza firme de todos aqueles episódios era apenas e tão só a sua marca pela vida, porque um amor de verão dura eternamente. Trocaram versos de canções avulsas, desembrulharam doces feitos por parentes carinhosos, salgaram os olhos ao mar posto e à despedida, dias antes dela acontecer. Tudo estava envolto numa névoa de luz densa, no sabor a sal com vento, no salto arredondado de uma borboleta riscada.

Chegado o horário temido, do voo de partida para outras paragens, e afincou-se a promessa de uma troca constante, tecnológica, melódica até. Afinal tudo assentava no bater do coração, no aplauso lento das pálpebras e das pestanas, as dele clareadas pelo sol grosso da maré, as dela espessas por um rímel de etiqueta. Até nesses contrastes, e quase embriagados pela atracção comum, perceberam que as suas palavras se transformavam em flores. Unindo os aromas e os afectos de dias com raízes, caules e metamorfoses causadas pelo ocaso.

E entretanto, já os girassóis estavam a querer tombar, deixando meio triste o recanto colorido que anualmente preenchiam. Mas esses, como as palavras, regeneram-se, e uns dias depois ganharão novos sentidos, provocando sorrisos por usar…

publicado por MSA às 01:14
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 8 de Novembro de 2011

Ainda o Rali Sprint "Garça"...

(Video com as passagens de Marco Veredas, Tiago Valadão e Artur Silva na 2ªPE)

publicado por MSA às 14:05
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Novembro de 2011

Mikkelsen IRC Champion!

Andreas Mikkelsen, em grande estilo...

publicado por MSA às 00:28
link do post | comentar | favorito
Sábado, 5 de Novembro de 2011

Pedro Abrunhosa - Não Desistas de Mim

publicado por MSA às 00:46
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Novembro de 2011

Estreia em casa...

Vamos apoiar o Lusitânia!

publicado por MSA às 11:04
link do post | comentar | favorito

Pelos amigos do hospital...

Espectáculo de solidariedade, amanhã no CCCAH...

publicado por MSA às 10:52
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Novembro de 2011

Estado de Graça: Lucy e Djaló em "Náisse"...

publicado por MSA às 22:11
link do post | comentar | favorito

Realidades...

O sucesso nivelado por baixo...isso sim!

Abomino, definitivamente, os grunhos e as grunhas que, numa passagem entre canais, lançam a fétida ignorância da "Casa dos Segredos" sobre vários lares portugueses. O nivelamento pela rama da qualidade do sucesso televisivo nacional é bem o espelho cultural e de interesse de uma pátria em crise...há anos e anos. E aquela gente até faz sentir saudades do Telmo das "órgias"...

publicado por MSA às 22:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Novembro de 2011

Pelos pensantes

O Pensador, de Rodin...

Ouvi há pouco, no programa "Justiça Cega" (RTP Informação), o criminologista e autarca Francisco Moita Flores criticar o basismo populista com que a pátria lusa - à semelhança do que sucedeu no pós-25 de Abril - decidiu agora atacar o trabalho intelectual. O exemplo dado, as remunerações auferidas - ou não - pelos comentadores políticos e generalistas na RTP, é crasso. Realmente, nada como ser canalizador, electricista ou pedreiro. A esses não se pede nada à borla...

publicado por MSA às 13:18
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 27 seguidores

.pesquisar

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. BD Luís Silva Ribeiro - E...

. The great Lewis...

. Direito e tradições

. Wolf Alice - Beautifully ...

. Paciência, sr. não-engenh...

. Hino Make-A-Wish Portugal

. Ciclo Tentas Comentadas 2...

. O amigo Domingos.

. Ação em Portimão!

. Tentas comentadas

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds