Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Segunda-feira, 31 de Outubro de 2011

"Liderança da taça assegurada..."

Lomba no terceiro troço da prova...

Foto: Rodrigo Bento/Jornal "Azores Motor Show"

 

A dupla Marco Veredas/Miguel Azevedo terminou ontem na 5ª posição da geral - 3ª da Formula 3 -  o Rali Sprint do Outono, a penúltima jornada da Taça de Ralis Além Mar do Grupo Central que se disputou num troço de terra com cerca de 5 quilómetros, na freguesia dos Biscoitos.
Um pião, logo no primeiro troço da prova, "fez-nos perder à volta de 20 segundos", explicou Marco Veredas, adiantando que "depois foi tentar recuperar, mas o atraso era significativo e os nossos adversários mais directos na F3 andaram muito depressa, pelo que o 5º lugar pode considerar-se bem positivo", disse.
"Ainda fizemos dois terceiros tempos à geral, nas segundas passagens de cada troço e quando já me estava a sentir mais à vontade, depois de tanto tempo sem guiar na terra", disse ainda o piloto, reiterando que a participação "só foi possível porque o Paulinho e o Duarte Maciel nos cederam uma caixa de velocidades completa, pelo que para eles vai um grande abraço e o nosso agradecimento", frisou.
O resultado fez com que a Marco Veredas e Miguel Azevedo mantivessem a liderança - absoluta e da F3 - na taça de ralis, agora com 720 pontos, mais 40 qu Tiago Valadão, pelo que as coisas só ficarão decididas no dia 10 de dezembro, com o Rali Sprint do Natal a encerrar a temporada.


publicado por MSA às 16:01
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011

José "Estebes" entrevista Fábio Coentrão...

publicado por MSA às 01:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 27 de Outubro de 2011

Ortografia/Constatação...

um mal consentido, isso sim!

Verifiquei esta manhã que o editor de texto do PC - vulgo word... - com que habitualmente trabalho tem já uma actualização compatível com o novo acordo ortográfico.

Declaro pois que, a partir de agora - e dadas as condicionantes aparentes de tempo -, sou mesmo capaz de começar a escrever com erros...

publicado por MSA às 14:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Rali Sprint do Outono (TRAMGC)

O cartaz da prova de sábado...

 

Design: Francisco Veloso

publicado por MSA às 03:14
link do post | comentar | favorito

Veredas/Azevedo defendem liderança da Taça de Ralis

Mais uma prova este fim-de-semana...

Foto: Ricardo Laureano

 

A equipa Marco Veredas/Miguel Azevedo vai defender, no próximo sábado, a liderança provisória na taça de ralis Além Mar do grupo central, competição que lideram – à geral e na Formula 3 - após três provas disputadas.

Para o Rali Sprint do Outono, segunda prova de terra do ano, o piloto terceirense aposta “num andamento seguro e que nos permita obter uma boa classificação, pois estão em causa dois títulos, mesmo se a nossa aposta se resumia à F3, este ano”,
avançou.

Depois da ausência no Rali Ilha Lilás, Veredas explicou que “já não andamos em terra há bastante tempo, pelo que será importante entrar com calma para não pôr em risco a pontuação de que precisamos, até porque vamos abrir a estrada”, frisou o condutor do Citroen Saxo Cup com as cores da “RC-Automóveis”.

Ainda sem ver “completamente resolvidos, os problemas que nos afectaram nas últimas duas provas”, a equipa agradeceu desde já “a pronta ajuda do Paulo e do Duarte Maciel, que nos cederam o material necessário para poder alinhar no rali, caso contrário arriscávamo-nos a ficar novamente de fora”, concluiu o piloto.

publicado por MSA às 03:10
link do post | comentar | favorito

Outono Vivo na Praia...

Começa hoje mais uma edição do certame...

publicado por MSA às 03:09
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

Música n' A Estiva"!

Para marcar na agenda do fim-de-semana...

publicado por MSA às 17:15
link do post | comentar | favorito

Faz de Conta - Rap da Ribeira Seca...

publicado por MSA às 14:40
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Outubro de 2011

Moura, Campeão de Portugal!

Ricardo Moura, no troço do Buçaco...

Foto: José Bandeira/Motores Magazine

 

Ricardo Moura sagrou-se campeão nacional absoluto de ralis, após terminar em segundo lugar o Rali de Mortágua, a sétima prova do calendário, jornada onde o açoriano foi dominando os acontecimentos até ter de decidir-se – o que fez com precisão e inteligência – pela gestão do resultado que servia as suas ambições, sem pôr em risco o corolário esperado de uma época onde foi, a todos os níveis, o piloto mais completo do plantel, vencendo à geral os ralis Torrié e Centro de Portugal, sendo o melhor português no SATA Rali Açores e o melhor do campeonato no Rali Vinho Madeira. Apenas a desistência no Rali de Portugal manchou de algum modo um conjunto de actuações onde a fiabilidade do Mitsubishi Lancer EVO 9, o ritmo adquirido nas últimas temporadas, o talento natural do micaelense e o entrosamento ganho dentro do carro com o amarantino António Costa deram frutos e granjearam espectáculo nos troços continentais, onde o nome dos Açores voou bem alto e a bandeira da região se foi desfraldando ao tom do sucesso…

Corrido em dois dias, o Rali de Mortágua foi o palco da luta final pelo título – falta ainda correr-se o Rali Casinos do Algarve, onde Ricardo Moura não vai marcar presença -, e ao açoriano bastava um quarto lugar, perante uma vitória de Vitor Lopes, para ser campeão. Desde a primeira classificativa se percebeu que, mesmo em modo de gestão, o homem das ilhas de bruma andava ainda assim na frente, vencendo duas das cinco classificativas da primeira jornada da prova, e chegando ao final da tarde com cerca de 5 segundos de avanço sobre o veterano do bonito Impreza N15 que, como lhe competia, dava a melhor réplica ao EVO azul e branco. Na luta pelo pódio, e depois de um mau início, Pedro Meireles e Pedro Peres iam animando o rali, com o piloto do EVOX “Galp” a conseguir maior eficácia face ao rápido portuense. Assim se aguardou pelos troços de domingo, onde a contenda incluía passagem dupla pela classificativa de Espinho, a mais longa e desgastante do rali, e onde o campeão açoriano mostrou cuidados redobrados, perdendo à volta de 15 segundos por passagem para Lopes, que assim se guindou ao triunfo no fim-de-semana. Apenas um azar na ponta final poderia impedir Moura de ser campeão. Assim não aconteceu, e com naturalidade e segurança o título absoluto apanhou um voo de primeira classe rumo ao arquipélago, onde os adeptos da modalidade, os amantes do desporto e as entidades oficiais felicitaram de diversas formas um piloto que se afirmou em definitivo pela sua rapidez e consistência.

Quanto à restante tabela, e com a vitória segura e merecida de Vitor Lopes, Pedro Meireles ainda venceu um troço e fechou os lugares de honra, isto também depois de Pedro Peres se ter despistado e desistido, cabendo o quarto lugar ao rápido madeirense João Silva – acompanhado pelo nosso amigo e velho conhecido José Janela… -, o melhor das duas rodas motrizes, adiante do desactualizado Corsa S1600 com que Paulo Antunes fez pequenos milagres de condução. Paulo Neto foi quem se seguiu ainda nas duas rodas motrizes, bem na frente do jovem micaelense Hugo Mesquita, que definitivamente encontrou no Renault Clio R3 o melhor aliado para a sua franca evolução ao volante. O piloto/jornalista João Fernando Ramos fechou o lote dos oito primeiros, num rali onde a ameaça de chuva para domingo apenas se concretizou na hora da chegada a Mortágua, quase parecendo que o anti-ciclone dos Açores abrira uma brecha temporal para saudar um campeão esperado… Parabéns, Ricardo Moura!

 

Líderes da Prova:
Ricardo Moura (1ª à 6ª PE); Vitor Lopes (7ª à 9ª PE)

Vencedores de Troços:
Ricardo Moura (3); Vitor Lopes (5); Pedro Meireles (1)

Classificação Final:


1º Vitor Lopes              Hugo Magalhães Subaru Impreza WRX N15    1h02m06,5
2º Ricardo Moura         António Costa     Mitstsubishi Lancer EVO9     a 30,8s
3º Pedro Meireles          Mário Castro       Mitsubishi Lancer EVOX       a 1m30,6s
4º João Silva                 José Janela           Renault Clio R3 Maxi            a 3m18,0s
5º Paulo Antunes          Alberto Oliveira   Opel Corsa S1600                  a 3m21,3s
6º Paulo Neto                Daniel Amaral     Citroen DS3 R3 T                  a 6m35,9s
7º Hugo Mesquita         Nuno R. Silva      Renault Clio R3                      a 7m55,1s
8º João F. Ramos          Marco Macedo     Mitsubishi Lancer EVO9        a 9m42,9s

 

O novo campeão nacional de ralis...

Foto: António Bettencourt

 

"Obrigado a todos..."

 

Ricardo Moura era, naturalmente um homem feliz à chegada a Mortágua, celebrando junto à pequena comitiva açoriana o tão desejado título nacional. O piloto confirmou “uma enorme alegria por ser campeão de Portugal de ralis, ainda mais quando é a primeira vez que um açoriano alcança este objectivo. Sinto-me igualmente feliz por ter conseguido dar à ARC Sport o seu primeiro título absoluto”, adiantou, revelando que a formação de Aguiar da Beira “foi uma equipa que, ao longo de todo o campeonato, demonstrou um elevado grau de profissionalismo e uma dedicação extrema. Como açoriano, estou bastante

orgulhoso por ser campeão, e tenho a convicção de ter conseguido um excelente retorno para a região durante este ano”, afirmou Ricardo Moura, que não se escusou a agradecer “a todos quantos nos apoiaram durante o campeonato e, especialmente, neste fim-de-semana, enviando mensagens, telefonando, através da internet, criando uma onda que nos fez sentir esse apoio dentro do carro. Foi uma energia positiva que, certamente, ajudou à nossa concentração”, confessou.

Em relação à prova do Clube Automóvel do Centro, Moura sabia que não devia arriscar uma luta pela vitória, pois “o nosso objectivo era o campeonato e por isso tentei gerir o andamento no segundo dia, não arriscando nada, principalmente no troço maior, pois poderia deitar tudo a perder”, disse o piloto, que apenas lamentou o facto “do António Costa não ter alcançado o título absoluto – o navegador de Amarante não disputou os ralis de Portugal e dos Açores com Moura, onde Luís Ramalho e Sancho Eiró foram os seus companheiros de equipa… -, mas é dele também uma parte fundamental deste sucesso”, concluiu.

publicado por MSA às 00:40
link do post | comentar | favorito
Domingo, 23 de Outubro de 2011

Panic! At The Disco - The Ballad Of Mona Lisa

publicado por MSA às 15:41
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Outubro de 2011

Na estrada...

Até amanhã à tarde...

publicado por MSA às 14:40
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Outubro de 2011

Robbie Williams and Nicole Kidman - Somethin' Stupid

publicado por MSA às 11:52
link do post | comentar | favorito

Actividades da AJITER...

Para os próximos dias, na Academia da Juventude...

publicado por MSA às 11:31
link do post | comentar | favorito

Músicas e homenagem...

Uma gala com espírito académico e uma homenagem merecida...

publicado por MSA às 10:17
link do post | comentar | favorito

Moura na prova do título!

Ricardo Moura pode sagrar-se campeão no domingo...

Foto: António Bettencourt

 

Durante a tarde de amanhã, e enquanto na Catalunha a batalha entre Sebastien Leob, Mikko Hirvonen e Sebastien Ogier posicionará um deles para ser campeão do mundo daqui por poucas semanas, o título nacional de ralis vai decidir-se em Mortágua e, no centro do país, todos os olhares estarão virados para um único piloto e grande favorito: Ricardo Moura. Afirmado como um piloto cada vez mais eficiente e objectivo, Moura está perto de alcançar o título absoluto, e um quarto lugar em Mortágua é suficiente para o campeão açoriano juntar à produção nacional a mais desejada inscrição de Campeão de Portugal de Ralis, um feito inédito para um natural das ilhas de bruma, e que lhe assentaria bem depois do título alcançado (bem cedo na temporada) em 2010, este ao nível do antigo grupo N. Mas, para que isso seja uma realidade, Ricardo Moura e António Costa terão de voltar a efectuar uma prova inteligente, até mesmo continuando a caminhada vitoriosa nos pisos de asfalto do “Nacional”, onde já venceram os Ralis Torrié e Centro de Portugal, contando-se ainda como os melhores da caravana igualmente no Vinho Madeira.

Prestes a arrancar para a prova do Clube Automóvel do Centro, e numa altura em que se ultimam preparativos e se vão desenvolvendo os reconhecimentos finais, o micaelense é peremptório nas declarações, frisando que “foi feito um grande investimento no Mitsubishi, tendo como único objectivo garantir a fiabilidade pretendida, afinal dependemos dela para alcançar o desejado título”, explica, adiantando que “Mortágua é um rali de que gosto particularmente, até porque no ano passado vencemos o Grupo N, e este ano gostaria de definir como objectivo a vitória absoluta, mas dado o contexto actual do campeonato, onde necessitamos de um 4º lugar para chegar a esse título de campeões absolutos, seria incoerente correr qualquer risco desnecessário. O nosso objectivo é o título, por isso qualquer exagero pode pô-lo em risco, daí que vamos optar por uma cadencia rápida, até porque sei que nos troços do primeiro dia somos competitivos de certeza, mas a salvo de imprevistos e sempre controlando os nossos adversários mais próximos”, afiançou o piloto do EVO9 assistido pela “ARC Sport”, que defende as cores dos Açores e de outros parceiros sedeados no arquipélago.

Em termos de lutas não é difícil adivinhar que Moura se “arrisca” mesmo a batalhar pela vitória, sendo que Pedro Peres é o adversário mais temido no certame, pois o portuense está arredado das “guerras” do campeonato e tentará certamente vencer em Mortágua. A “marcar” a prova de Moura estará Vítor Lopes, o veterano piloto ex-Citroen, este ano com um fiável Subaru Impreza N15, carro que lhe permitiu veleidades na terra, mas que no asfalto de todo parece capaz de incomodar os Mitsubishi, Para chegar ao título, Lopes tem de aguardar um revés de Moura no rali do fim-de-semana, bem como averbar vitórias em Mortágua e no Algarve, prova que encerra a época e onde o açoriano não vai marcar presença. No grupo dos da frente há ainda que contar com Vítor Pascoal e Pedro Meireles, mas a atestar pelo que fizeram ao longo do ano, certamente haverá um dueto
Peres/Moura pelas classificativas de amanhã e de domingo. Presente vai estar também o jovem açoriano Hugo Mesquita que, depois de várias provas ao volante do novo Citroen DS3 R3T, parece rendido às características do Renault Clio R3 da “ARC”, viatura que vai novamente partilhar com o experiente Nuno Rodrigues da Silva.

A lista final oficial do Rali de Mortágua – sim, estas provas primam por revelar tarde quem são os seus concorrentes, e neste caso até houve alterações de última hora… -, sétima prova do campeonato português, conta com 22 inscritos, aos quais se juntam os
concorrentes da Taça de Portugal, Regional Centro e Taça Nacional de Clássicos, o que faz aumentar as presenças para as quase cinco dezenas. “a UNIÃO” vai estar na estrada em Mortágua (acção que juntará a alguns apontamentos para as tarde desportivas da Antena-1/Açores…), prometendo para a próxima terça-feira noticiar – preferencialmente - as venturas de Ricardo Moura como campeão nacional. Até lá, fica o desejo expresso de uma prova com sorte para o piloto açoriano. Força,
Moura!

Os inscritos na prova do CPR...

publicado por MSA às 01:43
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Outubro de 2011

Pelas lendas das ilhas...

Mais um livro da BLU Edições...

publicado por MSA às 20:27
link do post | comentar | favorito

Pela igualdade...

Pela igualdade, mais uma iniciativa da UMAR-Terceira...

publicado por MSA às 14:11
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011

Parabéns, Afonso...

O nosso atento Afonso...

Uma mão cheia de anos, completa hoje o nosso Afonso. Petiz rijo, nado e criado nas Beiras, o Afonso - bem sério na foto, atento a um desenho... - tem um daqueles sorrisos francos, que habitualmente acompanha com uma gargalhada sonora e com um brilho constante nos olhos escuros. Com as saudades de quem tem, quase todo o ano, um mar pleno a separar-nos, fica um beijo especial de parabéns ao musculado sobrinho... Parabéns, Afonso.

publicado por MSA às 19:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Com água na boca...

quem disse que é preciso ser eleito?...

publicado por MSA às 16:45
link do post | comentar | favorito

Imagens de ternura...

Há uns meses, entre a Serreta e as Doze Ribeiras...

 ...numa partilha suave de carinho

Estas imagens foram captadas há uns meses largos, concretamente quando fotografava os concorrentes à Meia-Maratona dos Bravos (Serreta/São Mateus), em 2010. Já nem me lembrava delas.

Retratam simplesmente um momento de carinho, entre mãe e filho, que não se negaram a partilhar essa ternura comigo...

publicado por MSA às 16:28
link do post | comentar | favorito

A Passagem das Bestas (António Araújo)

A Passagem das Bestas from Antonio Araujo on Vimeo.

 

Ficha Técnica do Projecto:
Edição . Edition
ART - Associação Regional de Turismo

Textos . Texts
Armando Mendes, Oriana Barcelos, Luciano Barcelos, Luís Borges, Luiz Fagundes Duarte

Fotografia . Photography
António Araújo ©

Filme . Film
António Araújo

Edição . Edition
Michael Godinho

Narração . Voice Over
António Gonçalves

Música . Music
Antero Ávila

Design . Design
António Araújo

Tradução . Translation
Susana Melo Alves

Impressão . Print
Nova Gráfica

Agradecimentos . Special Thanks
Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Câmara Municpal da Praia da Vitória, Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, Dimas Costa, Elias da Costa, Hélio Nunes, João Ângelo, Montanheiros (Paulo Barcelos e José Maria Botelho), Gilberto Vieira, Basílio Simões e António Baldaya


Um sulco de história e labor...

Imperdível este documentário do António Araújo, a encabeçar uma lista de gente capaz, que soube pegar num assunto quase-banal, transformando a temática no que realmente~- e depois deste olhar atento... - ela é: mais uma assinatura temporal de uma terra rica em tradições e factores únicos. E estas relheiras são-no em abundância.

Fotografia fantástica, com enquadramentos que nos deixam a pensar e a magicar, e uma atenção ínfima aos pormenores e marcas do que esta passagem dos carros-de-bois pode evidentemente significar. Trata-se de um trabalho com um claro selo de qualidade, que devemos divulgar, apreciar e acarinhar. Para que outros se sigam, na mesma linha de excelência, imaginação e rigor.

Que bom ver a nossa terra assim (re)tratada...

publicado por MSA às 14:41
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

Pela Voz da Terceira...

Apresentadores em acção...

Foi no passado sábado, na vila das Lajes, que cerca de quatro dezenas de antigos funcionários e colaboradores do Rádio Clube de Angra se juntaram num convívio, que gerou uma aguardada oportunidade de recordar episódios e velhos tempos daquela estação emissora.

Num encontro visando restabelecer contactos e celebrar a amizade que sempre se colocou em antena, estiveram presentes os possíveis, lembraram-se muitos dos ausentes, saudaram-se nomes de glória em emissões de outrora e, basicamente, estabeleceu-se que esta será uma forma de manter o fio condutor entre tanta gente com uma paixão comum: a rádio, passada aos ouvintes pela “estação emissora CSB80, a voz da Terceira”. Porque é isso mesmo que a história já registou sobre o emblema agora sedeado na Avenida Tenente-Coronel José Agostinho, de memória uma instituição de grande importância para a ilha e para a região. Mesmo que agora lhe chamem estranhamente “a rádio” e que muitos dos apurados timbres ouvidos no sábado se percam pela imensidão de fitas e recortes já perdidos. O Rádio Clube de Angra está vivo e bem vivo…para os de hoje, para os de ontem e, espera-se, para os de amanhã…



Convívio Antigos Rádio Clube de Angra

publicado por MSA às 20:37
link do post | comentar | favorito

Açores e ralis…que futuro?

Foto do tetra-campeão Ricardo Moura...

Fotos: Ricardo Laureano

 

O título destas linhas pode parecer amplamente pretensioso, mas foi o único possível, dada a simplicidade extrema que é chamar à atenção para um facto e para as suas andanças futuras. Portanto, sem mais leituras, fica apenas uma reflexão sobre o que se passa – e se espera possa vir a passar-se… - em torno de uma modalidade que move multidões entre nós, que desperta grande atenção mediática – mais ou menos bem trabalhada e disponível… - e que agrega um sem número de organizadores e colaboradores, também num conjunto de clubes que, pelo trabalho até agora apresentado, vão granjeando bom nome para a região, onde todos sabem o automobilismo reina e os adeptos são, maioritariamente, conhecedores e entusiastas. A dois meses e meio do final de 2011, o cenário de 2010 repetiu-se a toda a escala: Um campeão absoluto anunciado e dominador – Ricardo Moura, que daqui a dias se deverá sagrar campeão nacional absoluto e que não tem rival à altura no momento actual -; a anulação da última prova do campeonato – antes Rali da Lagoa, agora quase-Rali de Outono -, à conta do Grupo Desportivo Comercial, numa situação que já nem é novidade; um patrocinador comum (a Fábrica de Tabaco Estrela) a quatro das seis provas realizadas – em 2010 apoiara três delas… -, que é também o sponsor dos três pilotos dos EVO9 que ocuparam o pódio absoluto final; a incerteza do que se passará no ano seguinte, pois se houve opções que resultaram (em 2011, pode apontar-se o “Open” que motivou o novo campeonato regional…), a apatia instala-se e as provas arriscam-se a perder interesse; o sucesso visível das competições secundárias (taças de ralis do grupo central, canal e Santa Maria), também apoiadas pelo já referido patrocinador, com custos de participação e organização mais acessíveis e que movimentam cinco ilhas em grande acção ao longo do ano; e o contraste milionário de termos na região uma prova internacional de gabarito – o SATA Rali Açores, pontuável para o campeonato IRC -, que catalisa toda a atenção e meios oficiais – leiam-se dinheiros governamentais… -, promovendo os Açores, mas atrofiando definitivamente o desporto automóvel na sua maior ilha, que se arrisca a ficar uns meses largos (uns oito ou nove…) sem competições oficiais. Entretanto, e nestas mesmas ilhas, faltam correr-se quatro provas de âmbito local – sabendo-se já que, na Terceira, serão cerca de 30 pilotos a animar a próxima -, mas os patrocínios e apoios para a maior parte das equipas escasseiam, e só o mais solidário amadorismo faz resistir dezenas de duplas, que fazem pela vida (e pelos pneus, e pela gasolina, pelos Hans e demais necessidades…) para praticar um desporto emocionante, mas caro, - e encarecido federativamente por licenças e taxas de vulto, sem o devido retorno de condições ou benefícios -.

O campeão das duas rodas motrizes em 2011, Carlos Costa...

Por outro lado – e analisando dados compilados pelo nosso colega Luís Pacheco, no site “Ralis Online”, a redução do número de
inscritos e participantes é uma tendência clara no Campeonato de Ralis dos Açores onde, de 2006 até este ano, se perderam cerca de 20 concorrentes por prova, o que representa uma média entre os 40 a 45%. Tal como em termos de buracos financeiros (conhecidos, saliente-se), parecemos ainda distantes da razia verificada no campeonato madeirense, outrora um feudo de grandes máquinas e equipas poderosas, mas nada como ter atenção aos factores negativos, para tentar contorná-los com novas soluções. Uma delas poderia passar pela existência de um patrocinador/parceiro do próprio campeonato principal, firmando-se algum tipo de acordo que minimizasse os custos com as (caras) passagens inter-ilhas e os transportes das viaturas. Parece uma miragem, mas nunca houve entendimento para tentar essa opção. Outra passaria pela tentativa de minimizar os elevados custos de policiamento das provas, sempre uma “fatia” de peso para as organizações e que tem motivado algumas angústias que tão bem conhecemos. Também a informação relativa ao campeonato poderia ser centralizada – e partilhada - de outro modo, demonstrando-se também por essa via uma real vontade de união por um certame mais apelativo e eficaz na sua função de elevar a modalidade. Por outro lado, as competições de âmbito local ganham adeptos e força a olhos vistos, num modelo que se iniciou na Terceira e que agora já se fala possa chegar a São Miguel. Há por isso um conjunto de dados a analisar e, certamente, vozes avalizadas com contributos para a questão. E a mesma é simples de colocar: Em 2012 teremos mais do mesmo nos ralis dos Açores, ou há vontade de evoluir, mesmo face às condicionantes enormes da crise financeira?
Por vezes, nem só o dinheiro manda no sentido das melhores opções…por isso, que os responsáveis caminhem também sobre elas.

 

Clubes reúnem-se na quarta-feira…

 

Com efeito, o momento actual dos ralis açorianos está em debate aberto. Assim, e reanimando um encontro que não acontece há alguns anos, os presidentes dos cinco clubes organizadores de provas na região vão reunir-se esta quarta-feira (dia 19), em São Miguel. Francisco Coelho (Grupo Desportivo Comercial), Gerardo Rosa (Terceira Automóvel Clube), António Pincho (Clube Asas
do Atlântico), Bento Leonardo (Clube Automóvel) e Ruben Macedo (Pico Automóvel Clube), serão intervenientes numa acção que poderá traçar um novo rumo da modalidade no arquipélago. Regulamentos, campeonatos, opções e possibilidades estarão em cima da mesa. Oxalá se aproveitem em pleno o diálogo e a capacidade inovadora de cada um dos emblemas…

publicado por MSA às 12:28
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Outubro de 2011

Manic Street Preachers - Empty Souls

publicado por MSA às 14:35
link do post | comentar | favorito

Entrevista António Lobo Antunes...

Uma conversa limpa de factualidades criadas, como tantas vezes acontece com as entrevistas às figuras públicas. O olhar e a voz de um homem deslumbrado com o que a vida (já) lhe deu e apavorado com que a vida nos faz passar. Da incompreensão às guerras, Lobo Antunes surge aqui como bem mais que o escritor irrascível ou o homem que esteve doente. Está sem maquilhagens estéreis de quem se alcandora a sevícias balofas e fala, livremente e até impune, da mesma forma crua e bela com que nos oferece palavras em folhas de coração. Vale a pena acompanhar...

publicado por MSA às 06:56
link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Outubro de 2011

"Perícias do Passado" amanhã...

José Vieira venceu no regresso das perícias à terra...

Tem início amanhã, a partir das 15h30, o Troféu “Perícias do Passado”, uma competição com quatro provas, a cargo da Olavo Esteves Competições, e que se vai correr em diferentes percursos do Centro de Desportos Motorizados da Praia da Vitória.

“A prova está aberta a viaturas normais e de competição, divididas por categorias para efeitos de classificação”, informou o organizador Olavo Esteves, sendo que “as inscrições para o troféu estão abertas, e para a prova podem ser feitas até uma hora antes do seu início”, avançou. As provas seguintes serão “a 13 de Novembro, 1 e 18 de Dezembro”, referiu ainda o empresário praiense, que espera “uma boa casa, de público e pilotos, para um certame que nasceu da homenagem a Floriberto Melo, e que vai prosseguir no próximo ano”, garantiu.

publicado por MSA às 11:02
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Outubro de 2011

Para uma breve reflexão...

publicado por MSA às 11:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terra Brava em imagens...

À vista este sábado, no Museu de Angra...

(Foto do cartaz: Miguel Bettencourt)

publicado por MSA às 10:55
link do post | comentar | favorito

Soul Asylum - Runaway Train

publicado por MSA às 09:27
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

Porque rir é o melhor remédio...

Cartaz do espectáculo deste fim-de-semana...

publicado por MSA às 17:30
link do post | comentar | favorito

“Team MV Sport” já tem T-Shirt oficial disponível…

O desenho criado pelo Bruno Rafael...

O “Team MV Sport” tem já disponível a t-shirt oficial da dupla Marco Veredas/Miguel Azevedo, que este ano corre com as cores da “RC-Automóveis” no Citroen Saxo Cup-grupo A.

 

Numa temporada que tem corrido de forma positiva – com a equipa a liderar a geral e a Formula 3 da Taça de Ralis Além Mar do Grupo Central -, esta é uma forma de também os seus apoiantes “ficarem com uma recordação das nossas participações em 2012”, referiu o piloto terceirense.

 

A criação gráfica “é da autoria do designer local Bruno Rafael, retratando a decoração original do Francisco Veloso, que usamos desde o Rali Sical”, disse ainda Marco Veredas.

 

Os interessados poderão encomendar e adquirir a t-shirt na:

 

COPITU 2 – Publicidade e Serviços, Lda.

Rua de Santo Espírito, 27

9700 – 178 Angra do Heroísmo

Telefone: 295 216 175

Email: geral@copitu.com

 

O preço unitário é de 10,50 euros, sendo a t-shirt proposta com base branca, cinzenta ou preta.

 A TShirt ficará assim...

  

A execução é na...

publicado por MSA às 01:11
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

A arte da Maria Ana...

Convite para a exposição da Maria Ana...

No sábado fica patente uma exposição da Maria Ana Simões, uma amiga em quem identifico a mesma forma calma e serena de observar o mundo que utilizo diariamente. Por certo nem tudo será pacatez nas formas e feitios a visualizar, mas estou curioso em descobrir mais sobre a formação, a imaginação e esta metamorfose que nos deixará conhecer...

publicado por MSA às 23:44
link do post | comentar | favorito

O remodelar da requalificação...

A baía de todos os encantos e promessas...

A requalificação/remodelação anunciada ontem pelo Secretário da Economia para a baía de Angra deixou-me que pensar, especialmente porque, nestas artes de palco da política, está visto que os actores se têm de sujeitar a tudo. O mesmo nos acontecendo, como eleitores e cidadãos, a quem não perdem uma oportunidade para chamar, digamos - e meigamente - menos inteligentes. Passo a explicar: A câmara de Angra - no tempo das vacas obesas e que já fugiram... -, do início de gestão de Sérgio Ávila apresentou um completo projecto de requalificação da baía e litoral da cidade, assente na marina - que estava quase pronta ou mesmo pronta...é que já nem sei -, mas que se ficou por uma parte da empreitada (zona de lazer e restauração envolvente, sustentação da falésia, abertura na rocha para o hotel, jardim dos Corte-Reais e a feliz criação na Praínha...tudo feito e acabado). Mas depois veio o desastre da intervenção no porto das pipas e, juro, nem a calçada se endireitou desde então. Daí que esta seja agora uma remodelação em cima dessa requalificação ambiciosa e inacabada. É visivel que o secretário da Economia/candidato a presidente do governo veio às pressas anunciar a iniciativa, no arranque da sua campanha pessoal à conquista do coração dos açorianos, e numa clara má partida rumo ao embate de 2012. Facilmente outro mote o teria feito cair nas graças de muita gente, mesmo não sendo na Terceira.

Acrescento apenas que, de derrapagens financeiras à beira mar plantadas, também há excelentes memórias por estes nossos rochedos...

publicado por MSA às 17:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 11 de Outubro de 2011

Angra, Berço de Tradições...

A imagem das Sanjoaninas de 2012...

As origens de Angra, como porto de abrigo e como centro de influências e costumes, no criar de tradições que perduram pelos tempos. Esta foi a ideia base para o tema das festas Sanjoaninas 2012, apresentado esta manhã nos Paços do Concelho, num abrir madrugador do sorriso para os dias de alegria que junho do próximo ano irá receber. “Angra, Berço das Tradições” vai também criar um elo de séculos da influência que essa faceta geradora e receptiva da cidade tem na sociedade de hoje. No fundo, e quando cada vez mais é difícil captar a originalidade para dar o mote às festividades, apostou-se novamente numa ligação etérea desta terra, de gentes e cores variadas, talvez numa amálgama de sentidos que a cidade cada vez mais vai perdendo, mas que se salva nas dez manhãs, tardes e noites de folia e convívio…

 

A comissão presidida por Isabel Mendes avançou assim a imagem das festas do ano que vem, isto passados apenas cinco meses das Sanjoaninas 2011 – e numa lógica de tempo que cada vez mais se compreende, pois é necessário divulgar e vender o evento o quanto antes… -, numa aposta visual mais bem pensada que conseguida, mas que é original e vai no sentido da reorientação pretendida para o certame, que tem sido feita pela auscultação anual do público, aproveitando as novas tecnologias, e já com a garantia de que a estrutura habitual se manterá, com a concentração das tascas e restaurantes apontada para o “Bailhão”, onde os vários concertos reafirmam o modelo iniciado em 2010. 589 mil euros é o orçamento estipulado, assumindo-se uma redução de 6% ao anterior e os critérios de rigor que têm sido propalados desde a integração visível das festas na empresa municipal de entretenimento.

 

revelados foram três dos nomes nacionais do figurino musical que animará Angra entre 22 e 30 de junho de 2012. “Zeca Sempre” – o projecto que junta nomes como Olavo Bilac e Nuno Guerreiro numa homenagem à voz da liberdade de Zeca Afonso -, “Mickael Carreira” – o cantor de multidões e delírio de adolescentes e afins -, e “Aurea” – a revelação portuguesa de 2010, cada vez mais uma certeza do nosso firmamento musical, com timbres de vedeta internacional e talento de sobra -. Em traços ainda muito largos, isto é o que já sabemos vamos poder gozar e aproveitar nas festas desta nossa cidade de alegria, daqui por oito meses e meio, quase o tempo de uma gestação…

Aspecto da apresentação desta manhã...


publicado por MSA às 13:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 10 de Outubro de 2011

João Luz, um grande exemplo.

João Luz, um exemplo de coragem...

João Luz é um experiente navegador de ralis e todo-o-terreno, infelizmente conhecido do grande público pelo grave acidente que teve com Carlos Sousa num "Dakar" de há alguns anos, e que o deixou agarrado a uma cadeira de rodas...e simultaneamente agarrado à vida de forma firme e partilhada, conforme se constata na "Reportagem SIC" abaixo reproduzida.

A respeito deste corajoso algarvio recordo uma breve passagem, num parque de assistência de um Rali do Algarve, isto já depois do acidente em África, e quando o mesmo correu essa prova - salvo erro - com o madeirense Alexandre Camacho. Eu estava próximo do carro, quando chegaram junto aos mecânicos e o piloto saiu de imediato. De dentro do Citroen Saxo, ouviu-se então o João Luz, referindo-se à sua cadeira de rodas com grande piada: "Então? Ninguém me traz a minha viatura?"...

 

publicado por MSA às 11:06
link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Outubro de 2011

Dave Douglas & Brass Ecstasy - This Love Affair

publicado por MSA às 19:49
link do post | comentar | favorito

Poema para o dia 8 de outubro de 2011

TERRA DE SOMBRAS (António de Sousa)

 

Nenhum de nós! - Outro que vem? - AQUELE!

- Seu nome? - Fora o meu, se lho soubera...

Só lhe sei o sorriso desigual

numa boca subtil que diz: Espera!

.

Mas não sei - nem sabeis - se é bem ou mal

ouvi-lo; ter, ao dobre dos seus passos,

suspenso o coração de amor fiel

e lágrimas de amor nos olhos baços.

.

Ontem, foi só por ele que nasci?

E amanhã, saberei porque vivi,

se nos for o viver seguir-lhe os rastos?

.

Boca selada, frio espelho de água...

- Irmãos! Porque é só minha a nossa mágoa,

se somos - eu e vós - lama dos mesmos astros?

 

in "Ilha Deserta"(1954)

publicado por MSA às 14:52
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 7 de Outubro de 2011

David Bowie - Changes (Live)

publicado por MSA às 14:01
link do post | comentar | favorito

A décima raça portuguesa...

e esta é mesmo só nossa...

publicado por MSA às 12:26
link do post | comentar | favorito

O nome do cão.

e de filme...

 

O "Tabu" era o cão da nossa vizinha Clarinda, aí há uns bons 30 anos. Um rafeiro já velhote, mas corajoso na hora de arreganhar os dentes perante as dificuldades da vida. E via-se que tivera algumas antes de ser acolhido por ali. Apesar da sua aparente irritabilidade foi sempre um cão manso e afável, até que a idade avançada o fez mesmo perecer. Vai daí e, pela vida fora, fiquei sempre sem perceber porque raio, e quando um político teima e embirra em não revelar durante meses aquilo que toda a gente sabe que ele vai fazer, vem à baila o nome do cão...

publicado por MSA às 12:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
17
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Valparaiso with Phoebe Ki...

. Todos a Mortágua!

. E o Dragão (re)aquece...

. II Gala Planeta Mulher

. As crónicas do Marcos, em...

. 39º Rali Ilha Lilás/Além ...

. Pousio.

. Rego vence rali de emoçõe...

. #4 Especial Rali 39º Rali...

. 39º Rali Ilha Lilás: Rumo...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds