Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Sábado, 30 de Abril de 2011

Passagens...

O tempo passa, o tempo muda...

Num regresso calmo mas ansioso à tábua da vida e à partilha dos sentidos.

Porque em tempo de mudanças ou adaptações há-que olhar o sol e pedir licença às nuvens para uma brecha de atenção. Para um preparo de afectos. Para uma dedicação que não aparece. Para dividir coisas poucas por muitas existências...

 

Porque o tempo passa. Porque o tempo muda. 

publicado por MSA às 16:51
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Abril de 2011

On Vacation...

publicado por MSA às 10:48
link do post | comentar | favorito

(Ainda) On Vacation...

...

publicado por MSA às 09:36
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Abril de 2011

On Vacation...

...

publicado por MSA às 10:48
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Abril de 2011

On Vacation...

...

publicado por MSA às 10:47
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Abril de 2011

On Vacation...

...

publicado por MSA às 11:46
link do post | comentar | favorito
Domingo, 24 de Abril de 2011

On Vacation...

Pois pois...

Antecipando a comemoração da Liberdade que, ironia das ironias, não irá acontecer em Angra do Heroísmo e na Praia da Vitória - urbes de cultura e valores inestimáveis, onde se comemora tudo e mais alguma coisa... -, venho desejar um santo domingo de Páscoa a todos os passantes deste destino comum, esperando que o mesmo assente nos melhores valores e atitudes.

 

Este espaço, pelo menos por uns dias, vai inciar um período de "pousio", possivelmente antecipando uma posterior - e talvez definitiva... - colheita de todo o seu conteúdo.

 

Tal como a atrasada Primavera que este ano se vive por aqui, também a vontade de escrever e opinar vai tardando em dar um arzinho da sua graça. Ou, se calhar, foi-se...

publicado por MSA às 04:20
link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Abril de 2011

Citroën C4:Design de campeão…

Citroen C4...

Quando ouvimos a música “Call Me The Breeze”, de JJ Cale, facilmente percebemos porque há-de um grupo de ciclistas perseguir um automóvel de semáforo em semáforo. O tema do autor norte-americano, que compôs também sucessos para Eric Clapton, oferece um som marcante ao anúncio do Citroën C4, e retrata na perfeição o “Positive Power” que a marca do “Double Chevron” idealizou para este seu modelo inovador.

Com efeito, o Citroën C4 ganhou o título de "Carro Mundial do ano em Design’2006", um prémio concedido pelo grupo norte-americano Midway, durante o Salão Internacional do Automóvel de New York. Seria apenas o primeiro passo de um carro que singrou na sua categoria e que se revelou como uma fórmula consagrada de design. Futurista quanto baste, inovador em larga escala, mas terreno e linear, tal como precisamos de um companheiro motorizado para o dia-a-dia. O C4 acrescenta a isso um leque fabuloso de emoções vividas, a que não está alheio o seu cunho desportivo, afinal falamos do modelo com que Sebastien Loeb dominou os ralis do WRC entre 2007 e 2010, anos em que novamente se sagrou campeão do mundo da especialidade.

Attraction, Seduction e Exclusive são as linhas de escolha, com múltiplas opções de motor, do 1.4 a gasolina ao potente 2.0 Hdi de 150 cavalos, bem acompanhados por caixas de 5 e 6 velocidades, uma delas pilotada e extremamente rápida no manuseamento. A versatilidade anda de mãos dadas com o C4, um carro com espaço para tudo e todos, com alma de campeão e justas referências no plano técnico, que lhe vão guardando os maiores elogios.

Desde o automóvel familiar de cariz desportivo até à Grand Picasso, com passagem pelo intermédio Picasso, o Citroën C4 é mesmo uma oferta ímpar. Único e positivo, tal como diz o anúncio, perfeitamente musicado por JJ Cale…

 

(Texto escrito para a "Motor View Magazine" - Fotaçor - de Abril/11)

 


 

publicado por MSA às 22:10
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Abril de 2011

30º Rali Sical: Video "onboard" PE5

publicado por MSA às 03:42
link do post | comentar | favorito

30º Rali Sical: "Participar na festa é que é!"

Na curva do Farol...

Fotos: Ricardo Laureano

 

Estar por dentro de um acontecimento como o 30º Rali Sical seria, por si só, motivo de contentamento. Quer pudesse fazê-lo em apoio à organização e visando a parte social do rali – como de há seis anos a esta parte -; na cobertura online da prova – como nos últimos quatro anos –; ou até relatando depois os factos da mesma, o que até acabou por acontecer. Mas desta vez a coisa fiou mais fino e, graças ao convite para a época feito pelo Marco Veredas, o Rali Sical foi a minha estreia num certame do campeonato açoriano da especialidade, e logo para navegar um piloto com cartas dadas e reconhecido pela extrema rapidez e agressividade ao volante. O nono lugar da tabela final, alcançando a quarta posição na Formula 3, categoria onde estivemos sempre nos lugares cimeiros, - rodando mesmo em segundo na fase inicial do certame -, acabou por ser um final merecido para uma actuação com alguma limitações, mas onde o ambiente vivido a bordo do Citroen Saxo Cup com as cores da “RC-Automóveis” se pautou pelo entendimento e plena diversão.

Na Serra da Ribeirinha...

O rali foi corrido a um ritmo elevadíssimo, e isso comprova-se facilmente com os tempos alcançados, onde os F3 estiveram em grande destaque. Pilotos como Artur Silva – merecidíssimo vencedor da categoria -, Henrique Moniz, Carlos Costa, César Silva e restantes contribuíram para uma jornada em grande. No nosso caso particular, e conforme prevíamos, a utilização de uma caixa de velocidades com uma relação mais curta que a habitual no Saxo do Marco, acabou por ser uma dificuldade acrescida em grande parte do rali, pois o carro tinha pouca velocidade de ponta e perdemos algum tempo com isso. Assim mesmo o resultado foi extremamente positivo, e contra factos não há outros argumentos: a concorrência esmerou-se e isso só valorizou a generalidade das prestações.

A título pessoal senti que assim também pude evoluir de algum modo no papel de navegador, até porque os troços não eram de todo fáceis, e mais que o “cantar” das notas há toda uma gestão do tempo e da disposição “onboard” que pode e deve caber ao homem do lado direito. Felizmente tenho tido a sorte de andar com pilotos talentosos, bem como de ter vários amigos com muita experiência que, na hora de dar qualquer conselho, também frisam que o cunho pessoal conta muito. E não haverá como tentar aprender com os melhores!

Parabéns ao TAC, à Sical, e a toda a envolvência de um grande rali, que foi uma festa dos automóveis em todos os sentidos, e como na Terceira tão bem se sabe viver…

No pódio final...

publicado por MSA às 03:04
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Abril de 2011

Testes Porsche "Licas" Pimentel...

publicado por MSA às 10:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

Rali Sical…30 anos e a nostalgia

Tiago Costa venceu o Rali Sical em 1986...

Foto: Ricardo Laureano/RL photo

 

A ilha lilás vivia ainda as amarguras do sismo de 1980 quando, por intermédio do então presidente do Terceira Automóvel Clube (TAC), Carlos Soares, se estreitou o contacto com a firma “Monteiro & Zeca” (mais tarde “Açoral”), que representava entre nós o café Sical - marca que viria ainda a marcar presença nas camisolas do Lusitânia, tanto no ciclismo como no futebol - que, em termos de ligação desportiva, iniciaria em 1982 uma junção que não mais teve fim. E “Sical” passou a ser bem mais que uma marca de café para os amantes dos automóveis e da emoção na estrada, passou a ser nome de rali, passou a ser brincadeira de crianças, passou a ser uma referência obrigatória para uma modalidade que singrou como rainha nesta terra de bravos e de coragens.

À frente de um toiro, bailando uma marcha ou ao volante de um carro de ralis, os terceirenses vivem tudo fervorosamente, pelo que este namoro de 30 anos parece ainda jovem e colorido, afinal mudaram-se os tempos, os automóveis, as próprias estruturas das provas e o TAC tornou-se um clube de grande dimensão e prestígio. E, nesse período de tempo, também o “Sical” se afirmou com lotes cada vez mais competitivos e participados, sendo ainda hoje o recordista regional de participações (com várias edições acima das 60 equipas), bem como no número de vitórias por um mesmo piloto, graças aos treze triunfos de Gustavo Louro, o grande ausente da prova deste ano.

Seria exaustivo traçar aqui uma recordação conjunta das 29 edições já corridas de um rali com nome feito, pelo que apenas se poderá avivar a memória de alguns, confirmar o conhecimento de outros, e ensinar aos mais novos que isto dos ralis tem muito (mais) que se lhe diga. Quer em termos económicos, quer na potente valência social de um acontecimento que paralisa uma ilha inteira, sendo observado e apreciado por milhares de adeptos, e participado por mais de uma centena de concorrentes federados, aplicados e logicamente muito saudados desde a berma das rápidas estradas que são leito para as classificativas que lhe foram escrevendo a história. Daí que fiquem para a posteridade a vitória do Citroen Visa Super X – então o carro mais fraco do plantel e com a novidade de um tracção à frente a triunfar… - de Joaquim do Carmo (1982); a luta aziaga entre os VW Golf GTI de João Pedro Freitas e João Gabriel Martins – com este último a celebrar um triunfo que incorria em erro… -, cuja vitória só se encontrou de manhã (1985); o festejo solitário de Manuel Dias – depois de um rali em que era um favorito impensável… - após uma segunda etapa de luxo com o Renault 11 Turbo (1990); o início da “era” Gustavo Louro – com o veloz Renault 5 GT Turbo a vencer na estreia do jovem piloto de apenas 19 anos… (1993) -, que assinaria 12 triunfos consecutivos até ceder à vinda de Fernando Peres para o campeonato açoriano (2005); a vantagem ínfima com que Louro regressou ao primeiro lugar (2006), levando o Subaru Impreza N12 a apenas 9 décimas de segundo de diferença para o segundo da tabela; e a abertura do “ciclo” Ricardo Moura - já depois de Peres ter ganho o “Sical” em duas ocasiões -, este a desembocar numa realidade única para o mais alto do pódio de que, muitas vezes, padecem os campeonatos. Nos Açores, é isso que hoje se vive, sem que tal retire méritos, apenas acrescentando emoção à luta pela segunda posição na estrada, este ano ainda mais enfatizada pela falta de Louro.

Num breve (re)passar de milhares de quilómetros de lutas intensas e bonitas imagens, faltará citar ainda os nomes de Carlos Nunes “Giga” (1983), Tiago Costa (1986), Luís Pimentel (1987), Carlos Alberto Costa (1988), José Eduardo Silva (1989), Carlos Manuel Costa (1992) e Luís Rego (2007) como os restantes vencedores à geral de um rali que, desde 2002, passou ainda ter a companhia esperada dos VSH para, quatro anos depois, também os Clássicos se juntarem à festa, que este ano engloba essas duas vertentes da caravana numa única categoria “Open”. Hoje, como há trinta anos atrás, o Rali Sical é sinónimo de emoções na estrada, pelo que se aguarda novamente uma “bica” ou “cimbalino” servidos em corte espumoso e bem doce…afinal este café sabe mesmo a rali!

publicado por MSA às 01:20
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

Tinha de dizer isto...

Um blogue com conta, peso, medida e bom ar...

" Michael, bem sei que a tua formação informática leva naturalmente à boa divisão de conteúdos e a uma forma clara de os apresentar. Mas, neste teu "One More Shoot", juntas isso a um bom gosto claro e a um prazer fluido para quem, dia a dia, consulta e aprecia o espaço.

Por essas razões, e não só, parabéns.

Um abraço "

publicado por MSA às 02:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Gotan Project - Best Tango.

publicado por MSA às 02:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 11 de Abril de 2011

M.Veredas/M.Azevedo apresentaram Saxo Cup...

A equipa e o patrocinador...

A equipa Marco Veredas/Miguel Azevedo apresentou sexta-feira à noite, no bar “A Estiva”, o Citroen Saxo Cup com as cores da “RC-Automóveis”, que este ano vai alinhar nas provas terceirenses do campeonato dos Açores de ralis e na taça de ralis do grupo central.

A animada actuação dos RAM...
Numa noite animada, e que contou com a actuação dos “RAM – Rock After Midnight”, uma banda terceirense formada por músicos experientes e que vai dando cartas na “movida” local. A cerimónia foi apresentada pela jornalista Dulce Teixeira.
Para Marco Veredas, este será um ano “para encarar com um ritmo vivo, mas também a pensar no resultados, pelo que já no Rali Sical esperamos obter uma boa classificação ao nível da Formula 3, mesmo sabendo que o plantel é novamente muito forte”, afirmou.
O piloto de Angra agradeceu “o apoio da RC-Automóveis para esta época, e a todos quantos colaboraram para que o carro estivesse pronto para a apresentação, como o Francisco Veloso, o António Pires e o incansável pessoal da Copitu-2”, não esquecendo “a festa proporcionada pelo bar A Estiva e a actuação dos RAM”, referiu.
O navegador-jornalista Miguel Azevedo vai estrear-se em provas do campeonato dos Açores e assume que “é uma responsabilidade acrescida acompanhar um piloto de créditos firmados mas, dentro do carro, a calma e a concentração serão trunfos para uma prova que queremos seja positiva para a equipa”, afirmou.

Patrocinadores e colaboradores. Obrigado a todos...

publicado por MSA às 13:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Ops! Parabéns.

O bolo dos sete aninhos...

Quase me passou em claro que este espaço tinha completado sete anos no passado sábado. Com efeito, o tempo passa a correr e, nem em dia de comemorar, me lembrei da data. Afinal sete primaveras ainda são um bom pecúlio. Ou não?

O certo é que aqui o blogue anda meio irregular no que tocas aos conteúdos, mau grado pela "concorrência" das redes sociais, e muito possivelmente porque a vontade de opinar ou partilhar nem sempre escolhe as melhores horas para surgir. E não, não tenho, nem terei brevemente, internet no telemóvel...

A acrescer à data reparei que tinha sido ultrapassada a barreira das 450 mil visitas, continuando a média diária de duas centenas e uns pózinhos a satisfazer o autor de uma localização que, também em abono da verdade, já terá tido mais razão de exisitir.

Seja como for, e para já, este Porto das Pipas não cairá em desgraça...e nunca mais arranjam o outro de vez...

publicado por MSA às 03:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 10 de Abril de 2011

Madonna - American Life

publicado por MSA às 03:23
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Abril de 2011

The last game...

O Luisitânia/EXPERT tem amanhã o último jogo da fase regular...

publicado por MSA às 01:40
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Abril de 2011

Esteticistas no Teatro...

Maria Rueff e Ana Bola em Angra...

publicado por MSA às 12:14
link do post | comentar | favorito

Autocarro "Sical" dá nas vistas...

Autocarro da Sical dá nas vistas...

Fotos: Ricardo Laureano

 

Quem passasse ontem junto à sede do Terceira Automóvel Clube, ainda poderia julgar estar em Londres...mas não. O autocarro que a Nestlé Portugal enviou à ilha lilás no âmbito da promoção para o 30º Rali Sical urdia a ilusão, e o certo é que está já a ser o centro das atenções na semana que antecede a prova festiva.

O original veículo, decorado a preceito, vai participar activamente na divulgação do rali, antevendo-se passatempos, viagens com crianças e um bom convívio, afinal o piso inferior da viatura está equipado para que se saboreie o único café que sabe a rali há trinta anos. Uma ideia original, bem na senda das anteriores operações de marketing que a marca lusa estabelecu na Terceira por alturas desta já tradicional competição, há muito feita acontecimento social.

Como em outra épocas, e mesmo correndo o risco da confusão com o aroma do café...na Terceira, já cheira mesmo é a rali!

E já cheira a rali na Terceira...

publicado por MSA às 11:37
link do post | comentar | favorito

Veredas/Azevedo/Saxo Cup n' "A Estiva"...

As novas cores do Saxo Cup...

(Criação: Francisco Veloso/Copitu2)

 

A equipa Marco Veredas/Miguel Azevedo apresenta hoje, no bar “A Estiva” (Porto das Pipas), as novas cores do Citroen Saxo Cup com que vão alinhar à partida do 30º Rali Sical.

Tudo se vai passar durante uma noite, “que se quer animada, e onde esperamos juntar amigos e adeptos dos ralis num dos mais movimentados locais de diversão nocturna da cidade de Angra”, avança o piloto.

A aposta da dupla para 2011 passa “pelas provas do campeonato dos Açores corridas na Terceira, bem como pela participação integral na taça de ralis do grupo central. Será com esses objectivos que preparamos a temporada”, acrescentou Marco Veredas.

A noite será ainda preenchida com a actuação dos “RAM – Rock After Midnight”, uma banda terceirense formada por músicos experientes e que tem dado cartas na “movida” local.

A equipa Marco Veredas/Miguel Azevedo endereça assim um convite público para o evento, onde a música se vai juntar ao pessoal dos ralis...

Música e ralis de mãos dadas...

publicado por MSA às 01:47
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Abril de 2011

Forcados recordam companheiro...

Daqui a uma semana arranca época taurina de praça na Terceira...

publicado por MSA às 11:37
link do post | comentar | favorito

Coração a azul-e-branco...

Imagens que já se vão repetindo...também no Dragão...

O 25º título de campeão nacional pelo Futebol Clube do Porto começou a desenhar-se, e é justo referi-lo, no início da época, e quando o super-poderoso e favorito vencedor da pretérita temporada – sobre a qual me abstenho de fazer comentários – desenvolvia um futebol sofrível ao qual os dragões respondiam com vitórias e a construção de uma nova marca em campo, intimamente ligada à filosofia que Jesualdo Ferreira imprimiu aos diferentes grupos de trabalho orientados em quatro anos consecutivos. O mote para o sucesso actual foi, mais uma vez, criado pela genialidade e visão do presidente Pinto da Costa que, ao contratar o muito jovem André Villas-Boas para timoneiro de uma nau sedenta de triunfos, “matou” dois problemas de uma só vez. Primeiro porque soube renovar ânimos e imprimir uma vontade assente em diferentes métodos e motivações, e depois porque o maior rival na liga portuguesa logo desmereceu os curtos créditos do novato técnico, entrando o seu próprio “mister” pelo fácil mas ruinoso caminho do confronto verbal – para o qual não está minimamente talhado… -, quando em campo se adivinhava quem jogava melhor futebol. Qualquer que fosse a previsão dos videntes de serviço ou quaisquer que fossem as notas artísticas de cada exibição. A festa de domingo, com o mau perder associado a um jogo que quase resumiu a temporada em meia dúzia de lances, deu razão a quem a tinha e, por difícil que seja de engolir à lusa pátria, deu razão a Pinto da Costa pela aposta arrojada de escalar um treinador ambicioso, estudioso, adepto da evidência do bom futebol e, acima de tudo, destacado positivamente de uma instalada plêiade que se arrasta em torno do desporto-rei nacional, nem sempre de mãos dadas com a qualidade. E isso, Villas-Boas tem de sobra…

Sou portista desde pequeno, arrisco mesmo desde o tempo da televisão a preto-e-branco, do início da era vitoriosa dos anos 80, numa vontade assente nas histórias de Artur de Sousa “Pinga”, Acácio Mesquita, Valdemar Mota - os três diabos do meio-dia, como ficaram conhecidos… - e demais estrelas da Invicta que o meu avô Fernando me contava com pormenor após passagens fulgurantes de saudade pelo Estádio do Lima

Ainda há algumas semanas, por alturas do ano novo, passei como de costume no velhinho campo da Constituição – onde orgulhosamente se fixa a antiga placa do “Foot-Ball Club do Porto” -, e por lá apreciei o final de uma das tardes da captação jovem para a equipa da cidade. Depois equipa da região. E cada vez mais equipa de um país, que tem levado longe a sua ambição de vitória e criteriosa gestão. Na última dúzia de anos perdi a conta a quantos jogos assisti no Estádio das Antas e, já em menor quantidade, no imponente Dragão, sendo que certa é a presente emoção em cada hora de entrada, em cada hino cantado, em cada golo festejado em família ou simples amizade.

E mais certo ainda é que cada triunfo do Porto me traga sempre à memória um afago meigo de umas mãos fortes. E um lenço de pano muito lavado com um cheiro intenso a lavanda. Por vezes o meu avô passava-mo na cara para que lhe sentisse o perfume…esse mesmo que desceu, e se fixou, num coração a azul-e-branco…

 

publicado por MSA às 01:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

Táxi!

publicado por MSA às 17:22
link do post | comentar | favorito

Demonstração Lusitânia/EXPERT...

Amanhã, na Praia da Vitória...

A equipa senior de basquetebol do Lusitânia/EXPERT realiza amanhã uma demonstração da modalidade no parque de estacionamento do "Fórum Terceira", na Praia da Vitória.
A iniciativa tem início pelas 15h30 e insere-se "na presença constante que tentamos levar a cabo da nossa equipa com a população e os adeptos, neste caso associada ao nosso principal patrocinador", disse fonte lusitanista.

Segundo os responsáveis pelo clube, "essa interacção foi conseguida junto das escolas e em outras acções com o público, que pensamos valorizaram uma época difícil mas que está prestes a ter um desfecho positivo".
Recorde-se que o Lusitânia/EXPERT defronta no domingo, pelas 16h30, a equipa do Vitória de Guimarães, naquela que é a derradeira partida da fase regular da Liga Portuguesa de Basquetebol.

publicado por MSA às 15:45
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

O video dos campeões...

publicado por MSA às 05:10
link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Abril de 2011

Campeões! Campeões!

Hulk...um dos nomes do título!

"71 anos depois, o Futebol Clube do Porto alcançou o título no Estádio da Luz...!"

 

Em 1940, dois golos de Artur de Sousa "Pinga" deram o título aos azuis-e-brancos emplena cada dos principais rivais.

Em 2011, sob as ordens do jovem André Villas-Boas, o Porto de Hulk, Falcão, Varela e Belushi sagrou-se uma vez mais campeão. O lance decisivo da partida mostrou a estrelinha de campeão da melhor equipa do campeonato e a arbitragem atabalhoada não impediu a vitória dos dragões!

Porto, clube de uma cidade de emoções e lembranças. Meu Porto, clube de corações orgulhosos e de momentos de glória. Porto, de novo campeão! E de novo aquele arrepio nos percorre o corpo...

 

Allez, Porto, Allez !!!

publicado por MSA às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 2 de Abril de 2011

R.E.M. - ÜBerlin

publicado por MSA às 15:57
link do post | comentar | favorito

Tempos de Portugal...

Sócrates pensa...logo existe.

Estou há algumas semanas - a par de alguns trabalhos que me vão ocupando mais o tempo - bastante silencioso no que toca a exprimir opiniões, concretamente pelos múltiplos acontecimentos que, hora a hora, vão dando cor à actualidade política deste cinzento Portugal. Mesmo se isso não é nenhuma obrigação, e nem tão só me outorgo nesse papel como prioritário de audição ou leitura.

Pelos Açores tudo reina com a paz e sob a asa de César. É verdade, há dinheiro a rodos, pouco desemprego e muito empreendedorismo latente nas ilhas de bruma, que até prometem deixar de vez as neblinas para adoptar um permanente sol radioso, não existindo assim motivos para preocupação, o certo que lá pelas bandas da capital demitiu-se o primeiro-ministro e haverá eleições antecipadas a 5 de Junho. Bem vistas as coisas este curto resumo já enche umas linhas e salva-nos de grandes reflexões num sábado à tarde em que, por acaso, o sol brilha sobre Angra, dando razão ao que acima enunciei sobre o clima futuro no arquipélago...

Assim sendo, e atendendo a que há uma classe bem paga - embora queixosa das diferenças salariais face ao sector privado, para onde migra em velocidade de cruzeiro e quantidade... - para resolver essas questões, e sobre a qual pouco me importa que queime os fins-de-semana a tentar arranjar "soundbites" e medidas avulsas para esfregar nas páginas de jornais e noticiários dos sete dias seguintes, vou é aproveitar o bom tempo. Acho que é disso mesmo que precisamos. Aproveitar o que ainda há...que isto está pelas pontas.

 

PS-Há segundos a RTP-1 anunciou uma entrevista exclusiva com o ex-seleccionador nacional de futebol Carlos Queiroz, que vai "abrir o livro". Mais um...

publicado por MSA às 15:45
link do post | comentar | favorito

Revitalizar cidades...

Mais uma acção visando a requalificação urbana...

publicado por MSA às 11:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 1 de Abril de 2011

Fado nas Doze... (amanhã)

Uma opção diferente para o serão na zona oeste...

publicado por MSA às 11:40
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
16
30
31

.posts recentes

. Reportagem Faz Acontecer ...

. Assembleia Geral (RCA)

. Especial Sprint da Rivier...

. ES da Riviera amanhã (DI)

. Faz(er) Acontecer...

. Vodafone Rally de Portuga...

. Clássicos nos 42 anos do ...

. Entrevista Ana Gomes (Nas...

. Jantar Solidário.

. Artur Silva regressa na E...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds