Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

31.Mar.10

Rali de Portugal: Recordar é viver...

O

Serão cerca de vinte as viaturas clássicas a animar as especiais do Algarve e do Baixo Alentejo, no intervalo das passagens da prova portuguesa do WRC, o “Vodafone Rally de Portugal”, jornada que se realizará entre 27 e 30 de Maio pelas mãos do “ACP-Sport”, e que assim contará com mais um motivo de atracção, bem como com uma forte “ajuda” para que o público não se desloque de troço para troço. De facto, os espectadores nos dois últimos dias de prova quase não terão tempo para descansar em termos de emoções, pois a primeira edição do “Rally de Portugal Revival” vai juntar carros clássicos, com data de construção até 1982, exceptuando-se apenas os modelos de tracção às quatro rodas, mas que evoluirão entre as duas passagens dos concorrentes participantes ao WRC, dando assim continuidade ao elevado grau de espectacularidade do evento. Nesta sua primeira edição, o “Rally de Portugal Revival” deverá ter cerca de duas dezenas de concorrentes - até porque o intervalo entre as duas passagens limita o número de inscritos - sendo certo que será possível ver os melhores pilotos nacionais da categoria frente a nomes estrangeiros com palmarés firmado naquele tipo de competição, todos em carros que marcaram épocas importantes dos ralis mundiais, como os Ford Escort RS, os Fiat 131 Abarth ou até os Lancia Stratos, entre outros.
Do programa desta prova “extra” já se sabe que as verificações técnicas estão previstas para quinta-feira (27 de Maio), e que nesse mesmo dia os participantes farão o “Shakedown”, disputando de seguida a primeira Super-Especial, no Estádio do Algarve, num horário que antecederá o dos participantes do WRC. A sexta-feira será preenchida com o reconhecimento das classificativas, e o segundo dia de prova terá o seu início pelas 09h55 de Sábado (dia 29), com uma única passagem pelos troços de Almodôvar, Vascão e S. Brás de Alportel. No último dia de competição (Domingo, 30 de Maio), a partida está prevista para as 07h50, disputando os concorrentes as classificativas de Felizes e Loulé, concluindo a sua actuação com nova passagem pela Super Especial do Estádio, tal como no primeiro dia antes dos concorrentes ao evento do WRC. É caso para se dizer que também de recordações se fará o Rali de Portugal deste ano…e ainda bem que assim é.

O Escort RS será uma das presenças certas...

30.Mar.10

Um Poema para o dia 30 de Março de 2010.

FONTE (Herberto Helder)

 

Ela é a fonte. Eu posso saber que é
a grande fonte
em que todos pensaram. Quando no campo
se procurava o trevo, ou em silêncio
se esperava a noite,
ou se ouvia algures na paz da terra
o urdir do tempo ---
cada um pensava na fonte. Era um manar
secreto e pacífico.
Uma coisa milagrosa que acontecia
ocultamente.

Ninguém falava dela, porque
era imensa. Mas todos a sabiam
como a teta. Como o odre.
Algo sorria dentro de nós.

Minhas irmãs faziam-se mulheres
suavemente. Meu pai lia.
Sorria dentro de mim uma aceitação
do trevo, uma descoberta muito casta.
Era a fonte.

Eu amava-a dolorosa e tranquilamente.
A lua formava-se
com uma ponta subtil de ferocidade,
e a maçã tomava um princípio
de esplendor.

Hoje o sexo desenhou-se. O pensamento
perdeu-se e renasceu.
Hoje sei permanentemente que ela
é a fonte.

28.Mar.10

Um "Incrível" regresso...

Hulk brilhou na noite do regresso...

Et voilá! Hulk, o jogador que não fizera qualquer falta ao Futebol Clube do Porto nos cerca de 15 jogos em que esteve indevidamente suspenso regressou hoje à equipa. Como jogador insignificante na estratégia azul-e-branca, e pese embora se jogasse contra uma das pior apetrechadas formações da Liga - o Belenenses -, o "Incrível" apenas marcou um golaço e esteve directamente nos outros dois, apontando o livre para Rolando no 0-1 e cruzando com peso e medida para Falcão no 0-3. Apenas e tão só...

Parabéns a Luisão por ontem novamente ter feito um golo que decidiu um título - o segundo em seis anos, penso eu...-, pena que não seja apenas com a ajuda dos seus companheiros de campo que o irá festejar. E tenho dito.

26.Mar.10

Eleições em tons de laranja...

Pedro Passos Coelho, um olhar diferente para o futuro...

O PSD vai hoje a votos. Pela terceira vez, salvo erro, será através de eleições directas, onde os militantes habilitados para tal exercem o seu direito de voto, que pela meia-noite se saberá quem toma os destinos de uma força partidária que, a meu ver, retrocedeu com a recente liderança de Manuela Ferreira Leite. Pelo simples facto de não haver a mínima empatia entre a dita senhora e o eleitorado, muito dele até afecto ao PSD. E a prova é que, nem num cenário quase dantesco de crise económica e de descrédito do governo cessante, se ganharam eleições, com a ressalva das Europeias que, como foi já várias vezes escrito e ouvido, têm contornos muito próprios e serviram como um primeiro cartão amarelo à governação de Sócrates que, habilmente, se esquivou às penalizações seguintes.

Não sou, nem pretendo ser novamente, militante de qualquer partido, mas é sabido que desempenho funções próximas à força política em questão, pelo que só lhe poderei desejar uma liderança firme e eficaz a partir deste fim-de-semana. E que a mesma faça passar correctamente a mensagem de uma alternativa credível, mas que toque os portugueses, e se distancie das manobras palacianas que alguns elementos laranja têm insistido em levar a cabo. Uns por mor dos seus próprios umbigos, e outros não sei bem porquê...

Sobre os três candidatos com reais hipóteses de vencer a jornada - e aqui retirei já o risível Castanheira Barros, sem contudo deixar de frisar ser o que apresentou o leque de mais bonitas gravatas nos últimos tempos... -, considero que um se destaca dos restantes. Pedro Passos Coelho é dono e senhor de uma imagem forte e atitudes bem vincadas, uma realidade que já nos tempos da JSD o realçava dos demais, e preparou-se com afinco para enfrentar uma máquina partidária que se apresenta dividida, mas com milhares de portugueses ainda sem acreditarem como foi possível que tenha perdido a corrida em 2008. Apresenta um rumo, sem directivas intransigentes que apela à seriedade e à justiça social. Sobre Paulo Rangel atenuo a sua menor eficácia na forma de comunicar com o facto de ser um político com aparente bom fundo e com vontade de mexer na sociedade portuguesa, mas não esqueço que se atabalhuou na hora de dizer ao que, efectivamente, vinha. Já Aguiar Branco não será, de todo, o que entendo como um emissário credível para os anseios dos portugueses, considerando mesmo que se julga superior a muitos deles, o que releva em seu desfavor.

Sem delongas ou grandes conversas, penso ser claro quem penso será o melhor líder para um partido que tem feito (muita) falta a Portugal...

24.Mar.10

A "falcatrua" da Liga 2009/2010...

Hulk e Sapunaru...afinal não era bem assim...

O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol decidiu hoje reduzir os castigos de Hulk e Sapunaru (jogadores do F.C. do Porto suspensos desde o final de 2009) para penas de três e quatro jogos, respectivamente. Depois de analisar os recursos dos portistas, o CJ alterou as decisões da Comissão Disciplinar da Liga, que tinha suspendido Hulk por quatro meses e Sapunaru por seis, devido às tão propaladas (e televisionadas...) agressões a assistentes de recintos desportivos - vulgos "stewards"... - no túnel de acesso aos balneários do estádio da Luz, factos registados após jogo da 14.ª jornada da Liga, disputado a 20 de Dezembro de 2009.
Mais do que criticar a vergonheira que o retrocesso assumido numa decisão tão polémica significa, venho apenas lamentar que este acontecimento - que considero a "falcatrua" da época... - não será ainda suficiente para retirar o poder ao "penteadinho" Ricardo Costa, responsável pela Comissão Disciplinar da Liga, cujas intervenções demonstraram uma parcialidade atroz em todo este processo... e noutros.
Mais ainda lamento que, já sem remédio, um título nacional que uma das duas equipas que melhor jogaram este ano em Portugal certamente conquistará, fique manchado por este facto. Afinal, Hulk estar fora de forma ou Sapunaru já nem ter jogado em pelos azuis-e-brancos este ano, são apenas pormenores sem remedeio, pois nunca se saberá o que teriam rendido nos desafios (só para Hulk foram cerca de 14 jogos...) onde poderiam ter alinhado. É caso para se dizer: "Missão cumprida, senhores da Comissão Disciplinar"!...

Pág. 1/6