Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

2009, Ano de eleições...

publicado por MSA às 14:28
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

E depois do Natal... (crónica)

E depois vêm todos aqueles doces e afins...

Os dias posteriores ao Natal costumam ser, por razões naturais e mesmo de origem física, enjoativos. Nem o escrevo pela costumeira enchente de campanhas publicitárias e solidárias nos dias que antecedem o dia comemorativo do nascimento do Deus-menino. Mas a verdade, e os anos assim me ensinam, no Natal já nem é tão melhor esperar pela festa. Ou então as pessoas não comungariam a viva voz que compram quase tudo durante as últimas horas ou que vão para casa a correr cozinhar a ceia, desvirtuando-se as ditas tradições da quadra por uma crescente febre consumista que resulta em uns tantos brinquedos postos de parte pelos mais felizardos, assim como na consolidação do mundo de contrastes em que estamos inseridos e que, especialmente no Natal, facilmente se identifica como cada vez mais próximo da porta. Nesta altura do ano, e atendendo à ordeira assumpção de que nela se devem elevar os melhores costumes e antever novidades felizes, até devia preencher este espaço com frases alegres, um ou outro motivo de ligeira emoção, e terminar o quadro com os desejos mais sinceros de um ano novo pleno de alegrias e euforias, este último o sentimento que penso mais se vai adensando na nossa sociedade. Igualmente as adversas condições meteorológicas que varreram o país e o mundo, numa espécie de contas atrasadas por recentes invernias de pouco rigor, me retiram o alento da escrita feliz, comprovando-se em toda a parte infelizes intervenções humanas sobre uma natureza que padece à fome da alteração, num clima global que nos empurra para uma coisa sem regresso e a que ninguém faz frente com plena vontade. Neste andamento, as palavras desta breve crónica poder-se-iam encaminhar à catástrofe global, o que não será propriamente a vontade do seu uso, pelo que voltemos à Consoada, aos doces da mesma sem o amargo das ruas e mudemos de sentido, afinal também sem volta está este ano, que de positivo apresenta saldo duvidoso.

Numa breve resenha aqui partilho duas imagens quentes de uma noite de Natal num norte chuvoso e onde as casas aquecidas em muito me perturbam as amígdalas, mormente pelos contrastes de temperatura que originam. Primeira imagem a das crianças, destinatário principal de toda uma fantasia criada em volta de papeis coloridos, músicas que se repetem até à exaustão e reluzentes novidades das ainda mais brilhantes lojas por onde milhares passaram nas últimas semanas. Mas é o seu sorriso que faz compensar a nossa cumplicidade em toda essa ilusão. Deixemos que os sonhos lhes inundam as vidas enquanto é tempo disso mesmo. São o espelho do que o Natal terá de bom. Assim como a mesa, a tradicional mesa de Natal, culpada infame do enjoo referido nas primeiras duas linhas do texto, e onde ganham brilho o bacalhau, legumes e companhia, que devoro à moda de mistura, fazendo-lhes uma cama basta de azeite fervido, alho e colorau. O insípido peru, iguaria a que nunca me renderei, é sempre salvo pelo mesmo. Batatas deliciosas, recheios macios e grelos que confirmam às papilas gustativas a voracidade que um tinto encorpado ajuda a completar. E depois vêm todos aqueles doces e afins, qual deles o mais impressionante na carga calórica e no significado patrimonial da nossa gastronomia. Fazendo culminar cada refeição. O resto já virá fora de época…

Em jeito de rematar a prosa, e pelo que tenho visto, começou logo na manhã de segunda-feira a correria aos saldos, havendo mesmo quem tenha ido devolver os presentes recebidos na noite da Consoada, na esperança de obter uns preciosos euros para o combate à crise que, afinal, também esteve presente nos últimos dias do ano. Sobre os mesmo saldos disse, e bem, uma anafada cauteleira – também ela a braços com a dita crise… - da Rua de Santa Catarina: “Deviam ter feito era em antes”…! Que 2010 não lhe dê (mais) razão...

 

 

publicado por MSA às 01:11
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

Quadras ao Campeonato de Portugal de Ralis’2009.

No final do SATA Rali Açores deste ano, à conversa com o tri-campeão Bruno Magalhães...

Foto: Duarte Veríssimo.

 

2009 já lá foi

E é tempo de dever cumprido
Um balanço em jeito de rima
Pelo sétimo ano seguido
 
Em época de tri-campeonato
Obtido ao cair do pano
O Bruno prosseguirá conquistas
Mas no IRC do próximo ano
 
De Amarante e brioso
Lutando sempre com valor
Pascoal provou qualidades
Assume-se o próximo senhor
 
Velha raposa das estradas
Um Adruzilo feito actor
E mais uma taça p’ra casa
Com provas com grande rigor
 
Num ano menos airoso
Mas ainda longe da reforma
Ao Peres não falta alento
E para o ano já torna
 
Dos Açores boa estreia
Para um Moura inspirado
Quase alcançou um pódio
Revelou-se homem dotado
 
Teodósio não afrouxa
E parece que vem de vez
Em 2010 com novo “EVO”
Para repetir o que já fez
 
Num regresso esperado
E andamento a condizer
Campos, com o Clio R3,
Deixou carisma e saber
 
Leal novamente à presença
Um portista de convicção
Anda sempre bem depressa
Com tudo a que ponha a mão
 
Meireles e Barroso Pereira
Homens de sorte distinta
O primeiro com azares
O outro com grande pinta
 
Mesmo com os problemas
O Leon anda que arrepia
Mas vai deixando o Barros Leite
Com uma espécie de azia
 
Nas duas rodas motrizes
E em hora de despedida
Paulo Antunes voou alto
Que tenha a volta garantida
 
No mesmo campeonato
Matos foi o animador
Esteve à beira do sucesso
E empenhou-se com fulgor
 
Obras de arte do Armindo
Quando pela pátria passou
Lá por fora brilho em pleno
E o Mundial até ganhou
 
Sem equipas oficiais
E lutas acesas em vista
Oxalá o “Nacional”
Não leve muito na “crista”
 
É que isso de promessas
De um ano melhor que o passado
Vai deixando o bom adepto
Cada vez mais enjoado…
 
Bons ralis…e, pelo menos, uns trinta inscritos por prova!
 
Nota: Pelo sétimo ano consecutivo levei a cabo esta "brincadeira" motorizada, tendo como mote o "Nacional" de ralis em Portugal. Aproveito para desejar um feliz ano novo, assim como uma temporada desportiva de sucessos, a todos os intervenientes, amigos e conhecidos, da referida competição.

 

 

publicado por MSA às 19:18
link do post | comentar | favorito

Filme.

publicado por MSA às 02:07
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

Equilíbrio(s)...

Mmmm...era parecido com este daqui...

Hoje proponho uma nova experiência ao nível do desempenho físico, nomeadamente no que ao equilíbrio e à estratégia de movimentações diz respeito. Trata-se somente de consumir, até ao fim preferencialmente, um simples cone de "Häagen Dasz" - com duas bolas do delicioso sorvete - por entre a torrente de gente dos atulhados corredores de um centro comercial. A proeza pode não parecer fantástica, mas imaginem a Rua da Sé pejada de senhoras de metro-e-meio e guarda-chuvas abertos. Pois, é parecido. Como acessórios ao dito gelado - que, informo, comportava uma bola do mítico doce de leite e outra de framboesa/cheese cake -, apenas o pequeno guardanapo de papel fornecido pelo simpático micro-mini colaborador da multinacional novaiorquina, que desde logo se revelou insuficiente para as alterações com que o calor humano do pós-Natal presenteia cada metro quadrado das estruturas comerciais em causa. Mais dois guardanapos de papel ajudaram sobremaneira. Pode parecer puxado ao drama descrever esta acção básica - se bem que acoplada de gula como forma de pecado... -, mas garanto que não sou de todo disléxico nem estava atento a montras ou divagações. Lutei para subir duas escadas rolantes rumo à sala de cinema, passando pela "gaiola" transparente dos fumadores e por um monte de gente encasacada e aflita. Também eu estava. Sobre a experiência em si, e o desafio em que ela se transformou, confesso o meu falhanço. O crocante cone voou para o lixo ainda com uns três ou quatro centímetros de existência. Os "shoppings" e as coisas doces sempre me enjoaram um bocado... 

publicado por MSA às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

16ª Corrida São Silvestre do Porto.

Watch live streaming video from runporto at livestream.com

 

 

(Reportagem na RTP2 - 2 de Janeiro de 2010 - 17h55)

publicado por MSA às 13:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 26 de Dezembro de 2009

Aeroporto de Lisboa esteve ao rubro! (23/12)

publicado por MSA às 23:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Cartaz/Faixa.

Corrida de São Silvestre do Porto. Amanhã ao final da tarde...

publicado por MSA às 13:24
link do post | comentar | favorito

Cartaz.

Solidariedade para com os sinistrados do mau tempo na Agualva. Amanhã, no Teatro Angrense...

publicado por MSA às 11:51
link do post | comentar | favorito

José Mourinho em entrevista ao "Público"...

José Mourinho em entrevista ao "Público"...

" O meu comportamento tem sempre um objectivo — a defesa dos interesses do meu clube, sem nunca me preocupar com o que dele resulta para a minha imagem. Será um defeito ou uma virtude? Pergunte a quem trabalhou comigo no passado... "
 


 

publicado por MSA às 01:17
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

Postais.

Por decisão própria este ano não enviei SMS com dizeres de boas festas e feliz ano novo. Mas aproveito para agradecer a todos quantos formularam esse desejo em relação à minha pessoa e família. E cá ficam os postalitos virtuais recebidos nos últimos dias:


 



Postais Natal 2009

publicado por MSA às 00:29
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009

Last Christmas - Wham!

publicado por MSA às 11:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

"Quase toda a gente colabora na promoção da bruxaria".

Agostinho Pinheiro, Sociólogo (34 anos)  Agostinho Pinheiro, Sociólogo.

 

A ilha Terceira está repleta de consultórios de peritos em “ciências ocultas”. O “boom” começou há vários meses. O que pode justificar este crescimento tão brusco da oferta?

Este fenómeno não é novo, estará eventualmente é com maior visibilidade, atendendo à forma como agora é publicitado, quer através dos jornais, quer através da distribuição de publicidade em zonas estratégicas onde as pessoas circulam no seu dia-a-dia.
Por outro lado, não nos podemos esquecer das responsabilidades que os meios de comunicação social têm na proliferação da superstição e crendice, dando demasiada cobertura a reuniões de bruxos, astrólogos, curandeiros, videntes e muitos outros que se servem da tolerância em que vivemos actualmente para inundar de anúncios as páginas de alguns jornais, ou para intervir em programas televisivos fazendo publicidade enganosa das suas anunciadas capacidades de previsão e cura de todos os males, do corpo e do espírito. Os canais de serviço púbico do estado colaboram também na difusão da “bruxaria”, tendo igualmente o/a seu/sua astrólogo/a de serviço permanente em alguns programas, munindo-se de um computador para tentar dar um ar científico às suas "previsões", contribuindo assim para a “estupidificação” dos cidadãos.

O que leva uma pessoa a entregar-se aos cuidados das “ciências ocultas”?

Certamente as razões serão diversas, desde simples curiosidade à procura de soluções imediatas para problemas do foro emocional, psicológico, físico, etc. Observamos cada vez mais uma necessidade, por parte das pessoas, de obterem resoluções imediatas para os seus problemas quando muitas destas situações exigem algum tempo para se resolverem.
Começa-se a assistir, também nos Açores, a uma crise muito grande de valores aliada a uma falta de cultura científica e, em alguns casos a uma ignorância primária. Habituamo-nos a carregar num botão da TV para ter o mundo inteiro à nossa frente e pensamos que é possível, por meio de um qualquer programa de computador, de um/uma qualquer astrólogo/a fazer previsões sobre a nossa vida, a nossa saúde, a nossa vida amorosa e os nossos negócios.

 “Astrólogo”, “especialista”, “curandeiro”, “espiritualista”, “vidente”, “médium”, são algumas das especialidades oferecidas nos consultóriios em causa. Merecem-lhe algum comentário?

No fundo são diferentes designações para um mesmo objectivo que passa por angariar dinheiro fácil. A grande maioria destes “profissionais” sabem que o ser humano sente curiosidade em relação ao seu futuro e por vezes não se importa de investir um pouco do seu tempo e do seu dinheiro na tentativa de colmatar algo que nem ele próprio compreende. Será certamente mais fácil seguir o caminho da ilusão, crendice e aldrabice em detrimento do pensamento, da experiência e da razão.


Esta sincera opinião do meu amigo Agostinho Leão Pinheiro - publicada na última página do "Diário Insular" de hoje - despertou-me para um pequeno texto, que há umas semanas queria aqui escrever. Mas que se foi ficando por um "oculto" esquecimento...

Possivelmente todos os angrenses e passantes na velha urbe património mundial tiveram já oportunidade de ver, na sua principal artéria - a Rua da Sé -, um destes "magos" do destino - no caso o "mestre Fati", julgo assim ser a sua graça... - procedendo à entrega de cartões de visita, onde anuncia as suas capacidades e serviços. Desde a primeira vez que assisti à cena, uma dúvida logo se levantou. Então o homem leva encontrões e quase-reprimendas de quem não quer aceitar a sua pequena missiva? O facto alertou-me para uma clara e visível incompetência do dito astrólogo, pois afinal nem consegue adivinhar quem quer ou não o pequeno papel que distribui. Fez-me logo lembrar aquela anedota do homem que chega ao consultório do vidente, e este logo o questiona: "Então, ao que é que viemos?". "Ai ai, que estamos a começar mal...", respondeu prontamente o senhor.

 

publicado por MSA às 11:50
link do post | comentar | favorito

Oasis - Don't Look Back In Anger.

publicado por MSA às 11:48
link do post | comentar | favorito

A água que já não temos...

Em algures lugares do planeta já não existe água. A situação é muito mais séria do que possamos imaginar, pelo que as realidades seguintes são uma clara mensagem, que nos faz pensar no presente e no futuro…

...a água que já não temos-1 
Delhi, India. Todos querem apenas um pouco de água...  
...a água que já não temos-2
Dois sudaneses bebem água dos pântanos com tubos plásticos, especialmente concebidos para esse fim, contendo um filtro para os defender das larvas flutuantes responsáveis pela lombriga de Guiné. Um programa distribuiu milhões de tubos e já conseguiu reduzir em 70% aquela enfermidade debilitante.
...a água que já não temos-3
Os glaciares que abastecem a Europa de água potável perderam mais da metade do seu volume no século passado. Na foto, trabalhadores da estação de esquí do glaciar de Pitztal, na Austria, cobrem-no com uma manta especial para proteger a neve e retardar o seu derretimento durante os meses de Verão...
...a água que já não temos-4
As águas do delta do rio Niger são usadas para defecar, tomar banho, pescar e despejar o lixo…
...a água que já não temos-5
Água suja em torneiras residenciais, devido ao avanço indiscriminado do desenvolvimento.
...a água que já não temos-6
Aldeãos na ilha de Coronilla, Kenya, cavam poços profundos em busca do precioso líquido, isto a apenas 300 metros do mar. A água é salobra.
...a água que já não temos-7
Aquele que foi o quarto maior lago do mundo, agora é um cemitério poeirento de embarcações que nunca mais de lá zarparão...
publicado por MSA às 02:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

E-se-tipo-o-Bradford-voltasse-a-blogar?

Caro André Bradford, não sei se foi comprovando ao longo dos tempos, mas o "Blog Tipo Assim," nunca deixou de encimar a letra "U" no vasto índice aqui ao lado. Pese embora o triste mote do "post" dominical, welcome back. Com ou sem política...cá estamos. Tipo assim...


 

publicado por MSA às 03:56
link do post | comentar | favorito

E assim estão os Açores representados...

" O Tribunal da Relação de Lisboa decidiu não levar a julgamento o jornalista Estêvão Gago da Câmara, acusado pelo Ministério Público (MP) de atentar contra a honra e consideração de Ricardo Rodrigues, vice-presidente da bancada parlamentar do PS...

 

O caso já vinha de longe, e comprova a lentidão da justiça portuguesa que, neste caso, até parece ter resultado. No ar fica um rol de dúvidas sobre a integridade moral de um ex-governante e que, convém lembrar, foi o cabeça de lista (PS) pela região nas recentes eleições legislativas.

Há uma boa dúzia de anos, lembro-me de ter tido oportunidade de ver o dito senhor em pleno desempenho das suas funções como advogado. Estive a cobrir - na altura para o Rádio Clube de Angra - um julgamento relativo a uma grande apreensão de droga, feita ao largo das Flores e que mantinha presos em Angra os tripulantes de um iate, que se chamava, salvo erro, "Quetzal". Foram todos condenados. O agora deputado era o seu advogado de defesa...


 

publicado por MSA às 02:42
link do post | comentar | favorito

Um campeão da amizade... (crónica)

Em pleno directo para a rádio, antes do Rali Sical de 2004...

Foto: Rodrigo Bento.

 

A distinção, por parte da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), ao piloto Luís Pimentel, atribuindo-lhe o “Prémio Carreira” que irá receber em Janeiro próximo, é uma justa lembrança, pela entrega e constante paixão que o meu caro amigo, dia após dia, comprova nutrir pelos ralis. Conheço o “Licas” praticamente desde o primeiro rali que ele veio fazer à Terceira, salvo erro o “Lilás” de 1984, então acompanhado pelo nosso colega de lides Luís Gulherme Pacheco e tripulando o “polémico” Pininfarina Azurra, um carro que viria a motivar dúvidas na imprensa local, com um conhecido especialista – no caso o meu também caro amigo Rafael Barcelos – a defender que se tratava tão somente de um Fiat 124 Spyder da versão americana, ou seja logo na nascença de uma já longa carreira, o bom do “Licas” primava por não ser consensual, excepção que se abria na forma simpática e extrovertida, muita vezes levada ao limite, com que “brincava” com as situações, ao mesmo tempo que ia estreitando laços com a Terceira e, pelos Açores fora, com os adeptos dos ralis, que nele logo reconheceram um apaixonado voraz pelas actividades automobilísticas. As máquinas que, ao longo de 25 anos de provas, apresentou aos mais atentos espectadores, são bem a súmula do que uma dedicação extrema e avultados investimentos podem proporcionar: Renault 5 Turbo, Lancia Delta Integrale, Peugeot 309 GTI-grupo A, Mitsubishi Galant VR4 – um dos mais impressionantes bólides que correu na região -, Ford Escort Cosworth, Toyota Celica GT Four, Subaru Impreza WRX – possivelmente o melhor carro de ralis que esteve no campeonato açoriano…-, Mitsubishi Lancer EVO6 – o primeiro que correu nos Açores -, Subaru Impreza Sti N10, 11 e 12, enfim uma panóplia de carros que retratam em pleno o “top” dos últimos 25 anos dos ralis entre nós, numa parcela temporal onde o piloto conquistou inúmeras vitórias e vários títulos de campeão. Mas, mais do que realçar as performances desportivas do “Licas” Pimentel, estas linhas pretendem tão só destacar a pessoa humilde e apaixonada que, por voltas e correntes do destino, nem sempre foi bem vista aos olhos de todos. Excepção feita, e com toda a justiça, pelos fãs dos ralis, os adeptos que entendem a vontade constante de correr, deixando de lado o avançar da idade ou menores possibilidades. O “Licas” é um homem dos ralis, está sempre por dentro dos meandros e das novidades, mantém ligações estreitas com estrelas do WRC e convive diariamente com a realidade dos carros, das especificações técnicas, com a chegada de material mais desenvolvido, enfim “respira” ralis como um adolescente em busca de um sonho, possivelmente porque é aquela “alma” de rapaz novo que o leva a querer sempre mais, dentro do que ainda fará e recordando tudo o que já realizou pelos e para os ralis. Em todos estes anos fomo-nos cruzando por essas provas fora, umas vezes no continente, outras em agradáveis convívios, numa relação saudável, muito apoiada pelo “irmão” terceirense que ele tem no Ricardo Laureano, também ele um amigo para as horas boas e más, e confesso que com o “Licas” há sempre uma vontade de esmiuçar o assunto, de lhe desafiar o olhar por vezes triste com que vê o panorama do desporto que mais ama. Mas são coisas de pouca dura, porque logo a seguir já ele “armou” alguma para deitar por gargalhadas um eventual esfriar dos ambientes. Assim o tem feito ao longo destes 25 anos, dentro e fora das classificativas. Nem sempre consensual, como já disse, mas quase sempre com a unanimidade dos que, como ele, se perdem de paixões por estes carros, lombas, ganchos e motores. “Esticados” ao máximo por uma electrónica da vida que não sabemos até quando dura. Plagiando claramente o título de uma entrevista dada à extinta revista “Rotações Magazine”, penso que a feliz tirada definiu bem a carreira ainda longe do final do meu caro amigo e piloto. “Eu Show Licas”, pôde ler-se na capa da publicação. E ficou (quase) tudo dito… 


 

publicado por MSA às 02:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009

Cartaz.

Mostra de presépios até ao final do ano, no Museu de Angra...

publicado por MSA às 16:37
link do post | comentar | favorito

Invernia(s)...

Um dia típico de Inverno a dar as boas vindas à nova estação...

 

Lisboa, 21 Dez (Lusa) - O Inverno chegou hoje com chuva, frio e neve, de acordo com as previsões do Instituto de Meteorologia (IM) para os primeiros dias da nova estação, que são também de férias para muitas famílias.

"Os primeiros dias de Inverno vão ser chuvosos", disse à agência Lusa Idália Mendonça, do IM, acrescentando que a previsão disponível neste momento vai até dia 27 de Dezembro (domingo).

"De segunda-feira a domingo, o tempo é chuvoso em todo o território, uns dias mais do que outros, mas sempre com chuva", afirmou a meteorologista.


 

publicado por MSA às 12:12
link do post | comentar | favorito

WRC 2009: Season Finale (Video)

publicado por MSA às 11:23
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Dezembro de 2009

Coisas da Bola...

Decididamente hoje não será um bom dia (noite) para escrever sobre desporto. Afinal não foi só o Pedro Lamy a levar uma "nicada" da águia...


 

publicado por MSA às 23:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Publicidade...ou não.

Em tempo de festas, a rapidez e a entrega também contam...

 

www.fcporto.pt


 

publicado por MSA às 10:26
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

Pesquisa(s).

Facebook: a rede social do momento...

E a palavra mais pesquisada em 2009 é… Facebook

 
O nome da rede social foi o termo que os internautas mais procuraram na Internet no ano que agora chega ao fim, revela um estudo que monitorizou as pesquisas online em todo o mundo.

 

Facebook passou do décimo lugar da tabela dos termos mais pesquisados, em 2008, para o nº1 em 2009, revela um estudo publicado esta semana pela Experian Hitwise.
O MySpace, antigo detentor do título, passa este ano para a segunda posição, seguido do Craiglist - um site que compila classificados de todo o mundo. O quarto lugar é ocupado pelo YouTube, que subiu três posições com relação a 2008.
Para além do primeiro lugar, a empresa responsável pela análise registou mais 3 variações da palavra "facebook" entre os 25 termos mais procurados online. A expressão "facebook login" aparece logo no 10º lugar.
Os números espelham o grande crescimento que a rede tem registado em todo o mundo, onde já conta com mais de 350 milhões de utilizadores. Em Portugal o serviço ultrapassou recentemente o milhão de membros activos, que pelo menos uma vez por mês utilizam o Facebook.
O responsável pela internacionalização do serviço realçou a velocidade com que se tem feito a expansão da comunidade em Portugal, cujo número de membros duplicou nos últimos três meses.

 

publicado por MSA às 22:35
link do post | comentar | favorito

Imagens...

Curiosidade-I...

 Curiosidade-II...

 Pronto, o "Piloto" pôs ordem na coisa...

Fotos: Ricardo Laureano.

publicado por MSA às 12:20
link do post | comentar | favorito

CAR'2010 "quase" sem novidades...

" A FPAK divulgou, na passada semana, o calendário definitivo do Campeonato dos Açores de Ralis (CAR) para a próxima temporada.

 

Uma época que, tal como a terminada com o passado Rali da Lagoa – e que consagrou Ricardo Moura como campeão pela segunda vez -, será composta por sete ralis, com a principal alteração a prender-se com a mudança de data do SATA Rali Açores, uma opção que era já um dado adquirido... "

  O calendário definitivo do CAR para a nova temporada...

 

Mudar…para quê?

 

Numa breve incursão opinativa sobre o que poderá ser a nova temporada, dois ou três aspectos têm de ser salientados. Em primeiro lugar o facto de, uma vez mais, não ter havido uma manifesta vontade de mudar. Mudar no sentido de que o CAR é uma competição extremamente onerosa para os participantes que, na maior parte, aguardam pelas condições que cada organização lhes possa proporcionar, para então equacionar cada uma das várias deslocações inter-ilhas. Depois porque, como é já dado adquirido, os ralis não são vistos pelas autoridades governativas regionais como um desporto, o que não se compreende uma vez que esses mesmos ralis são tidos como uma actividade que serve para promover as ilhas onde se realizam como cartaz turístico. Face a esta deturpada visão, ou as direcções regionais adstritas a cada uma das vertentes (desporto/turismo) deveriam reunir um desejado consenso avaliativo, uma vez que são os concorrentes a dar corpo a essas mesmas manifestações, o que não parece considerado dada a falta de apoios oficiais a que os mesmos são sujeitos. E ainda mais porque se tratam de desportistas federados numa instituição de utilidade pública (a FPAK), à qual pagam uma licença para correrem.
A eternamente adiada mudança para um campeonato terra/asfalto (ou vice-versa), conforme se processa a outros níveis, como na principal competição nacional (CPR), já “cheira” mais a um entendimento impossível entre as partes (clubes, federação, pelo menos…) pois, pelos vistos, apenas os pilotos (ou alguns pilotos…) parecem pugnar pela mesma. Outro facto a reter é o de que três das provas são patrocinadas por uma mesma entidade comercial, a Fábrica de Tabaco Estrela, que apoia ainda a modalidade noutras vertentes, através de outras parcerias e da formação de uma equipa com três carros onde milita o actual campeão, parecendo aqui haver uma maior abertura de horizontes por parte dos privados… face aos olhares oficiais para a realidade dos ralis açorianos. Isto para nem focar o apoio financeiro dado pelo governo regional à única prova internacional que se corre entre nós, cuja (simples) décima parte bem daria para termos um campeonato mais “desafogado”, participado e, quem sabe, competitivo…

 

publicado por MSA às 12:12
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

Cartaz.

Os "Fala Quem Sabe" fecham a temporada...e entram em período de descanso.

 

(Nota: O espectáculo agendado para o Centro Cultural de Angra do Heroísmo será a 23 de Janeiro)


 

publicado por MSA às 16:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Voo 530 (Grande Reportagem-RTP/Açores)

publicado por MSA às 13:17
link do post | comentar | favorito

Também tu, Tony?

Tony Blair, pensativo...ou a pensar nas economias...

"O antigo Primeiro-Ministro britânico, Tony Blair, pode vir a tornar-se um dos mais ricos governantes de sempre no Reino Unido. Desde que abandonou o poder, em 2007, Blair já recebeu milhões de libras, canalizados para uma estrutura semi-secreta - pensada para fugir ao fisco, admite o jornal The Guardian".

 

Mas que aborrecida esta mania de alguns políticos quererem ficar riquíssimos após o serviço desinteressado em prol das suas pátrias...

 

Link para o "The Guardian"


 

publicado por MSA às 11:41
link do post | comentar | favorito

Um poema para o dia 16 de Dezembro de 2009.

NAQUELE DIA D’INVERNO (Miguel de Sousa Azevedo)

  
            O mar rugia naquele dia d’Inverno.
 
            As flores não estavam lá,
            tinham fugido com medo,
            da sombra, do cheiro,
            do aspecto daquele rochedo...
 
            O mar rugia naquele dia d’Inverno.
 
            A missa já acabara,
            iam todos para casa, almoçar,
            oração de mesa posta,
            corpo de alma a descansar...
 
            O mar rugia naquele dia d’Inverno.
 
 
                                                           Angra do Heroísmo, 9-AGO-1994

 

publicado por MSA às 10:50
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

Após uma noite de tempestade...

O mau tempo que assolou hoje de madrugada a costa norte da Terceira terá provocado cerca de cem desalojados, para além de inundações, deslizamentos de terra e consequentes prejuízos.

Nas freguesias da Agualva, Quatro Ribeiras, Vila Nova e Lajes, e ainda parte da cidade da Praia da Vitória, chuvas fortes, por vezes acompanhada de trovoadas, tiveram como resultado inundações em dezenas de habitações, afectando para já 40 famílias. As enxurradas arrastaram também várias viaturas, não sendo ainda adiantada qualquer estimativa dos estragos.

Na Agualva, que em 1962 perdeu 6 pessoas numa tragédia de contornos semelhantes, o cenário era, esta manhã, desolador. Aqui ficam cinco imagens do nosso atento Ricardo Laureano, bem como uma das peças matinais da RTP-Açores:

 

Desolador panorama de uma das artérias da freguesia...

 

Todos os esforços foram poucos, esta manhã...

 

Mais uma prova da força com que a natureza se abateu sobre a Agualva...

 

Os carros desceram a estrada como se de um rio se tratasse...

 

Os estragos pela manhã...


 

publicado por MSA às 17:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Burro de Presépio...

Um simpático exemplar de burro...ou asno...ou jumento...

Foi com este simpático burrito que aderi ao desafio pré-natalício da castiça "Barbearia do Senhor Luís": O Concurso de Burros de Presépio.

 

Esperando que a inscrição, mesmo a "pingar" o final do prazo, seja aceite, desde já desejo a maior felicidade a todos os restantes asnos constantes de tão acérrima competição...

 

Acrescento que sempre achei o burro a mais ternurenta figura do Presépio, daí esta singela adesão.


PS - A este respeito, nem de longe consegui ser tão original como o meu amigo Leão ...

publicado por MSA às 04:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Um livro de palavras e observações...

A capa do livro do Aranda e Silva, que será apresentado ao fim da tarde de hoje...

"Não é um livro de poesia. São apenas palavras que se juntam e que estão próximas da poesia. Ao longo de vários anos fui escrevendo textos que exprimem sentimentos e olhares sobre determinadas realidades. Julgo que este é, sobretudo, um livro de palavras amor". É assim que João Aranda e Silva, meu caro amigo e colega de lides há mais de uma dúzia de anos, define - numa entrevista concedida à revista "D.I." - o seu livro de estreia em terrenos poéticos.
"Às vezes reflecte-se sobre o olhar de uma pessoa numa esplanada, por exemplo, e nós interpretamo-lo de uma maneira particular, o que não significa corresponder inteiramente à verdade", explica - desta feita em palavras para o jornal "a UNIÃO" -, referindo que “Palavras das Horas Mortas – próximas da poesia” é um projecto com já três anos, mas que o correspondente da Agência Lusa apenas agora guindou ao prelo. Encerra textos e desabafos datads de 1977 até aos dias de hoje.

Aranda e Silva, em pose para a entrevista do "D.I."...

Foto: António Araújo.

 

Conheço relativamente bem o Aranda, pelo menos o suficiente para aferir que é uma pessoa com um olhar crítico a toda a ordem, mas reconhecedor das belezas e das coisas simples que nos rodeiam. E se a umas traça um retrato meramente profissional de um jornalista com larga experiência, naturalmente reserva também lugar para a ternura ou a crueza das palavras ditadas pelo coração. Amiúde, e mesmo quando se amiuda no combate à rotina das coberturas e conferências de imprensa, tem uma palavra directa e um estilo próprio. Conforme devem ser as pessoas originais. É que já nem há assim tantas...

Com dedicatória sentida a dois poetas de relevo e homens de grandes virtudes, infelizmente já falecidos, - Rui Rodrigues e Emanuel Félix - o livro será apresentado hoje, pelas 18h30, no "Blues" (Praia da Vitória), em suporte multimédia e numa acção da Marta Silva - também ela jornalista - tendo sido convidados para a recitação de algumas palavras os actores Valter Peres e Filomena Barcelos.


 

publicado por MSA às 01:49
link do post | comentar | favorito

Cartoon.

A saudação ideológica através dos tempos...

publicado por MSA às 00:21
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

Preety Runner's World...

Marie-José Perec, a ex-campeão dos 400 metros, dominadora da volta à pista durante vários anos...

A foto que ilustra este post retrata a esbelta francesa Marie-José Perec, tri-campeã olímpica, nos 200 e nos 400 metros planos, e que foi a rainha da volta à pista no final dos anos 90 do século passado. A mesma imagem serviu de base a uma T-Shirt que fiz há uns bons anos, aquando da minha curta mas intensa prática como atleta, um período que afinal nem chegou à meia dúzia de temporadas completas.

A esta mesma imagem juntei um pequeno "rótulo" temático com a designação "Preety Runner's World", isto ainda na altura em que a estampagem de fotos em vestuário era um rombo no orçamento, pelo que a "série" que se iniciava com a reprodução em acção da escultural velocista se ficou por aí mesmo. Há uns tempos a dita T-Shirt acabou em pano de chão. Por fazer ficaram então peças idênticas, mas referentes à loiríssima alemã Katrin Krabbe, à malograda e excêntrica Florence-Griffith-Joyner, à multifacetada Jackie Joyner-Kersee, à pequena Grit Breuer, à eficaz mas esporádica Elana Meyer, ou à eterna Merlene Ottey. Em resumo, o "projecto" - que se ficou pela intenção - visava uma T-Shirt para cada dia da semana...sendo que essas ditas semanas já passaram há muito. Que alguns escândalos de doping abalaram a imagem de algumas das referidas atletas. E que as divas do tartan serão agora, seguramente, outras...

publicado por MSA às 10:59
link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Dezembro de 2009

Paulo Mendonça venceu no Pico do Capitão.

Paulo Mendonça, representando “Os Montanheiros”, foi o mais rápido na segunda edição da Subida ao Pico do Capitão, prova levada a cabo ontem à tarde pela “Mar Bravo – Associação Juvenil”, na freguesia do Porto Martins.

O esforço final do vencedor da prova...

Numa prova que teve pouca aderência, o veterano atleta precisou de 3 minutos e 34 segundos para vencer os cerca de 650 metros do percurso, que se encontrava bastante enlameado e escorregadio. O segundo classificado foi Roberto Morais (Mar Bravo), com 4m59, fechando-se o pódio com Paulo Quadros (5m01).
Numa tarde chuvosa, mas nem por isso a impedir um agradável convívio, Miguel Bettencourt foi o quarto, na frente do veterano Jorge Azevedo, de Alvarino Pinheiro e de Jorge Pereira.
Os "resistentes" no alto do Pico do Capitão...
A próxima edição da prova, segundo a organização, deverá realizar-se “durante o Verão de 2010, de modo a podermos cativar mais concorrentes”, explicaram.
Paulo Mendonça recebe o prémio da vitória...
Por bater ficou o recorde de Jorge Nunes (2m34), atleta que se viu impossibilitado de marcar presença, assim como outros habituais corredores, a contas com lesões, não puderam aderir à iniciativa.

E a inevitável foto de grupo. P'ró ano há mais!

publicado por MSA às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Solidariedade.

Ajude o Dr. Rafa...


 

publicado por MSA às 14:06
link do post | comentar | favorito

Ops, desculpem lá!

publicado por MSA às 06:04
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Dezembro de 2009

Cartaz.

Teatro, no "Alpendre" durante o fim-de-semana...

publicado por MSA às 02:24
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009

CR9, o mais rápido... (33,6 km/h)

Como se prova nos campos, Ronaldo é o mais futebolista rápido... 

Um estudo do semanário alemão "Der Spiegel" confirmou o que já se presenciara nos relvados da elite mundial: Cristiano Ronaldo é, efectivamente, o jogador mais rápido do mundo. O internacional português consegue atingir os 33,6 quilómetros por hora em campo.

A investigação comparou jogadores dos melhores clubes, analisando os momentos mais rápidos de corridas (ou sprints...) realizadas em pleno desempenho.

Os cinco mais rápidos são naturalmente avançados, numa lista encabeçada pelo português do Real Madrid (33,6 km/h), e que inclui o holandês Arjen Robben (Bayern Munique/32,9 km/h) - que chegou a competir como velocista antes de optar pela carreira no futebol -, os ingleses Theo Walcott (Arsenal/32,7 km/h) e Wayne Rooney (Manchester United/32,6 km/h). A lista de elite, ao nível deste Top-5, fecha-se com o holandês Robin van Persie (Arsenal), que regista uma velocidade de 32,1 km/h.

Razão tinha o fenomenal Usain Bolt quando, há alguns meses, afirmou que Ronaldo "seria competitivo nos primeiros 50 metros" de uma corrida do hectómetro. E possivelmente bem mais competitivo do que o jamaicano com uma bola nos pés...

 

publicado por MSA às 14:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
16
30
31

.posts recentes

. Reportagem Faz Acontecer ...

. Assembleia Geral (RCA)

. Especial Sprint da Rivier...

. ES da Riviera amanhã (DI)

. Faz(er) Acontecer...

. Vodafone Rally de Portuga...

. Clássicos nos 42 anos do ...

. Entrevista Ana Gomes (Nas...

. Jantar Solidário.

. Artur Silva regressa na E...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds