Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Terça-feira, 30 de Setembro de 2008

Especialidade.

Já vai longe, a nossa falta de água...


 

publicado por MSA às 11:53
link do post | comentar | favorito

Publicidade.

Publicidade-não-enganosa, sublinhe-se...

publicado por MSA às 08:11
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Crónica (pouco) "aguada"...

Ó João, hoje excedeste-te...


 

publicado por MSA às 02:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

2 dias...

ontem

 

domingo do porto (biscoitos)

 

hoje

 

segunda-feira de são carlos


 

amanhã escrevo...

publicado por MSA às 22:05
link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Setembro de 2008

The Beatles - Penny Lane.

publicado por MSA às 10:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Happy Birthday, Google!

O principal motor de busca da net completou uma década...

publicado por MSA às 03:23
link do post | comentar | favorito

Factos (dos últimos dias) para reler...


-Falta de água na Lagoa artificial do Cabrito...

 

-Medidas governamentais para a falta de água à lavoura na Terceira...

 

- Visita de Álamo Meneses às obras da Escola Ferreira Drummond...

 

-Base das Lajes pode ser comando da AFRICOM...

 

-Entrevista de Costa Neves ao "Expresso"...

 

-Força Aérea desconhece intenção de aumentar placa de estacionamento (Lajes)...

 

-Novo estatuto dos Açores aprovado por unanimidade...

 

-"Somos nove Açores" (Luiz Fagundes Duarte)...

 

-Água e Informação - na Terceira (José Lourenço/DI)...


 

 

publicado por MSA às 00:03
link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Setembro de 2008

Paul Newman (1925-2008)

Fecharam-se os olhos azuis das "500 Milhas"...

publicado por MSA às 22:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Festa Brava (27/9).

A emoção da despedida das arenas de Rogério Silva, a tradição do Touril no Porto Martins e a antevisão da prova de praticante do "Joãozinho" Pamplona. Mais um bom trabalho do Francisco Faria e da restante equipa...


 

publicado por MSA às 16:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

Lagoa do Cabrito (IROA)...-esta manhã-

publicado por MSA às 17:16
link do post | comentar | favorito

Basquetebol do Lusitânia na RTP-A.

Continuma difíceis as coisas para as bandas da Rua da Sé...

 

Os problemas recentes (e passados) da secção de Basquetebol do Sport Clube Lusitânia estarão hoje em foco, pelas 18h45, no programa "Estação de Serviço" da RTP-Açores. Em estúdio marcará presença João Orlando, membro da actual comissão executiva que vem gerindo (ou tentando...) a fase crítica e bastante greve do emblema verde-e-branco. O programa é aberto a intervenções telefónicas do público, pelo que poderá ser uma oportunidade para ver esclarecidas algumas dúvidas. Espero, sinceramente, que um dos intervenientes não seja o Sr. Empresário-de-obras-públicas que ontem, em pleno noticiário desportivo da Antena-1, comprovou bem a sua educação e sabedoria verbal. Foi um regalo ouví-lo...pobre Lusitânia.

publicado por MSA às 17:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Cartaz.

Amanhã há nova actividade de "Os Montanheiros"...

publicado por MSA às 10:58
link do post | comentar | favorito

19 de Outubro: Proibido caçar...

 

"O Governo dos Açores interditou o exercício da caça em todas as ilhas a 19 de Outubro, dia de eleições para a Assembleia Legislativa da Região Autónoma.

 

 
O Executivo de Carlos César justifica a medida, estabelecida em Portaria hoje publicada, com necessidade de criação de “todas as condições que permitam, a todos os cidadãos eleitores, a participação nesse acto cívico com o empenho e a dignidade que lhe são conferidos".
 
A 19 de Outubro está proibido, também, o transporte de armas de caça na Região, determina o mesmo diploma".

Só vai valer mesmo a caça ao voto...
 
 
 
publicado por MSA às 10:14
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008

II Raid Hobie Cat Praia/Porto Martins.

publicado por MSA às 12:56
link do post | comentar | favorito

Luís Bettencourt em "retrospectiva".

O cartaz do "reencontro" de manhã à noite...

 

Amanhã à noite o Auditório do Ramo Grande recebe um acontecimento de luxo no que à música açoriana diz respeito. 

Luís Gil Bettencourt, um filho da terra e um músico de eleição, responsável maior pelo “boom” qualitativo que a vivência musical desta ilha teve nos últimos vinte e tal anos, vai juntar amigos e traçar uma retrospectiva, “dentro do possível”, pelo que me disse, - acrescentando que “pretendia era fazer assim uma brincadeira com o pessoal todo…” -, da sua já longa carreira. Embora ainda hoje não assuma tê-la…
A crer nas suas palavras (revista D.I. do passado dia 14) há um claro lamento pelo actual estado das coisas, que eu interpreto pessoalmente como uma decepção na capacidade das pessoas se reinventarem por estas bandas, sendo tão abertas a elogiar os de fora, como fechadas a renovar o seu próprio “guarda-roupa”, enquanto miram – sob a capa eterna do ilhéu melancólico…- o próprio umbigo.
Já nem tenho a certeza das primeiras vezes que falei com o Luís, grande amigo do meu Tio António – possivelmente a pessoa de família com quem melhor me entendo nestas coisas dos sentidos e criações… -, mas recordo uma viagem às Flores, com o seu “Cantinho da Terceira”, onde tive o prazer de conhecer um conjunto de pessoas, liderados naturalmente e sem ofensas por ele mesmo, que me permitiram – também – passar a olhar algumas coisas sob outros prismas, sendo que o simples artefacto de criar e partilhar foi uma delas. Mais do que a faceta conhecida de músico e de mentor de diversas manifestações culturais desta(s) nossa(s) terra(s), penso sempre que o Luís se desgostou com a aceitação “de pé atrás” com que muitos brindaram a lufada de ar fresco que, em plena década de 80 e com estes Açores em mudanças e desvios, então trazia dos “States”. Assim como muita gente nunca entendeu o seu espírito triunfalista e empreendedor como uma chama acesa em prol de uma causa, e não como bandeira de vaidade ou mau feitio (coisa que ele até tem…). Em termos musicais propriamente dito, e referindo que só falo sob a perspectiva do meu gosto e do que sinto a presenciar as coisas, apenas adianto que conheço pouca gente que “respire” a sua arte como o Luís o faz. Quer seja, como amanhã, num Auditório sumptuoso e com grandes meios técnicos, quer seja numa pequena festa organizada por amor à música, quer seja numa reunião de café/bar/pub das nossas memórias, onde toca sempre a roçar o raiar do sol, como se daquela dose de notas e acordes lhe dependesse o dia seguinte. E, se calhar, depende mesmo. Pelo que não vamos faltar à “retrospectiva”. Um abraço, Luís, e parabéns pela carreira…ou-como-lhe-queiras-chamar.
 
O Luís e o Carlinhos Medeiros, numa actuação fora de portas do "Cantinho da Terceira"...

 

publicado por MSA às 11:47
link do post | comentar | favorito

Metáforas eleitorais... (crónica)

Peixes em roda viva no mar atlântico...

 

As hostes açorianas, desinteressadas ou não, não vão passando propriamente ao lado da pré-campanha para as eleições de 19 de Outubro. Isto mesmo se considerarmos que a mesma, a nível meramente tutelar, começou já vai para uns bons meses, dando-se agora as últimas pinceladas, deixando fechadas as portas dos anexos ainda em desarrumo, mas inaugurando fachadas e sorrisos, com anúncios pródigos de que passado recente e futuro são realidades tão felizes que nem se conseguem suster as lágrimas de alegria face ao generalizado contento das ilhas de bruma…que até esse epíteto prometem perder a breve trecho. Pelo que poderia este texto ser um acérrimo ataque à forma habilidosa (e, certamente, competente…) com que se torneiam e volteiam os nossos dirigentes na ânsia das maiorias e na caça incessante do voto (secreto…pelo menos o meu é…). Já o foi assim no passado, no presente nem se fala, e o futuro afigura-se ainda mais assente no mediatismo em detrimento da frontalidade. Afigurar-se-ia pois relativamente simples traçar uma panorâmica da realidade açoriana nos tempos que correm, isto meramente versando a coisa pública, à qual se anexam (e cada vez mais…) todos os sectores da sociedade, afinal os longos braços do poder alcançaram toda a porta aberta em jeito de agremiação tendo, recentemente, chegado mesmo às caixas de correio alheias por meio de uma oferta com doces e água no bico. Que não um bico de obra, pois essa ainda poderá estar longe de concluída, se bem que sempre vulnerável a uma conveniente derrapagem orçamental…

Mas, falando de valores, que a hora é de contas e o tempo custa caro, ponho em causa os da liberdade que esta gente parece desaproveitar, não se expondo à opinião, e sem se dar a conhecer como pensantes independentes, ou – mesmo que sem enfileirar por nenhuma moda – fazendo ver que há coisas boas e coisas más, ao invés de enfiar a cabeça na areia, deixando de bom grado que um afago interesseiro lhes resolva a vida. Pelo menos por agora.

Assim, e talvez por aqui se destrince a corrente do presente texto, considerando-me tão são e atento como a maioria dos meus conterrâneos de ilha e de região, assusta-me um silenciar tão premente das ânsias de cada um e das reais preocupações de cada qual, sendo mais fácil dar por aceite o que se tem do que sequer questioná-lo, num mero exercício de vislumbrar outras saídas e realidades que não o eterno sentar no colo da fortuna governamental. Também por essa via de estados me admira a falta de atenção dada aos factos consensuais e que assentam na perda de muitas das nossas riquezas, no decréscimo da nossa sustentabilidade como região, na queda a pique da dignidade mera e certa na hora de servir o povo e, mais até que isso, na doença de espírito que parece todos contentar, mesmo se pondo para trás das costas a carência dos vizinhos ou o interesse da comunidade. De bem-estar e qualidade de vida temos à vista exemplos de grande sucesso, de pobreza visível e triste crescem também as nuances a olhos vistos, empurrando-se os restantes (uns aos outros…) na vontade de fugir do leito médio. O tal que se vai apagando e que deixa de ter braços e forças para nadar. E nem sequer me fiz ao mar, outra das tais riquezas que, dentro em breve, de tão deturpada e desconhecida, nos deixará como factor de identidade. Como aliás nos foge a nossa história, a passos largos, para debaixo do tapete…

 

publicado por MSA às 11:34
link do post | comentar | favorito

Subida ao Pico do Capitão (RTP-Açores)

publicado por MSA às 02:11
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

Dias de Melo (1925-2008)

 

Partiu hoje o escritor dos mares e da baleação...


«…Todos somos baleeiros
Tanto os que vão balear
Como os que, ficam em terra
De olhos pregados no mar…»

 

Dias de Melo, o escritor e homem destas ilhas, faleceu hoje no Pico...                                                                                                                                                    

 

“Dias de Melo, escritor, homem solidário, solitário e fraterno, viciado na escrita e no cachimbo, picaroto da Calheta de Nesquim , baleeiro da literatura açoriana. Dias de Melo vive no Alto da Rocha do Canto da Baía, fez da ilha do Pico e dos picarotos a matéria prima dos 27 livros que até à data publicou, em diversos registos e diversificados géneros literários: a poesia, a narrativa, o conto, a novela, o romance, a crónica (e dentro desta, a crónica jornalística, a crónica romanceada e a crónica de viagem), a monografia, a dissertação didáctico-pedagógica e o estudo etnográfico. Em toda a sua obra, este escritor, sem nunca fazer concessões a modas literárias ou a modismos narrativos, conta-nos histórias dos homens do mar e da terra – gente de grande riqueza psicológica e funda expressão humana e universal. Conhecendo de perto a actividade baleeira e olhando-a e sentindo-a como coisa sua, Dias de Melo (ele próprio baleeiro esporadicamente) fez de grande parte da sua escrita um painel dessa mesma actividade, muito particularmente da que se reporta ao concelho das Lajes.“                                                                                                   (Victor Rui Dores)

 

 

 

 

 

publicado por MSA às 16:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

Procissão de São Vicente (Porto Martins)

Num conjunto de imagens que dedico à minha Avó Mariinha e à Tia Florinda...de cujas memórias tenho, todos os dias, saudades...


 As colchas estão na varanda, e aproxima-se a procissão...

(...)

Caras conhecidas. Rostos de sempre...

(...)

...e o centro respeitado desta devoção.

(...)

Passaram, em silêncio, e lá seguem rumo à Ribeira Seca...

(...)

...o ar calmo e sereno da imagem.

(...)

...e as mãos em prece, por melhores dias e tempos sem anseios.


 

publicado por MSA às 18:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

Jorge Nunes venceu no Pico do Capitão!

Jorge Nunes (C.P.Fontinhas), o vencedor na estreia da prova...

 

 

Em estreia com as cores da Casa do Povo da Agualva, Jorge Nunes foi o vencedor da primeira edição da "Subida ao Pico do Capitão", prova disputada este Domingo na freguesia do Porto Martins (Praia da Vitória), e que integrou as Festas de Santa Margarida 2008.
 
Rui Costa (C.P.Fontinhas) foi o segundo mais rápido.
 
Subindo os 650 metros do percurso num ritmo muito vivo, que se comprovam com os 2 minutos e 34 segundos alcançados, o recordista dos "Degraus d'Angra" bateu por 18 segundos o ciclista Rui Costa, e por quase meio minuto o triatleta Pedro Bartolomeu, ambos seus companheiros de equipa.
 
O triatleta Pedro Bartolomeu foi o terceiro...
 
Com 16 participantes, a prova, que levou a pequena caravana - uns em forte corrida outros em passo mais lento - permitiu são convívio, dando a conhecer à grande maioria a vista soberba sobre o Porto Martins e a Praia da Vitória, alcançando ao longe a Serra do Cume, que o Pico do Capitão (150 m de altitude) oferece.
 
Em termos competitivos, realce para a curta diferença registada entre o 4º (Jorge Ferreira) e o 9º classificado (Paulo Mendonça) – apenas dez segundos – nos quais se posicionaram Tiago Miranda, Fábio Ferreira, Adriano Toste e o veterano Rui Borba.
 
O pequeno João Bartolomeu e, mais abaixo, o Miguel Bettencourt e o Alvarino...
 
A única participante feminina marchou pico acima em 9 minutos e dez segundos, sendo de destacar o contra-relógio do pequeno João Bartolomeu que, com seis anos apenas, fez 6m06 e a presença do experiente Aurélio Pamplona (69 anos), que prometeu "muito treino para a próxima edição". 
 
No final da prova, organizada pela "porto das pipas PRESS", o atleta da Doze Ribeiras, que tem dominado as recentes provas de degraus na Terceira referiu que tem "treinado muito bem este ano, pelo que a boa forma é resultado de bastante trabalho".
 
Quanto ao resultado no evento, Jorge Nunes falou das dificuldades "com o piso, que não era fácil, e com algum vento que se fez sentir", o que não o impediu de fazer uma marca impressionante e bem à frente da concorrência directa.
 
A dinâmica veterania de Aurélio Pamplona...
 
Quanto a mais subidas, os "Degraus da Praia 2008" devem ter lugar durante o mês de Outubro, enquanto o início de Dezembro receberá a terceira edição dos "Degraus do Algar do Carvão", prova organizado por "Os Montanheiros".

 
 
Classificação Geral
 
 1º        Jorge Nunes               C.P. Agualva                 2m34
 2º        Rui Costa                   C.P. Agualva                 2m52
 3º        Pedro Bartolomeu        C.P. Agualva                 3m02
 4º        Jorge Ferreira             C.P. Agualva                 3m21
 5º        Tiago Miranda             Ind.                             3m24
 6º        Fábio Ferreira             G.D. Quatro Ribeiras        3m23
 7º        Adriano Toste             C.P. Agualva                 3m24
 8º        Rui Borba                   Ind.                             3m27
 9º        Paulo Mendonça          Ind.                             3m31
10º       Miguel Lima                 Ind.                             4m23
11º       Aurélio Pamplona          Ind.                            5m41
12º       João Bartolomeu          Ind.                             6m06
13º       Alvarino Pinheiro          Ind.                             7m55
14º       Miguel Bettencourt       Ind.                             8m54
15º       Joana Azevedo            Ind.                             9m10
16º       Jorge Azevedo            Ind.                             10m10

A foto de grupo com todos os participantes da "1ª Subida ao Pico do Capitão"...

 

publicado por MSA às 17:39
link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Setembro de 2008

Imagem.

Vista do alto do Pico do Capitão (Porto Martins)...

publicado por MSA às 08:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 20 de Setembro de 2008

Cartaz.

Começam amanhã as Festas de São Carlos (21 a 29 de Setembro)...

 

Mais informações aqui .

publicado por MSA às 12:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008

Números de campanha...

O PS/ Açores tem um orçamento de 1,8 milhões de euros destinado à campanha para as Eleições Legislativas Regionais 2008, conforme os dados do Tribunal Constitucional que estão disponíveis no site daquele organismo.
A verba a despender pelos socialistas representa 59 por cento do total do montante a ser gasto pelos sete partidos e uma coligação que vão a votos no dia 19 de Outubro.
Por exemplo, só na rúbrica “Concepção da campanha, agências de comunicação e estudos de mercado” o PS/Açores vai gastar praticamente o mesmo que o PSD/Açores, a segunda força do “ranking” dos mais gastadores, com cerca de 888 mil euros ( 29 por cento do total).
Seguem-se, por ordem decrescente dos montantes que constam do site do Tribunal Constitucional, , a CDU (180 mil euros), o CDS-PP (cerca de 135 mil euros), o BE (49, 500 euros), o MPT (11 mil euros), o PPM (pouco mais de 4.500 euros) e PDA (3 mil euros).

publicado por MSA às 14:26
link do post | comentar | favorito

A Aerogare.

Naquele que deve ser o seu último acto como presidente do Governo Regional na presente legislatura, Carlos César inaugura daqui a pouco a renovada (e atrapalhada...) Aerogare Civil das Lajes, na Terceira.

Disponível está já o seu discurso para a ocasião, do qual é impossível não reter a frase de abertura:

 

Assinalamos hoje, simbolicamente, o termo das obras que transformaram completamente a Aerogare Civil das Lajes... "

 

Realmente, não se pode dizer que haja um défice de sentido de humor nos Açores...


 

publicado por MSA às 11:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

1ª Subida ao Pico do Capitão.

O Pico do Capitão, ponto mais alto da fregeusia do Porto Martins...

 

A freguesia do Porto Martins, no concelho da Praia da Vitória, recebe no Domingo uma inédita prova de corrida: a 1ª Subida ao Pico do Capitão. O evento, integrado nas Festas de Santa Margarida, consiste em subir aos 150 metros de altitude do referido Pico, em contra-relógio, pelo atalho marcado pela organização, a cabo da “porto das pipas PRESS”.

 
Um percurso com cerca de 650 metros, que os atletas vão correr (ou andar…) em grupos de dois ou três participantes “tal seja a adesão de concorrentes”, refere Miguel Azevedo, autor da ideia, que agradece a “pronta aceitação da comissão das festas, que se quis juntar a mais uma prova original que se realizará na Terceira”, explica.
 
A subida está marcada para as 11 horas, podendo os interessados fazer a sua inscrição uma hora antes, altura da concentração dos atletas, “em que poderão efectuar um aquecimento no próprio percurso, de modo a reconhecê-lo”, diz Miguel Azevedo. As dificuldades da prova estão “para além da natural inclinação, no mau piso de algumas partes da pista, se bem que o final seja a subir, mas num agradável trilho de pasto”, informa o organizador.
 
Fazendo um apelo aos interessados “quer sejam eles habituais praticantes de Triatlo, Atletismo ou de outras modalidades onde a corrida tenha papel de destaque”, a organização deseja que haja “uma adesão também popular, de quem queira pelo menos subir ao Pico do Capitão, e desfrutar da bonita paisagem sobre a Praia da Vitória e o Porto Martins, panorâmica que vale bem o esforço”, referem.
 
Exemplo do número/certificado de cada atleta (by PRL/Copitu II)
 
Mais informações sobre a prova poderão ser dadas pelo email portodaspipas.press@gmail.com ou telemóvel 96-6533079.

 

publicado por MSA às 10:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Vai devagar, Riccardo!

Riccardo Patrese é um dos mais conhecidos e admirados pilotos da Fórmula 1, embora esteja retirado das pistas há já quinze anos. Recentemente o veterano italiano, que é o segundo piloto de sempre com mais Grandes-Prémios disputados (257) - apenas ultrapassado este ano por Rubens Barrichello - foi convidado pela Honda para testar um carro da nova geração (o Honda RA 107) do "Grande Circo", tarefa que desempenhou na perfeição.

Após a experiência, Patrese ainda teve tempo para dar uma "voltinha" ao traçado de Jerez de la Frontera, desta feita num simples Honda Civic Type-R...e acompanhado pela sua mulher Susi...

Só depois descobriram que havia uma câmara a registar a "aventura"! Vale a pena ver o video. Pelos sustos repetidos da Sra. Patrese e pelo domínio e tranquilidade impressionantes do velho lobo...


 

publicado por MSA às 02:33
link do post | comentar | favorito

TT "Tracção Total" 2008.

O Todo-o-Terreno terceirense regressa hoje das férias de Verão...

 

Depois de umas merecidas - embora sempre activas – férias, a caravana do Todo-o-Terreno terceirense regressa hoje ao seu estado puro e duro, com os 4x4 a arrancarem para a primeira tirada do "Tracção Total 2008”, uma organização encabeçada pelos manos Valadão, e que promete animar as hostes sedentas de competição e obstáculos. Será a quarta prova da temporada (ficando a faltar ainda mais duas…), com o início a acontecer, pelas 20 horas, no “Queijo Vaquinha” (Cinco Ribeiras), de onde a caravana de 21 equipas arranca para a primeira de três navegações, sendo as duas seguintes disputadas amanhã. A tirada inicial levará os jipes às matas da Terra-Chã, com passagem pelo inevitável Pedregal, matas do Posto Santo, Doze Ribeiras, Lagoa das Patas, com o regresso a fazer-se ao local de partida pelas 23 horas. Amanhã, logo pelas 10 horas, a caravana sai da Praia da Vitória, rumo ao Cabo da Praia, seguindo para o Porto Martins, Serra do Cume, Fontinhas, matas da Agualva, Quatro Ribeiras e Biscoitos, onde as equipas param para almoço (13h00). Uma hora mais tarde começa a derradeira orientação, com a visita ao “Poço do Passarinho” a prometer emoções, e a preparar as hostes para seguir novamente pelas Quatro Ribeiras, depois pelos Altares, Serreta, Doze Ribeiras e a paragem final a ser feita no acolhedor “Queijo Vaquinha”, local onde os prémios serão entregues no Domingo, pelas 20 horas. Entre as navegações e a distinção dos vencedores haverá 7 obstáculos de Trial (três de manhã e quatro à tarde), com início pelas dez horas, junto à ETMAL na Barraca (Via Rápida).
Recorde-se que o Troféu é liderado pela dupla António Ventura/Manuel Parreira (Land Rover) no que toca à Navegação, enquanto as provas de Trial vão ditando o comando de Manuel Sousa e Carlos Almeida, no inacessível Suzuki Samurai.

"a UNIÃO" vai de Patrol!

 

A "Equipa dos Primos" desta feita vai fora-de-estrada...

 

A ausência do habitual navegador no Nissan Patrol do “Team Faísca” colocou à vontade o repórter de serviço para navegar, no exigente “TT Tracção Total”, o piloto Duarte Monteiro pelo que, e agora numa complicada aventura fora-de-estrada, com navegação e orientação à mistura, se juntará novamente “a Equipa dos Primos” que já tomou parte em duas provas da Taça de Ralis da Ilha Terceira. Com o número 38 nas portas do possante jipe nipónico que, realce-se, foi uma obra de paciência do seu proprietário em termos de recuperação e restauro, a reportagem vai mesmo ser feita “in-car”…ou, neste caso “in-jeep”! Mais do que assinalar os factos importantes da prova, será importante não baralhar o rumo traçado pelo “road-book”, pelo que a dupla não promete grandes feitos, mas vai tentar não andar (muito) perdida!...


 

publicado por MSA às 02:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 18 de Setembro de 2008

Festas de Santa Margarida 2008.

Cartaz das Festas de Santa Margarida 2008.

 

Depois de, às 20 horas, se abrir a iluminação, será com um desfile do agrupamento local de Escuteiros (21h00) e com a tradicional Cantoria (22h00) que, no sábado (dia 20), se iniciam as Festas de Santa Margarida 2008, o habitual certame que, no Porto Martins, anima o mês de Setembro da mais jovem freguesia da ilha Terceira.
 
No Domingo (dia 21) as festas começam cedo, pelas 11 horas, com uma inédita prova de Atletismo, a "1ª Subida do Pico do Capitão", evento aberto a todos os populares. Pelas 13 horas a "Regata de Santa Margarida 2008" vai colorir a baía do Porto Martins, para, às 16 horas, a Missa Solene preparar a Procissão de Santa Margarida. A noite será preenchida com um concerto da Orquestra Ligeira dos Biscoitos (22h00).
 
Segunda-feira (dia 22) há Missa Solene (17h00), seguida da Procissão de São Vicente, sendo o concerto de "Os Tinotas" (22h00) a animação musical prevista. No dia seguinte, terça-feira (23), o tradicional Bodo de Leite do Porto Martins começa pelas 11 horas, realizando-se, às 17h00 uma Vacada com curro da Casa Agrícola José Albino Fernandes e de Herdeiros de Ezequiel Rodrigues. A música começa às 21 horas com a Tuna Académica "TUSA", seguindo-se a banda rock terceirense "GOMA", cuja actuação se inicia às 22 horas.
 
Na Quarta-feira (dia 24) a animação começa cedo (10 horas) com uma excursão ao mato, rumo ao tentadero da Ganadaria Herdeiros de Ezequiel Rodrigues, de onde virão os toiros que formarão a tradicional largada para o touril (16h00), seguindo-se a Tourada à Corda (17h30). Pelas 21h30 novamente a música marca presença, com os "Summertime", que antecedem o concerto da banda rock "Dr. Shoalds and The Tired Dogs" (22h00).
 
O último dia das festividades (quinta-feira, 25) inicia-se com nova excursão ao mato, desta feita para o tentadero da Casa Agrícola José Albino Fernandes. Os toiros serão largados para o touril às 16h00, sendo corridos, junto à igreja, também pelas 17h30. A noite musical tem como cartaz a actuação dos "Rock, Rhytm and Blues", encerrando-se as Festas de Santa Margarida pela meia-noite, com um espectáculo de fogo de artifício.
 
"Manter uma tradição festiva que dá animação ao Porto Martins" é o objectivo principal da comissão formada por Alvarino Ferraz Pinheiro, António Barreira, Duarte Coelho, Filipe Silva, José Luís Cardoso e Tiago Miranda, que convidam todos "a visitarem a pitoresca localidade que, em dias de festa, é ainda mais acolhedora".


 

 

publicado por MSA às 15:58
link do post | comentar | favorito

O degrau.

No início do ano, e a expensas do risco eminente de se desfazer (mais) uma parte da muralha próxima ao antigo Cais de Angra, deparei-me com um horrível remendo de cimento que a tutela do espaço resolveu levar a cabo na ancestral estrutura. O caso foi mesmo publicitado pela oposição, e tal pena não o tivesse sido por um agente ou empresário turístico da nossa praça já que, tal como a maior parte dos reparos à gestão da nossa cidade antiga, caiu em saco roto...

 

Desta feita foi nas minhas (reiniciadas) caminhadas que, abeirando-me da entrada de baixo do Relvão, onde os detritos abundam e as pedras propiciam uma aterragem até abaixo da Porta da Prata, travei conhecimento com um inestético (pronto, horroroso...) degrau de cimento a encimar as escadas de pedra onde os passos de outrora estão bem marcados e onde, tal como em tantos sítios, repousa a história deste nosso burgo. O mesmo que é património mundial para não ter carros durante uns dias e muita macacada à solta para felicidade dos petizes. O mesmo onde, nos outros dias, o caos da circulação não se resolve nem se pensa. O mesmo cujo litoral (meio-requalificado, meio-acanalhado) passou mais um Verão envolto na maior porcaria e lixo por onde se passa. O mesmo onde gosto muito de morar, mas onde me arrepia a incúria visual desta gente que manda e desmanda, sem qualquer respeito pela sua (e nossa) terra...


Vista das escadas entre a Porta da Prata e o Relvão...

(...)

A belíssima solução estética encontrada para encimá-las...

(...)

Fantástico, de facto...

 

publicado por MSA às 12:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Cartaz.

Hoje à noite vai falar-se sobre uma relação que, sinceramente, nem sei se existe mesmo...

publicado por MSA às 10:09
link do post | comentar | favorito

Um Poema para o dia 18 de Setembro de 2008.

EMBRIAGUEM-SE (Charles Baudelaire)

 

É preciso estar sempre embriagado. Aí está: eis a única questão. Para não sentirem o fardo horrível do Tempo que verga e inclina para a terra, é preciso que se embriaguem sem descanso.

Com quê? Com vinho, poesia ou virtude, a escolher. Mas embriaguem-se.

E se, porventura, nos degraus de um palácio, sobre a relva verde de um fosso, na solidão morna do quarto, a embriaguez diminuir ou desaparecer quando você acordar, pergunte ao vento, à vaga, à estrela, ao pássaro, ao relógio, a tudo que flui, a tudo que geme, a tudo que gira, a tudo que canta, a tudo que fala, pergunte que horas são; e o vento, a vaga, a estrela, o pássaro, o relógio responderão: "É hora de embriagar-se! Para não serem os escravos martirizados do Tempo, embriaguem-se; embriaguem-se sem descanso". Com vinho, poesia ou virtude, a escolher.

 

publicado por MSA às 10:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

Cartaz.

"Umbigo, a famíla"...www.kameraphoto.com/kgaleria

publicado por MSA às 15:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Palavra de deputado...

" O CDS-PP, desde sempre, tem sido o único partido crítico e a denunciar os abusos que o Estado tem concedido na atribuição do Rendimento Social de Inserção (RSI) ".

 

Eu já tenho lido e ouvido essa realidade criticada por todos os quadrantes políticos e sociais da vida portuguesa. Com duas excepções: o PS que criou a medida e a maioria dos beneficiários, que calam e enchem o papo, criando uma onda de desconfiança sobre quem, verdeiramente, necessita de apoio e quem não quer, de todo, fazer nenhum... 


 

publicado por MSA às 12:14
link do post | comentar | favorito

Lusitânia out!

Outros tempos - Época 2006/07 - com o Lusitânia a conquistar a Taça da Liga...

 

A equipa masculina sénior de basquetebol do Lusitânia está de fora da primeira edição da Liga Portuguesa de Basquetebol, a nova competição máxima da modalidade.

 

" A decisão tomada pela Federação Portuguesa de Basquetebol, que em comunicado explicou as razões do afastamento da equipa, sendo que a principal vai para o facto do clube não ter dado resposta a questões básicas relacionadas com a organização da competição ".

 

publicado por MSA às 02:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

Imagem.

Sebastain Vettel, o mais jovem vencedor de um Grande-Prémio de Formula 1...

publicado por MSA às 23:29
link do post | comentar | favorito

Colin: um ano depois...


Colin Mcrae - Rali De Portugal 1998 - Watch more amazing videos here

publicado por MSA às 09:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 14 de Setembro de 2008

Olá, Mariana!

A pequena e recém-chegada Mariana, já aos cuidados da nossa "Tina"!

 

Pois é, Mariana. Aqui o amigo (muito) mais velho até te viu aí com umas 40 horitas apenas, mas nunca mais adregou de que já tinha fotos tuas num email. Para além da meia dúzia que trouxe no telemóvel. Assim sendo, e só agora povoas este espaço, embora nos tenhamos já rido a valer com algumas patifarias de pequena criança que já andas a aprontar. Isto para além de seres o deleite dos olhos da tua mana mais velha (mas essa é pouco mais velha...). A Catarina não sabe que mais há-de fazer para complementar as tarefas dos pais babados, que pensam que não vemos isso na cara deles. Olha, a esta hora já lhes deves ter deixado a cabeça em água com o teu horário trocado. Mas continua, que os melhores são os que se deitam tarde!

Beijinhos, dorme bem, e aproveita enquanto isso corre fácil. É que depois complica. Bem vinda à vida deste lado...

publicado por MSA às 02:19
link do post | comentar | favorito

Camilo, o cromo-mais-velho.

Camilo, 60 anos de risota nacional...

 

Habitualmente, Camilo de Oliveira é apenas o mote para um engraçado despique entre mim e a minha Anita, que não compreende (ou parece?...) a "propositada" vontade que mostro para seguir atentamente os episódios protagonizados pelo decano dos nossos comediantes. Esta noite, - sim que isto está a ser escrito assim para o tardote... -, a gala transmitida pela SIC permitiu aferir a popularidade e carinho que ao dito encaminha a lusa pátria, assim como a restante população artística e mais mediática. Congratulado com um contrato milionário - e vitalício, ao que se sabe - pela estação de Carnaxide, Camilo é um velho lobo dos mares da piada nacional, assentando toda a sua extensa carreira em aturado trabalho e num escolha acertada de pregões e temáticas da vida real. Na minha modesta óptica de espectador, acho-lhe piada. Acho piada à sua vitalidade e ao eterno, e bem mantido, ar de velho gaiteiro que bem poderia ser aqui o nosso vizinho ou o reformado senhor do talho ou da tabacaria. Camilo é assim ume espécie de cromo-mais-velho, daqueles que ainda tinham de se colar com Peligon... (isto para os que ainda se lembram da marca).

publicado por MSA às 01:05
link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Setembro de 2008

Promessa(s) cumprida(s)...

Pronto, e lá fui eu com a minha afilhada-já-crescida (Alô, "Moniquete"!...) a pé para a Serreta. Se bem que a restante companhia de trajecto tenha ficado para trás ainda na Rua da Sé (!), ainda pensamos deixar para hoje a caminhada, dada a chuva copiosa com que São Pedro nos brindou na rua a que deu nome. Mas, gente decidida é assim mesmo, lá prosseguimos rumo ao norte.

Em passo firme e diálogo constante - e ainda fomos entrevistados para a "Lusa" (um abraço, Aranda), os quilómetros sucederam-se em bom ritmo e - agora está confirmado -, se tivéssemos dado "corda aos sapatos" ainda antes do Pesqueiro, nem tinham sido três horas. Mas valeu a pena um esforço que nem o foi a preceito...e abriu-me mais um compromisso com a minha terra e estas gentes de fé e crenças firmes. Para o ano é pelo mato!

publicado por MSA às 22:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Até à Serreta...

Serreta: ou quase o fim de uma peregrinação que movimenta milhares...

 

Por esta hora devo estar a caminho do Serreta, integrado no início da habitual peregrinação que leva, todos os anos, milhares de fieis e caminhantes ao norte da Terceira. Vou fazê-lo pela primeira vez e, mais do que a distância ou o esforço (a ver pelo teste "dinâmico" de anteontem, não deve haver crise...), desperta-me curiosidade toda a envolvência que, apenas a espaços, conheço desta manifestação.

Quanto aos motivos, são bem meus, e só os partilharei em caso único... 

publicado por MSA às 19:08
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 27 seguidores

.pesquisar

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. BD Luís Silva Ribeiro - E...

. The great Lewis...

. Direito e tradições

. Wolf Alice - Beautifully ...

. Paciência, sr. não-engenh...

. Hino Make-A-Wish Portugal

. Ciclo Tentas Comentadas 2...

. O amigo Domingos.

. Ação em Portimão!

. Tentas comentadas

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds