Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

Pela Liberalização...


"Liberalizar as ligações aéreas nos Açores é uma necessidade "urgente" e uma medida que já deveria ter sido posta em andamento. Foi esta a voz comum de um grupo de cidadãos que levou a efeito, 3ª feira à noite em Angra do Heroísmo, o primeiro de um ciclo de encontros *Ideias & Debates*, e cujo tema inicial foram os transportes aéreos... "

publicado por MSA às 17:26
link do post | comentar | favorito

"Bullit" (Perseguição).


"Bullit"- c/ Steve McQueen (1968).

publicado por MSA às 12:25
link do post | comentar | favorito

365 dias.


Pois é, já foi há um ano atrás...


publicado por MSA às 09:55
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

De visita...

O "nosso" Roberto...pronto para o Entrudo.

 

Há pouco abracei um amigo que já não via há um ano e sete meses.

Está igual, simplesmente igual. E a nossa amizade forte como as distâncias...

publicado por MSA às 12:48
link do post | comentar | favorito

A "rasa" ao polícia monegasco!...

No Rali de Monte Carlo...há uns dias atrás...

 


 

 


"Por pura sorte o (...) agente não foi atropelado. Até arrepia ver a velocidade a que passa Loeb e a tangente que faz a essa pessoa. Façamos agora um exercício de imaginação. Pensemos no que estaria a acontecer se o dito agente tem passado a estrada uns décimos de segundo mais tarde. O Rali de Monte Carlo seria manchete em tudo quanto é órgão de comunicação social - sempre tão ávidos de “sangue” - por esse mundo fora! E lá se ia falar da (falta de) segurança nos ralis, e sabemos lá mais o quê! Mas que segurança pode haver quando é um dos elementos responsáveis (!?) por zelar por ela a cometer uma “burrice” destas?!... "

José Bandeira (www.motoresmagazine.net)


publicado por MSA às 12:19
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Por um telemóvel roubado...

Este já era...e já não liga...!

 

Há dois dias enviei o seguinte email para a minha (muito) extensa lista de contactos:


 

Caríssimo(a)s:

 

Infelizmente, este fim-de-semana, os amigos do alheio ficaram-me com o telemóvel.

 

Assim, e na impossibilidade de recuperar os cerca de 850 contactos que tinha o meu saudoso "Samsung" pedia-vos o envio do número que entendam eu deva (ou não) ter.

 

Mais de metade dos contactos estavam salvaguardados, mas o resto...

 

Como informação adicional, e sendo cliente TMN, posso dizer-vos que, apesar de não haver loja oficial da marca na Terceira, podemos proceder ao bloqueio de um equipamento roubado no agente autorizado da operadora. É isso que vou fazer a seguir, pelo que ficará o sr. ladrão a saber que amanhã (se ainda não vendeu o meu telemóvel...) já não faz chamadas por ali...nem eu!

 

Abraços.

 

Miguel.


Felizmente recebi mais de uma centena de respostas, algumas delas a confirmar que o facto de ter ficado sem telemóvel ainda me proporcionou umas valentes gargalhadas. Para além dos conselhos mais sérios de sobre como devo fazer para, no futuro, guardar no PC todos os meus contactos, vieram cá parar mensagens engraçadíssimas de alguns amigos. Desde um que me afiançou que “se, aqui no continente, me tentarem vender o teu telemóvel, eu aviso-te”, até um outro que referiu ter “também um Samsung, mas não é o teu! Só para esclarecer”, passando por uma simpática mensagem familiar com os números todos do seu agregado. Uma amiga jornalista recordou que nunca se devem “desprezar as agendas em papel”, outro colega da mesma área afiançou que “já andamos dependentes destas coisas”, enquanto um mais experiente repórter encerrou o email com um sentido “o telemóvel pode não voltar mas os números e os amigos ficam”. Outro compincha palpitou que “deve ter sido a ASAE a ficar com o teu telemóvel”, um amigo dos automóveis, mais céptico, endereçou-me as suas “sentidas condolências por tão fatídico acontecimento”, e relevante foi o “join to the club e olho vivo” de um companheiro do fora-de-estrada para, do Brasil, chegar o aviso de que aposto que o ladrão procurava mesmo eram os teus contactos… E conseguiu! ”...

Aos intervenientes directos destas mensagens, peço desculpa pelas inconfidências e agradeço os sorrisos.

publicado por MSA às 12:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Imagem.

O Cabo Horn, aos olhos de Genuíno Madruga...

 

Foto: www.genuinomadruga.com . Tirada na manhã de 24 de Janeiro às 10h45 UTC.

publicado por MSA às 11:56
link do post | comentar | favorito

O "T.I.T." lido "lá fora"...

Capa de uma das edições de 2007 da "Off Road 4x4".

 

Pela primeira vez na sua história o Troféu Ilha Terceira de Navegação e Trial 4x4, um evento que é apoiado logisticamente pelo Terceira Automóvel Clube, terá este ano, uma cobertura mediática a nível nacional.
Com efeito a revista “
Off Road 4x4”, numa parceria com o autor destas linhas diárias, passará a dar o devido destaque à competição terceirense.
Lançada em 2006, a “Off Road 4x4” é uma publicação virada para as actividades de todo-o-terreno, nas suas vertentes turística, competitiva e comercial tendo, segundo a crítica, sido uma “lufada de ar fresco” no segmento. Refira-se que o número de Fevereiro já trará matéria e fotos relativas ao passeio da tasca “o Papagaio”, assim como uma visão do Troféu que tem abrilhantado as “canadas” terceirenses…

publicado por MSA às 10:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

Temos dois ministros novos...

...e um Secretário de Estado.
publicado por MSA às 16:46
link do post | comentar | favorito

Terceira Basket na net.

Está "on-line" a equipa das esperanças terceirenses na bola ao cesto..

 

Por iniciativa do amigo e dirigente Duarte Veríssimo está já online o blogue da equipa de basquetebol do "Terceira Basket", a designação adoptada há dois anos para o então conjunto satélite do Lusitânia.

Por ali irão passar a surgir as novidades e informações relativas ao conjunto de jovens e promissores atletas que, novamente a fazer parte do pelotão do Nacional de Basquetebol 1 (CNB1), têm surpreendido muita gente pela valia técnica e bons resultados. A isso não está alheio o trabalho-base liderado por um treinador respeitado e competente como é Nuno Barroso. Que espero um dia poder ver a orientar a equipa principal do "nosso" Lusitânia. Num prémio claro que seria dado à sua entrega e carinho pela modalidade.

publicado por MSA às 12:44
link do post | comentar | favorito

O amor e os Açores.

César finalmente abriu caminho para Outubro...

 

Depois de algumas (poucas) semanas de dúvida, não que a houvesse mas porque a tentaram criar, Carlos César deu o passo lógico, assumindo-se candidato à liderança do PS-Açores e esperado cabeça-de-lista para mais um governo socialista saído das eleições de Outubro próximo. César, perante uma plateia extensa em Angra, e com algumas imprevisíveis figuras de destaque na mesa de honra, garantiu ser o mote da continuidade o seu "amor" pelos Açores. Politicamente não vou comentar as decisões tomadas, até porque eram tão aguardadas como o passar dos olhos pelo calendário, mas quero apenas dar por percebido que o "amor", os "corações" e toda a panóplia sentimental que se apoderou das campanhas eleitorais (e esta já começou há mais de ano...), me deixa entristecido e sem crença nas promessas de quem governa. Recordo que, em 2004, fui convidado e aceitei fazer parte da Comissão de Honra para a recandidatura de Carlos César à presidência do Governo Regional. Não vivia nos Açores desde 1998, embora tivesse contacto diário com toda a sua informação, e os períodos de férias revelaram-se enganadores no aferir do sentimento geral das suas gentes. Que, mal regressei, há cerca de dois anos e meio, confirmei ser, não de euforia, mas de contenção e receio para uma grande maioria.

Contra mim poderão falar, pois também renunciei a parte da actividade profissional que para cá vim desempenhar, pondo-me a caminho de um novo rumo que (também) penso precisam os Açores. Mas a opção foi arriscada e perante uma vontade de pensar as coisas de um outro modo e de contribuir para tal. Não, e nunca, de colagem a uma imagem de poder emancipado (que não é real), cujas jogadas de bastidores e golpes baixos me fizeram crescer de repente e deixar de acreditar no que vejo por si só...

Fica assim pelo caminho a parte importante e sonante do mote dado por um candidato ao mais alto cargo das nove ilhas. O caso de amor por elas, que perigosamente pode sonegar a verdade aos sentimentos. Não deixo de acreditar que eles existem, mas esta forma de os tornar activos é, para mim, completamente enganadora...

publicado por MSA às 12:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Meu rico euro-e-meio...!

Os bancos (ainda?) pretendem passar a cobrar 1,50 euros por cada levantamento nas caixas ATM (vulgo Multibanco). Ou seja de cada vez que levantar (o seu) dinheiro com o seu cartão, o banco ia “almoçar” ou “jantar” à sua conta. O "imposto" (é mesmo uma imposição, e unilateral) aumentaria logicamente os lucros dos bancos que, actualmente continuam a subir na razão directa da perda de poder de compra dos
Portugueses.

Este é um assunto que a todos interessa, por isso, e se não estiver de acordo e quiser protestar, assine a petição on-line criada para o efeito (que já vai a caminho dos 160 mil signatários) e reencaminhe esta missiva para o maior número de pessoas conhecidas.

publicado por MSA às 11:46
link do post | comentar | favorito

Imagem.

A igreja da Serreta na porta de um UMM...
publicado por MSA às 02:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

Transportes aéreos debatidos amanhã.

IDEIAS            

 

&    

             

DEBATES     

 

Esta terça-feira realiza-se em Angra do Heroísmo o primeiro de uma série de encontros abertos ao público, cujo mote é simplesmente pôr a sociedade açoriana, e particularmente a terceirense, a discutir as temáticas actuais que mais a afectam.

 

Ideias & Debates será pois um espaço de discussão, marcado sempre com um tema de fundo e convidados a ele ligados, e que se vai dividir por Angra do Heroísmo e a Praia da Vitória. Segundo a organização do ciclo a sociedade “tem uma palavra importante a dizer na definição de políticas e do rumo a seguir pelas instituições e organismos da nossa ilha”. Assim o “fio condutor” para o conjunto de encontros será tratar “de um modo informal” os assuntos e as preocupações do dia-a-dia açoriano.

 

Isto uma vez que é “dito e ouvido praticamente todos os dias que a sociedade está cada vez mais alheada da política”. O grupo organizador pretende possibilitar “a discussão pública, mas sem barreiras políticas, de assuntos que a todos dizem respeito”, e provocar o debate sobre ideias que “habitualmente” apenas se discutem “nas reuniões das câmaras municipais ou mesmo da Assembleia Legislativa da Região”.

 

O primeiro encontro do ciclo Ideias & Debates será sobre TRANSPORTES AÉREOS, e realiza-se amanhã, no Café do Centro Cultural de Angra do Heroísmo, pelas 20h30m, tendo como oradores convidados o Presidente da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, Sandro Paim, Tomaz Dentinho, e um Agente de Viagens local. Segundo a organização estão convidados a marcar presença no início do ciclo “todos os interessados, sem distinção de credo partidário”. Afinal o que se pretende é “trazer para a praça pública” as vozes que se erguem “fora dos círculos políticos”.

 

Matérias como a juventude, o emprego, a educação ou a saúde, devem constar da lista temática de futuros encontros, onde convidados e público “poderão trocar opiniões e pensamentos sobre o que nos toca directamente”. Para cada área escolhida, acrescente-se, o leque de personalidades “vai adaptar-se ao momento e ao tema”. Sendo que o movimento quer criar uma tendência firme de participação e de auscultação, se calhar “duas das coisas que mais têm faltado na sociedade açoriana”, refere o texto que apresenta o evento.

 

 
publicado por MSA às 09:36
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Janeiro de 2008

Grant Lee Buffalo - Lone Star Song.

publicado por MSA às 11:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

"Ventania" abre competição 4x4...

A "Rota dos Ventos VI" começa daqui a pouco...

 

Esta noite tem início aquela que deverá ser a mais competitiva época de sempre do todo-o-terreno na ilha Terceira. Depois do “aquecimento” de Domingo passado, onde a diversão deu o mote para a temporada, desta feita é mesmo a “doer” e a sexta edição da “Rota dos Ventos” indicará o rumo que a modalidade vai viver em 2008. A prova organizada pelo Terceira Automóvel Clube, às mãos trabalhadoras de Nuno Rosado, Ricardo Costa e uma vasta equipa de colaboradores, promete cerca de 260 quilómetros de Navegação, divididos por três secções (ver indicações), que irão culminar no Domingo, com as dificuldades de 5 obstáculos e uma inédita pista de Trial. Aliada ao bom leque de concorrentes está uma estrutura já “rodada” e onde se destacam pormenores de eficiência, casos das inúmeras informações para o público e um cuidado especial para inovar sem choque, mas sempre na busca de qualidade para o nosso todo-o-terreno. E nisso, têm sido incansáveis as organizações de uma forma geral, e os concorrentes que, cada vez melhor, preparam as suas máquinas e saem das “ratoeiras” dos road-books com maior facilidade e bom aproveitamento. Numa apreciação global é com gosto que se verifica uma animação tão grande à volta dos seis eventos que compõem o “Troféu Ilha Terceira”, este ano com o patrocínio do tradicional “Queijo Vaquinha”, bem como de todas as actividades que metam redutoras, lama, pedra solta e adrenalina!

Por agora ficam todas as informações relativas à prova inaugural do “T.I.T.-edição 2008”, evento que vai dar já umas “luzes” de, entre as mais de 30 equipas, quem poderá suceder a Ângelo Ventura/Samuel Pires, campeões da Navegação em 2007, e António Ventura/Manuel Parreira, os mais expeditos do Trial na época passada. Está lançado o desafio…fora-de-estrada com eles!

Todas as informações sobre a prova estão aqui e aqui .

publicado por MSA às 19:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Frase (de relance).

Ouvida há pouco no café:

" -Estão a trabalhar para eleições. Em vez de tomarem decisões importantes nas alturas certas, estão a trabalhar para eleições... "

Nem quis saber de quem falavam.

publicado por MSA às 15:44
link do post | comentar | favorito

O Cabo Horn já está!

O navegador açoriano já concluiu uma das etapas principais da sua segunda volta ao mundo...

 

Foi ao início da manhã açoriana que, no extremo sul da América, Genuíno Madruga passou o Cabo Horn, sem dúvida a etapa mais marcante da sua segunda volta ao mundo em solitário. O "Hemingway", companheiro fiel do marinheiro das ilhas de bruma, lá vai seguindo, numa campanha plena de intensidade e amor pelo mar. Boa viagem...

Hoje , pelas 19h30, será possível ouvir (aqui) uma entrevista exclusiva, e em directo, com Genuíno Madruga. Por agora, fica a saudação de bordo...

publicado por MSA às 11:19
link do post | comentar | favorito

de regresso ao papel...

Do Porto das Pipas...(127) / Jornal "a UNIÃO"

 

Esta mania de "postar"...

 

Uma vista alternativa deste nosso espaço...

 

Salvo erro é de Setembro passado a última aparição destas crónicas nas páginas do jornal “a UNIÃO”. Uma ausência não programada, mas que aconteceu muito por culpa do espaço a que estas mesmas crónicas deram origem e que, muito subtilmente, as relegou para um plano secundário: o meu blogue. Com efeito tem sido para lá direccionada toda a produção escrita deste vosso cronista de ocasião, também lá indo parar toda e qualquer movimentação de criatividade, bom gosto, crítica mordaz ou simples pesquisa pela grande rede. Com tudo isso, e os “posts” e “posts” que foram surgindo entretanto, se levou à debanda a aparição em papel, excepto no que aos desportos motorizados vá dizendo respeito. De facto a necessidade de ir escrevendo no blogue é uma coisa que roça o insano, e até causadora de uma certa urticária em caso de falha num ou mais dias. Acredite-se ou não, mas é criado um compromisso virtual para com os visitantes anónimos, e uma quase tarefa inevitável para com as caras amigas que, nos dias decorrentes, vão comentando este ou aquele texto, uma ou outra fotografia, até mesmo a subtileza de um link ou o trocadilho de um título.

Nos últimos tempos a vertente crítica do “Porto das Pipas” (o blogue, entenda-se…) tem estado mais activa que nunca. E isso até se poderá associar, de uma forma meramente sensitiva, ao próprio espaço que deu nome, primeiro às crónicas, e só depois ao hoje focado blogue: o “Porto das Pipas”, mas o de Angra. Tudo porque, após anos de espera e de anseios sobre que maravilha estava programada, ao abrigo da propalada revitalização da baía da cidade-património, para o outrora cais de abrigo quinhentista, depois porto comercial, e hoje um arrazoado de funções inexplicadas, o resultado é irritável. Há lazer sem controlo algum, há valias marítimas sem lógica alguma, há betão pigmentado sem aderência alguma, enfim há mau gosto sem justificação que se preze. E também uns traços amarelos e umas grades da mesma cor que teimam em cair com o vento…

Mau grado o estado do local que criou (ou onde foi criado…) o blogue, (porque é assim mesmo e tudo começou numa passagem de ano naquele mesmo sítio), estas ilhas passam tempos de alguma fartura mas de muita incompreensão. Alguma fartura para os que, a salvo do poder, se alcandoraram a posições de relevo (e ainda bem que o fizeram…), e só é pena que muitos esqueçam quem elege o dito poder, assim como as promessas e intenções feitas em tempos passados. De incompreensão porque, também a salvo desse dito poder, e de uma real repressão a quem dele não comungue, há um medo apelativo em que quem fala é criticado e quem se cala consentido. Se não me perceberam nem levantem muito o tom, não vá uma chefia ficar descontente…

Mas tudo isto, ou as andanças e decisões da vida pública que tento retratar amiúde num simples espaço virtual, pode acomodar-se em diversas opiniões, desde que bem ou mal fundamentadas, mas com algum resquício de originalidade. E é aí que falha a sociedade civil, falham muitas vezes os “opinion-makers” e, num espectro meramente local, se deixou de expressar o que se pensa. Ter ideias e debatê-las parece que se tornou um estigma nas nossas paragens. A não ser que se crie o sempre apetecível (para as hordas alinhadas do poder…) conluio com as instâncias vigentes, de modo a dar o “salto” para uma situação segura e melhor, ou para assegurar que alguém se prenda a essa mesma estabilidade. Que é, cada vez mais, apodrecida e abandonada das vantagens de escolher os melhores pelas suas qualidades. Tal qual se escolheu o modelo para pintar e desbaratar o Porto das Pipas. Tal qual vai definhando a baía que outrora lhe completava o acolhimento a forasteiros. Porque há barcos e luxo, mas também muita ferrugem, buracos e algum mau cheiro. E eu até tenho pena disso…

 

PS-O “trabalho” diário de ir acrescentando alguma valia ao blogue é reconhecido com um número crescente de visitas. Longe dos colossos “foguetabraze” e “ :ilhas”, dois verdadeiros bastiões da blogosfera “made in Açores”, o meu espaço luta arduamente pela terceira posição do “ranking” regional. E lá se vai safando…

 

 

publicado por MSA às 09:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

"The Real News"...

Para uma actualização global constante...

 

Uma actualização mundial e constante. Com videos dos principais acontecimentos desta era globalizante...e preocupante! Aqui ...

 

 

publicado por MSA às 17:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Alegre e fraterno.

Dois anos depois, e salvas as diferenças, ainda sabe bem ler coisas destas. Mesmo sem nunca saber como teria sido...
publicado por MSA às 12:27
link do post | comentar | favorito

Quem se lembra do "Tó"?...

Possivelmente muita gente que, como eu, tem saudades de rir às gargalhadas com o Herman José. E de, durantes semanas ou meses, repetir afincadamente todas as piadas e "larachas" das suas personagens. Esta, o "Tó/Hooligan português", era (foi...) impagável...portantes, pá, portantes...

 


 

publicado por MSA às 10:04
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Bilheteira.

Pois é. Têm andado caros...
publicado por MSA às 17:12
link do post | comentar | favorito

Angra "atravessada" por parques de lazer...!

Uma vista algo nubelosa sobre um local onde paira um novo e "arrojado" projecto...

A novidade está nas páginas do "D.I. " de hoje, e foi adiantada pelo edil José Pedro Cardoso ao "Magazine R.C.A." do passado Sábado.

Segundo a notícia, trata-se do "projecto de uma vida" que o presidente da Câmara de Angra pretende, nos próximos dois anos realizar na cidade.

José Pedro Cardoso quer então criar uma "vasta escadaria com patamares para repouso e diversão", espaço que seria destinado a diversos escalões etários. O dito "parque" começaria "na Rua da Pereira, na zona onde existem diversos pomares, descendo até praticamente ao centro de Angra". Pelo meio haverá, refere o matutino, "uma imensa escadaria, com diversos patamares, onde serão colocados, de forma estratégica, espaços de entretenimento e repouso, para as pessoas, independentemente da sua idade".
Fiquei algo abismado pois, pelas minhas contas, já vai em cinco o número de estruturas temáticas anunciadas para esta ilha de Jesus Cristo, sem que se lhe vejam as cores ou se entenda o sentido.

Para esta última a ideia é criar "um espaço único, onde nunca passem automóveis e que, ao mesmo tempo, fique no centro da cidade"! Pretende-se então um espaço (mas onde é?...) para ser utilizado por "angrenses, terceirenses em geral, e que possa constituir mais uma atracção turística". A explicação vai mais longe e abarca que "os diversos patamares servirão para repouso e entretenimento", assim como para "criar novas e cada vez mais belas vistas sobre a cidade de Angra"(!). Estou extasiado, garanto.
O meu caro amigo e autarca refere ainda o dito "novo espaço de lazer", como uma alternativa ao jardim público que "apesar de lindo", é "cada vez menos frequentado, com o seu coreto a ficar obsoleto, apesar da boa acústica, já que lá não cabe sequer uma filarmónica", isto em transcrição quase textual da peça do "D.I.", aqui pouco clara, pelo que o sentido da afirmação penso ser outro.

Já não digo nada, sabem. Do Jardim de Angra até à Memória está edificada uma passagem desde o final do século XIX, a passagem Silva Sarmento, sobre a quel não vi uma qualquer recente referência autárquica, embora o merecesse. Dentro do dito jardim "abandonado" está a ser feita uma recuperação de fundo (presumo...) com a colocação de calçada e outros arranjos. Sobre a cidade, paira a inutilidade do Monte Brasil a olhos vistos, um espaço, esse sim "nobre" e que não tem o tratamento merecido como estrutura de lazer, zona protegida, conjunto de ecossistemas ou o que lhe queiram chamar. E agora o pouco "verde" que se avista do monumento erigido a D. Pedro IV é para "rasgar" com degraus e patamares de recreio! 

É que nem pergunto com que valências... esperando que seja esta mais uma promessa vã, sinceramente.

 

 

publicado por MSA às 12:38
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

TT: Nova época abriu com barriga cheia!

O todo-o-terreno da ilha Terceira está de saúde e aconselha-se. Assim o provam os cerca de 150 inscritos (jipes, motos e quads) para o Passeio que, no Domingo passado, deu a bandeirada inicial à temporada, assim como a boa disposição reinante antes, durante, e depois dos 65 quilómetros de bom piso “traçados” pelo João Parreira.

Imagem da felicidade era bem o mentor da iniciativa, que já completa três sucessos, o João “Camurça”, proprietário do estabelecimento móvel que deu nome, comida e (muita) bebida aos presentes: a Tasca “o Papagaio”. Mais do que as palavras, fica uma (pequena) selecção de imagens de um dia bem passado, com o sal das bifanas, salsichas e frangos a condimentar o “salero” de alguns passes às bezerras fora de altura. Não houve chuva nem vento, que se tenha dado por isso, ali para os lados da Terra-Chã. Até para o ano!


Grande imagem com o Patrol de Ricardo e Catarina Rocha...

 

 

-Ora com licença...que agora passamos nós!

 

 

O carro de "reportagem" também ficou algo sujo...

 

 

"RL", dando as instruções de pose aos muitos concorrentes para a foto de grupo.

 

 

O João "Camurça", incansável na preparação de mais uma festa...Até p'ró ano!

publicado por MSA às 12:23
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Janeiro de 2008

Imagem.

Lago Rosa (Senegal)...pois, a chegada devia ter sido hoje.
publicado por MSA às 19:58
link do post | comentar | favorito

Molinero sai do Lusitânia.

Mau grado os resultados dos últimos jogos a verdade é que a equipa angrense está entre as melhores do país. É por isso pena esta saída acontecer agora. Fica a marca de grandes momentos de basquetebol, mesmo com as contingências conhecidas por todos...

Pelo trabalho e pela entrega enquanto treinador do Lusitânia a minha mensagem para Molinero é clara:

 

-Gracias, "Manolo"!

 


 

publicado por MSA às 01:52
link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Janeiro de 2008

Cartaz.

Esta tarde o Lusitânia tentará retomar a senda das vitórias...
publicado por MSA às 09:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008

TT'2008 começa em festa na Terceira!

A Tasca "o Papagaio", promotora do evento de Domingo...

No próximo Domingo dá-se o arranque oficial da nova época do todo-o-terreno na Terceira. E, à semelhança dos dois últimos anos, a temporada tem no Passeio da Tasca “o Papagaio” a sua prova de fogo inicial…ou pelo menos uma barrigada das antigas logo a abrir as hostes fora-de-estrada…

João "Camurça", ou o "Papagaio" himself...

Na sua edição número três pretende então, e novamente, o passeio pensado pelo conhecido João “Camurça”, juntar em torno dos jipes, motos e quads, todos quantos apreciam conviver e apreciar as belezas do interior da nossa ilha. Condimentando um passeio aberto a todos quantos se inscreverem, o evento vai terminar (ou começar, para alguns…) com uma festa “campera” na Praça de toiros da Terra-Chã, onde a animação e a mesa com fartura serão sinónimo de uma tarde bem passada.

Mas tudo terá o seu início pelas nove da manhã, junto à Praça de Toiros Ilha Terceira, onde os concorrentes, e recorde-se que em 2007 a barreira dos 130 (!) foi ultrapassada, vão iniciar um acessível (mas desta vez é mesmo!...) passeio por canadas e acessos secundários, cujo percurso foi traçado pelo experiente João Parreira “Aurora”, e que desde já garante ser o mesmo “muito fácil e sem obstáculos a complicar, pois foi pensado para o lazer de um dia de festa”. Segundo o autor do trajecto o dito “foi todo feito no meu Daihatsu Terios e, quase posso dizer, nem é necessária tracção às quatro em muitos sítios…”. Num total de 65 quilómetros para cumprir “descontraidamente e com o simples recurso a um road-book informativo”, o objectivo é concentrar todos os participantes por volta do meio-dia junto à Praça de Toiros da Florestal (Pico da Bagacina), onde a caravana alinhará para traçar um rumo certeiro à Terra-Chã, fechando a parte motorizada do evento para se dar lugar à vertente gastronómica e social…

Aspecto da partida do passeio em 2007.

Para os retardatários (não, não haverá controlos de média horária…), ou seja para quem ainda não se inscreveu no Passeio, a organização já fez saber que “se chegarem ao local da partida aí por volta das oito da manhã, terão oportunidade de ainda se juntarem aos restantes”, pelo que agora a escolha é do freguês, sabendo-se que depois da despesa feita é preciso saber aproveitá-la! Isto para não entrarmos no campo do adágio popular…

Como mera curiosidade pode esta espécie de antevisão do evento rematar-se com duas ou três informações complementares, e que serão bem vindas para os apreciadores do dito comércio tradicional (mas bem à margem da aterrorizante actuação da A.S.A.E. …). Em Torres Vedras a famosa Tasca do Manel, também conhecida como “tasca do Papagaio”, deu já azo a uma manifestação de solidariedade aquando de uma ameaça oficial de encerramento. Em Lisboa também se sabe que existe uma” Tasca do papagaio”, situando-se a mesma junto à Fundação Vieira da Silva, ali na Praça das Amoreiras. Mais a sul, no Barreiro e junto ao Largo dos Penicheiros, há também uma “Tasca do Papagaio”, enquanto às margens do Sado, em Setúbal, há a “Taberna do Papagaio”. Comparações à parte a “nossa” tem rodas, sucursais ou “clones”, e anda pela ilha toda. E este Domingo leva umas centenas de rodas atrás de si…e bem cheias de fome e “sedinha”!

 

publicado por MSA às 17:04
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Também para esses?...

"Berta defende tarifas aéreas mais baixas para o turista continental".

Muito bem. E eu? E eu que sou apenas...açoriano?

publicado por MSA às 17:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Publicidade.

Nos tempos idos da "fumaceira" geral...

 


 

 

publicado por MSA às 16:25
link do post | comentar | favorito

A boleia do Secretário...

Duarte Ponte "preocupado" com custos aéreos "excessivos"...

 

Segundo o noticiário matinal da "R.D.P.-Açores" o responsável máximo pela pasta da Economia açoriana, Duarte Ponte, voou recentemente para a Graciosa, no exercício das suas funções oficiais, à "boleia" do Cessna da construtora "Somague". Duarte Ponte fazia-se acompanhar por um director da "Tecnovia", empresa que vai fazer as obras no porto comercial da ilha Branca, assim como pelo presidente da "APTG-Administração dos Portos de Terceira e Graciosa". E isto num dia em que "até havia" voo para aquelas bandas...

Boa, Senhor Secretário! Sempre são menos uns trocos gastos pelo erário público açoriano...

publicado por MSA às 12:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Taça de Ralis "procura" patrocinadores...

O Starlet de Filipe Moura...em grande atravessadela!

 

Foto: Ricardo Laureano

Pode dizer-se que o sucesso alcançado pela edição inaugural da Taça de Ralis da Ilha Terceira “obrigou” à repetição do evento no novo ano. Terá sido mesmo essa a mensagem que Olavo Esteves e a sua equipa foram recebendo no desenrolar das quatro provas que abrilhantaram a época motorizada de 2007 na ilha lilás. A juntar a dois ralis oficiais de créditos firmados no panorama regional ganhou-se uma competição de âmbito local, cuja concepção resultou em pleno, e que contribuiu ainda mais para a divulgação da modalidade-rainha entre nós: Os ralis.

Como é timbre da equipa em questão as melhorias foram sendo estabelecidas a cada evento e, para 2008, a novidade são mesmo as cinco provas que compõem a Taça. O calendário ficou estabelecido da seguinte forma, sendo de salientar o secretismo inerente a cada circuito, com o local da sua realização a ser revelado apenas nos dias anteriores ao mesmo ir para a estrada:

 

16 Fevereiro............Circuito do Carnaval.............(Asfalto)

17 Maio...................Circuito da Primavera...........(Terra)

26 Julho..................Circuito de Verão..................(Asfalto)

18 Outubro..............Circuito de Outono................(Terra)

7 Dezembro.............Circuito de Natal...................(Terra)

 

As inscrições para a Taça de Ralis-edição 2008 fecharam no passado dia 10, tendo sido a lista publicada na segunda-feira. O espanto não se gerou face ao número de participantes efectivos, mas apenas porque já era esperado. São nada menos de 45 (!) as equipas que já dão corpo a esta segunda Taça, podendo haver participações avulsas ao longo do ano.

Mas um tão largo leque de concorrentes põe, desde já um problema à organização, e que se prende com a duração de cada prova, até agora limitada a quatro horas, isso por inerência do custo do seguro a efectuar para cada concorrente e que, recorde-se, anda em torno dos 70 euros. Sabendo-se que as inscrições em cada circuito vão custar 50 euros (Taça) e 65 euros (Extra-Taça) por dupla não é difícil adivinhar a “ginástica” financeira que Olavo Esteves e seus pares fazem para garantir provas acessíveis a todas as bolsas e viaturas. Daí o apelo já feito pelo mentor da competição, e que é dirigido essencialmente aos empresários locais que queiram ver o seu nome ligado à iniciativa: “A Taça precisa de patrocinadores”, naquele que é um mote a poder causar espanto. Mas, tal como a competição que criou, Olavo Esteves é “peremptório” nas suas afirmações e garante que “se for necessário, subiremos o valor das incrições”. Claro que esse é o cenário menos desejável, pelo que se afigura possível que os apoios apareçam mesmo…

Em termos competitivos a segunda edição da Taça contará com quase todos os principais intervenientes das quatro provas realizadas o ano passado, com destaque natural para os campeões Nuno e César Rocha, que terão concorrência de luxo na estreia do EVO8 de Hermano Couto/Nelson Dinis. Depois o veloz pelotão dos Saxo Cup deverá brilhar no acesso ao pódio, com Marco Veredas, Fernando Meneses, Jorge Rocha, os manos Artur e César Silva, ou mesmo Rui Rocha, à espreita de um deslize dos 4x4 na terra ou de um bom “crono” no asfalto. Com Ricardo Moura como principal “outsider” será interessante seguir a luta dos carros de menor cilindrada, pois costumam deixar amargos de boca aos seus mais musculados contendores. Entre os VSH o vencedor de 2007, Pedro Pereira, mantém-se fiel ao 205 Rallye, devendo ser forte a luta pela vitória, embora sem Mário Garcia e Firmino Mendes, com os Peugeot do Pico (Dimas Aguiar e Fábio Silva) a chamarem a si favoritismo, isto face aos locais Marco Sousa, Manuel Bettencourt (que vai estrear um competitivo Mazda 323) ou o regressado virtuoso Manuel Ávila “Bacalhau”. Novidade é a categoria dos Clássicos onde deverão correr dois Escort RS e dois vistosos Opel, um 1904 SR e o habitual Kadett GT/E. A um mês da primeira “saída” da temporada já se começam a ouvir roncar os motores… 

 

LISTA DE INSCRITOS NO SITE DO TAC.

 

 

publicado por MSA às 11:38
link do post | comentar | favorito

Um pouco de "Dakar"...

Thierry Sabine, o mentor da grande aventura, desaparecido em 1986...

 

As grandes obras nascem de sonhos. Isso já todos sabemos, até porque o uso abusivo da frase pessoana assim o faz difundir.

Há 30 anos o grande sonho de Thierry Sabine despontou na maior prova automobilística de sempre. E nem o seu desaparecimento prematuro, num acidente de helicóptero durante a edição de 1986, fez para a caravana rumo ao Lago Rosa.

Numa interessante recolha gráfica, aqui fica um documento que mostra a história e a real dimensão do evento, assim como o seu lado humanitário. Vale a pena ver...

publicado por MSA às 09:27
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

As minhas seis fotos de 2007 (Ralis e TT)

Sendo eu um repórter "não-fotógrafo" acabei, no ano passado, por ilustrar com imagens minhas algumas das reportagens de ralis, todo-o-terreno e afins que publiquei no diário angrense " a UNIÃO", assim como no site do T.A.C. ou outros O.C.S.

Aproveitando a ocasião para agradecer a grande colaboração do Ricardo Laureano, esse sim um fotógrafo de ralis dos bons, na feitura de muitas das peças jornalísticas, não queria esquecer que "usei" ainda fotos (pelo menos...) do André Frias, do Manuel Parreira, do Luís Pacheco, do João Bruno Raposo e do Duarte Neves.

Obrigado a todos. E aqui ficam os seis instantâneos que escolhi como sendo as fotos "melhorzinhas" tiradas com a minha "FinePix S5600"...

O Land Rover dos gémeos Inácio a "galgar" a Furna da Água...(Terceira)
O Patrol "Big Foot" no Trial do "Arte e Aventura'2007". (Terceira)
Um Patrol GR em grande estilo, também no "Arte e Aventura". (Terceira)
 Luís Rego no troço do Pico da Pedra...(São Miguel)
O Punto S2000 de José Pedro Fontes bem atravessado...(São Miguel)
Horácio Franco, aguerrido no final da PE da Ribeira Grande...(São Miguel)
publicado por MSA às 16:34
link do post | comentar | favorito

BCP com vitória "esmagadora"!

O título do post, que poderia ser bem mais inflamado (ou inflamável...), é um certo retrato do bacoco da situação a destacar.

Senão vejamos: Todo o alvoroço que as eleições para a presidência do maior banco privado português causaram foi um "escasso". Afinal em causa estava apenas isso mesmo. Escolher o líder para a administração do banco. Já está.

Mas não. Em Portugal fica "bem" falar de Finanças e Economia à boca cheia, como se à maioria dos lusos representantes fizesse diferença quem vai liderar a partir de agora este ou aquele banco. Não percebem que quando é para pagar...é pagar mesmo! Mas a verdade é que ainda se cria aquela massa opinativa em que "aquele" é melhor que o "outro", numa lógica tão nossa de treinadores de bancada. Por alguma razão raramente foco os temas. Sou ignorante neles, como em alguns outros assuntos, pelo que me remedeio com fazer humor um pouco à distância.

Mas o simples facto de se empolar a questão revela, de facto, alguma tendência dominante deste ou daquele grupo económico. Mas isso já é normal num país onde os sucessicos governos "baixam" as costas ao "lobby" da dinheirama. Cá, como lá (fora), as coisas são assim.

Ainda para apimentar a questiúncula (as ditas eleições do BCP...), tudo isto foi antecedido por uma novela de mau gosto, com ataques entre Jardim Gonçalves e Paulo Teixeira Pinto, outrora o braço e a mão direita um do outro. Na senda dos enredos mexicanos, nem faltou a participação do "guest star" Joe Berardo, acabando por se eternizarem expressões como o "mini-caixotinho" ou o exclamativo "fuck you!" do comendador madeirense.

"Enfim sós", devem agora dizer com alívio os novos homens do poder no banco cor-de-rosa (por acaso também é...), enquanto cá o zé-da esquina há-de continuar a veiver ao sabor das taxas e comissões que lhe são impostas...legal ou ilegalmente. Mas mês a mês, para não falhar.

Apenas e tão só para comprovar a minha teoria de que os "pequenos" nem se devem meter nestas coisas, está o facto de que os ditos accionistas menores apoiaram a candidatura derrotada, a de Miguel Cadilhe. Que, no final da contenda, disse ter sido o resultado de 2% uma vitória. Típico, não?...

publicado por MSA às 11:10
link do post | comentar | favorito

Quadr(inh)o...

Um simples quadro para animar o dia...logo de manhã!

publicado por MSA às 09:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Um Poema para o dia 16 de Janeiro de 2008.

FIVE COLORS (Lao Tzu)

The five colors blind the eye.
The five tones deafen the ear.
The five flavours dull the taste.
Racing and hunting madden the mind.
Precious things lead one astray.

Therefore the sage is guided by what he feels and not by what he sees.
He lets go of that and chooses this.

publicado por MSA às 00:01
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Um vale (tudo) de incoerências...

Pois...quando é para lançar obra, estão todos lá...!

A notícia veiculada ontem pela RTP-Açores sobre o empreendimento habitacional a custos controlados de Vale de Linhares (São Bento-Terceira) deu a conhecer os contornos de um caso que é, no mínimo, escandaloso.

O que se passa então com os infelizes (futuros?...) moradores daquele espaço, sem dúvida agradável à vista e parecendo possuidor de muito conforto e tranquilidade?

Para já o referido investimento foi anunciado na senda de outros dois, pelo que se espera tenham sido os moldes de aquisição dos restantes (São Brás e Biscoitos) acautelados de outra forma. Depois, e numa breve síntese dos acontecimentos (já de há um mês atrás...), são de lamentar a falta de abertura pública dos intevenientes oficiais do caso, que foi motivo de alerta recentemente também pela oposição, e a notória habilidade para se "esconderem" atrás do pano quando a coisa descamba. Ou seja tudo é bom e bonito no papel e na criação de sonhos de vida...na realidade, e quando os problemas se juntam às incoerências de ligações frutuosas para quem ganha muito dinheiro do erário público, não há disponibilidade para falar...

O resultado, triste e lamentável, de tudo isto, é que há 48 casas prontas há seis meses, com contratos de compra e venda assinados há ano e meio, cujos preços se foram inflaccionando após a assinatura destes, e onde o passar de tanto tempo começou já a causar a esperada deterioração das referidas casas. Entretanto os ditos (futuros?...) moradores pagam, em simultâneo, para viver onde actualmente podem (os que podem...) e onde num futuro incerto deverão morar...

 

publicado por MSA às 11:36
link do post | comentar | favorito

"El" bandido regressa a casa...

"El Solitário" está de regresso a casa...

 

Jaime Jimenez Arbe, mais conhecido como "El Solitário", é hoje entregue às autoridades espanholas para, no seu país de origem, ser ouvido pela justiça no âmbito da longa "carreira" meliante que veio exercendo até à sua detenção em Julho do ano passado.

À semelhança do sucedido na Figueira da Foz, com gente a "fugir" das praias para "cozer" ao sol na ânsia de o poder ver ao vivo, já deve haver centenas de portugueses a querer saber onde será feito o "transbordo" do figurão. Afinal público para bandido é sempre fiel...!

publicado por MSA às 11:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
20
25
29
30

.posts recentes

. Sanjoaninas 2017 - Capinh...

. Atualidade.

. Carlos Andrade “marchou” ...

. Grande Helénio.

. Juntos por Todos.

. Festas.

. XII Degraus d'Angra corre...

. O Rali das festas!

. Até sempre, Toni Ortins.

. WTCC em Vila Real.

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds