Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Domingo, 31 de Dezembro de 2006

Um Poema para o último dia do ano.

"RECEITA DE ANO NOVO" (Carlos Drummond de Andrade)

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).
Não precisa fazer lista de boas intenções

para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

publicado por MSA às 19:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 30 de Dezembro de 2006

Desejo-já-para-amanhã...

Com gelo, sem gelo, ao relento ou "indoor"...Boa entrada em 2007 ! ! !
publicado por MSA às 21:55
link do post | comentar | favorito

Smoke, music & people...

Estão passados já uns dias. O encanto inicial mantém-se e só não cresceu devido ao inimigo de sempre: o trânsito. Especialmente o de Gaia, o maior concelho do país e, provavelmente, aquele onde os "remendos" e soluções urbanas se cotam como mais caóticas...

A música brasileira reapareceu. E bastaram duas noites de actuações do Illen (o nosso eterno-amigo dos "Dança & Balança) para reaprendermos o léxico e a tendência da noite com os "nossos" irmãos. Quinta-feira no "Ibla" (Leça) e ontem no "Bar da Praia" (Póvoa). Axê para eles!

E o fumo dos autocarros? E a falta de ar permanente nos "Shoppings" e arredores? E o barulho ensurdecedor de centenas de pessoas a falarem após o Natal?...

Mas o Porto. Este Porto lindo e nosso. Continua assim...

PS-Saldos e preços incríveis no "Factory" de Vila do Conde...

publicado por MSA às 18:55
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2006

Quadro.

L'Heritage (Toos Van Holstein).

"L'heritage", Toos Van Holstein (2006).

publicado por MSA às 18:46
link do post | comentar | favorito

Livro. (actualizado)

ainda mais algum tempo à espera...
publicado por MSA às 18:36
link do post | comentar | favorito

Os Sobrinhos'2006...!

Pois é, cá estão eles:

O Afonso e a Beatriz, em Viseu...

23 de Dezembro-O Afonso e a Beatriz, os mais recentes membros da família. No seu primeiro encontro "fora-de-portas"...

O Afonso no dia de Natal...

25 de Dezembro-O Afonso no Porto, e numa verdadeira pose à homem já com preocupações...

A Beatriz, em Mangualde...

23 de Dezembro-A Beatriz, na chegada triunfal ao almoço de Baptizado do primo...

Nota: Tudo fotos (dezenas delas...) aqui do tio entusiasmado com as novidades.

 

publicado por MSA às 17:32
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Dezembro de 2006

Post-à-moda-do-Porto...

Os Aliados em nova versão...goste-se ou não, são esta cidade...

Já cá estou e respiro o Porto. O sol fez as pazes com o cinzento da tradição e a cidade flui, ainda mal refeita da quadra natalícia. O movimento do Porto é diferente do das outras cidades. Ou será o coração que assim o faz?...

Desci ao rio, cheirei a Foz, ouvi o alvitrar dos passantes em Miragaia e na Ribeira, enchi o peito junto ao Estádio do Dragão e amadureci ideias parado numa rua qualquer cujo nome é sempre "de qualquer coisa..."...

Isto foi de manhã, e sozinho. Falta agora um recordar de olhares e a partilha habitual de todos os nossos "sítios"...

publicado por MSA às 14:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 25 de Dezembro de 2006

Entrevista Armindo Araújo.

Já a fiz há alguns meses (foi em Junho, salvo erro), mas pode agora ser relida (tal qual foi escrita, ou seja sem mudanças de edição...), no site oficial do tetra-campeão nacional de ralis.
publicado por MSA às 01:50
link do post | comentar | favorito

excerto.

"Disse-me que o negócio não lhe interessava. Não tenciono esclarecer as questões pessoais que nada têm a ver com esta história. Afirmou que conhecia uma casa onde comprava as meias de lã mais baratas. Não era possível. Estava a vendê-las ao preço de custo. Saldava-as porque precisava urgentemente de dinheiro. Afiançou-me que as comprava por menos vinte e cinco paus a dúzia. Era uma mentira indecente. Gostava que visse a segurança. O ar sério com que mo afirmava, enquanto fumava um charuto barato. Fi-lo com o peso de cinco quilos que se encontrava em cima do balcão."

Max Aub, in "Crimes Exemplares".

publicado por MSA às 00:39
link do post | comentar | favorito
Domingo, 24 de Dezembro de 2006

Telegrama.de.Natal.

Estamos em Aguas Santas.Stop.

Ontem foi o Baptizado do Afonso. Lindo. Stop.

Excelente o Bacalhau. Ambiente sereno. Stop.

O Pai Natal esta a chegar. Ha criancas em casa. Stop.

Ate amanha. Stop.

publicado por MSA às 23:53
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2006

Vidas novas...ho ho ho!

Natal: Barbas brancas e um olhar para trás de nuvens e cores...

Embarco daqui a umas horas para rever caras e conhecer novos olhares curiosos e de quem já gosto muito. O Natal tem esta coisa de ser uma constante movimentação de dias ou semanas para depois se descansar meia dúzia de horas e tudo regressar á forma inicial. É assim uma espécie de respiro da vida. Não tenho férias há 15 meses e isso estava a tornar-se um desgaste, embora tenha sido uma opção. Quanto ao Natal já não vou nas "cantigas" dos sininhos e das bolas coloridas. Sei bem que há pessoas que não me interessam e que bem pouco me querem. Não as condeno, mas nem lhes ligo. É, também, uma opção...

Quanto aos outros, e que felizmente são a grande maioria das vozes que escuto e dos afagos que recebo dia a dia, tenho um desejo constante. Que sejam felizes. É essa a única função que temos nesta vida, tentando sempre fazer com que os outros também o sejam. Pena que nem toda a gente pense assim. Um Bom Natal, com paz, boa comida e sorrisos. Do novo ano falamos dentro de momentos...

publicado por MSA às 15:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2006

As "andanças" de César...

Curioso levantamento. Lido hoje no electrónico "Jornal Diário"...
publicado por MSA às 15:33
link do post | comentar | favorito

Foto vencedora.

Esta é a foto vencedora de um "particular" desafio que o Rui Moniz (Director de provas do Grupo Desportivo Comercial) fez aos habituais "users" do Fórum do site "Mais Rallye". A imagem é da autoria do Rui Anjos, e retrata o campeão açoriano Fernando Peres, na edição 2006 do Rali Ilha Azul.

A foto "vencedora", da autoria do Rui Anjos...

publicado por MSA às 15:14
link do post | comentar | favorito

Todos à "Catedral"...

O Lusitânia na sua melhor época de sempre na Liga Profissional...

Vai ser um clássico insular, hoje à noite no Pavilhão Municipal de Angra. Lusitânia e CAB Madeira jogam, a partir das 20h30, para a 13ª ronda da Liga Profissional de Basquetebol – o escalão mais alto da modalidade em Portugal.
O
clube verde-e-branco, actualmente no quarto lugar e uma das revelações nesta Liga 2006/2007, quer confirmar a boa performance competitiva evidenciada nas últimas jornadas, onde se destacam os triunfos diante da Ovarense, a equipa campeã nacional em título, e do FC Porto.
Convém não esquecer que do outro lado marca presença uma equipa com argumentos de qualidade, e capaz de criar grandes embaraços aos pupilos de Manuel Molinero. Mas um Lusitânia ao melhor nível poderá superar a turma que viaja da “Pérola” do Atlântico, pelo que se aguarda um espectáculo emotivo e imprevisível.
O programa completo da 13ª jornada da Liga Profissional de Basquetebol englobou já os jogos Ovarense 89 – Belenenses 79 (realizado terça-feira), Barreirense-75 – Queluz-73 (disputado ontem à noite) e tem marcados para hoje o Benfica – FC Porto e o já citado Lusitânia APM – CAB Madeira. Folga o Casino Ginásio.

Classificação:

Equipa J V D P PM PS
Ovarense 9 8 1 88 716 653
FC Porto 9 7 2 77 730 651
SL Benfica 10 7 3 70 769 716
LUSITÂNIA APM 10 5 5 50 812 826
Queluz SPM 10 4 6 40 720 749
CAB Madeira 10 4 6 40 718 751
Belenenses 10 3 7 30 857 869
CF Ginásio 10 3 7 30 694 742
Barreirense 10 3 7 30 685 744

publicado por MSA às 12:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2006

Filme.

Ontem fui (sozinho) ver o "Filme da Treta" . Possivelmente por isso (estar sozinho e numa sala com pouca gente), e por ter algum sono, não resultou.

Acho que terei de ver segunda vez...mas nunca sozinho! É que nem gostei por aí além...

publicado por MSA às 15:42
link do post | comentar | favorito

Cartaz.

24m15s-Performance amanhã e depois no "Alpendre"...
publicado por MSA às 15:40
link do post | comentar | favorito

Welcome back...

O Sol regressou hoje à Terceira. Depois de cinco dias arredado das hostes.

E numa altura em que já todos começavam a entrar em depressão...

publicado por MSA às 15:38
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Dezembro de 2006

Armindo vai mesmo para o Mundial de Produção!

Armindo Araújo: 4 vezes Campeão Nacional e agora num voo mais alto...

Armindo Araújo e Miguel Ramalho vão mesmo participar no Mundial de Ralis do Agrupamento de produção (PWRC) em 2007. A Mitsubishi Motors de Portugal conseguiu ontem à tarde fechar contrato com os patrocinadores que garantem o projecto para o tetra-campeão nacional. 
Falta apenas a FIA aceitar a inscrição dois dias depois de terminado o prazo, facto que não deverá ser impeditivo para a concretização do ambicionado (e ambicioso...) projecto.

Os pormenores finais da participação de Armindo serão em breve revelados pela marca, que apenas emitiu um comunicado onde refere ter "a grande satisfação de anunciar a participação da dupla Armindo Araújo/Miguel Ramalho no Campeonato do Mundo de Ralis de Produção do próximo ano". O mesmo texto diz que "a Mitsubishi Motors de Portugal e a sua equipa de competição congratulam-se desde já por ver reunidas as condições que proporcionam ao Armindo Araújo este novo passo da sua carreira desportiva".

Em 2007 o PWRC será disputado em 8 provas (Rali da Suécia; Rali do México; Rali da Argentina; Rali da Acrópole; Rali da Nova Zelândia; Rali do Japão; Rali da Irlanda; Rali da Grã Bretanha). Cada equipa pontuará apenas em 6 eventos.

O piloto de Santo Tirso referiu, ao site www.ralis.online.pt, que agora só tem se "empenhar ao máximo, pois o desafio é enorme e começa logo com uma prova complicada como é a Suécia". Ainda por definir estará a participação no Rali de Portugal, o que não incomóda muito Armindo Araújo. Para o campeão nacional "o que importa é a confirmação deste projecto na PWRC, o resto virá por acréscimo". Refira-se que Armindo Araújo e Miguel Ramalho irão disputar o PWRC ao volante de um Mitsubishi Lancer Evo 9, recorrendo a toda a estrutura que utilizaram (incluindo os técnicos estrangeiros) no Nacional de Ralis'2006.

Deste lado do Atlântico resta desejar a melhor sorte ao nosso campeão e amigo. Força, Armindo!


publicado por MSA às 12:16
link do post | comentar | favorito

Ventania e fenómenos.

pormenor da capa desta manhã do "Açoriano Oriental"...

O mini-tornado que ontem de manhã assolou a freguesia do Rosário, na vila da Lagoa em São Miguel, fez-nos ver algumas de novas e velhas realidades...

imagem demonstrativa da força do vento, ontem na Lagoa (Foto: CA/DI).

Primeiro ficamos a saber que há mini-tornados, assim como se fosse uma mini-chuva (que também deve haver...) ou uma mini-cerveja (que muito se bebe no calor alentejano...), mas que provocam igualmente estragos de monta, só que em menor escala (talvez daí a mini-escala...). A explicação técnica do fenómeno foi dada pelos meteorologistas, e logo outros dois fenómenos se seguiram. O fenómeno governamental, que imediatamente após os correntes dissabores do tempo (meteorológico) surge célere a promover realojamentos e auxílios, o que acho muito bem. Mas depois logo aparece o outro lado dessa disponiblidade que é a "cobrança" imediata por parte dos menos atingidos pelas tragédias (pois os outros não têm remédio que não acatar as directivas de emergência...), ávidos em se equivalerem a quem vai "receber" pela desgraça. Querem ter também!...

O facto deste mini-tornado ter sido completamente inesperado, permitiu a ausência de um outro fenómeno, e que tem a ver com a voracidade da Comunicação Social da lusa pátria. Como bem se sabe as desgraças (de preferência violentas e chocantes) "vendem" melhor que as boas notícias. Pelo que, e a ver pelo que se passou com o "abortado" furacão Gordon aqui há uns meses, se este mini-tornado fosse previsível eram uns bons milhares de euros a entrarem na restauração e hotelaria da zona da Lagoa...

 

publicado por MSA às 11:21
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006

Acabou-se a "bandalheira"!...

Já cá estão os novos sinais de trânsito que indicam o estacionamento pago...

Embora o nosso edil tenha apelado a que se continuasse a pagar o estacionamento, isto depois de conhecida a alegada ilegalidade (fica bem a expressão, não?...) dos sinais verticais que indicavam as zonas delimitadas para essa obrigação, a verdade é que os angrenses, nas pretéritas semanas "acanalharam" de vez o sistema e só faltou pararem uns por cima dos outros nas ruas da cidade património! A mim, confesso, pouco me afectou, pois não tenho necessidade diária de estacionar no centro, e se o faço a opção "Bailhão" torna-se lógica e eficaz. Mas as coisas estavam a atingir o insuportável...até hoje de manhã. É que ainda não eram nove horas e os agentes da PSP (já agora, é a eles que cabe somente a fiscalização?...ou temos mais um buraco legal?...) andavam à caça do automobilista esquecido de que hoje é dia 18. Sinais novos, vida nova, multas novas! Estão aí os parquímetros outra vez!...

publicado por MSA às 11:54
link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Dezembro de 2006

Lágrimas.

Vim há pouco de mais uma missa e de um misto de emoções forte e sentido. Conforme referiu o pároco, as nossas lágrimas, neste Domingo da Alegria, transformar-se-ão em alegria. E nada se perderá. Assim como rezam por nós a juventude e a força da nossa amiga Rosário. Lá em cima, a tomar conta dos que a queriam. Que eram tantos, e agora mais descansados. Um beijinho ao céu, Miss...
publicado por MSA às 14:32
link do post | comentar | favorito

Anuário de Ralis dos Açores-O primeiro...

A capa do primeiro Anuário de Ralis dos Açores...

Está quase aí o primeiro anuário de ralis dos Açores, que se espera nas bancas próximo das vésperas do Natal. 
Trata-se de um livro em formato A5 apaisado, com 160 páginas, todo a cores, à base de fotografias, com um resumo de todo o campeonato açoriano. Os textos foram escritos pelo autor deste espaço e as fotos (bem como a sua autoria e feitura) são quase inteiramente do Rodrigo Bento, tendo tido a colaboração do André Frias (
www.contratempo.com), do seu pai (Benjamim Bento) e do Duarte Sá, da Madeira. O grafismo do livro é da Claúdia Franco. 
Quem desejar encomendar antecipadamente beneficia de um desconto de 15% (18,50eur / 16,10eur).
As encomendas poderão ser feitas através do mail: ralisdosacores@gmail.com ou telemóveis 962 334 489 / 913 545 402.

publicado por MSA às 14:24
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2006

Dará para recordar?

É verdade, a JUMP vai hoje à WOLF!...

Quer se queira quer não há duas ou três gerações (muito) envolvidas no que foi a JUMP. Para além da amizade com a Nina e o Ludgero (que devem ter mais saudades do que eu daquela altura...) por ali nasceram várias outras coisas, durante os (poucos) anos em que a casa esteve aberta. Era quase um ritual ir até lá e, ao mesmo tempo, um sítio onde, a partir de certa altura, me sentia muito à vontade. Bons tempos, aqueles.

publicado por MSA às 18:34
link do post | comentar | favorito

Um mês de saudade...

e em que a falta se sente a cada dia...

publicado por MSA às 13:20
link do post | comentar | favorito

Recuerdo.

III Sides to every Story, dos Extreme...

Já tem 13 anos e é um dos meus álbuns preferidos. Porque acabam as grandes bandas?...

Advice: Ouçam "Rest in Peace" e "Tragic Comic"...

publicado por MSA às 12:05
link do post | comentar | favorito

PSD/Açores deve optar pelas "Directas"...

Costa Neves vai seguir caminho mesmo face à ameaça de Berta Cabral...

O PSD vota amanhã o regulamento da eleição directa do líder do partido nos Açores. Em caso de aprovação do documento, a próxima escolha já será efectuada directamente pelos militantes, tornando o PSD/Açores no primeiro partido da Região a implementar a eleição directa do líder.
A aprovação do regulamento das "directas" para a liderança do partido constitui o último passo para a implementação de uma decisão já aprovada em congresso.
Independentemente de sondagens recentes considero ser este um passo de coragem por parte da gestão de Costa Neves. A verdade é que o "fantasma" de Berta Cabral paira ainda sobre a cabeça do líder laranja na região, mas parece fazê-lo de forma cada vez menos intensa. E isto sabendo-se que, em política, nada é o que parece. Ou não se lembram de Victor Cruz aqui há um ano e pouco atrás? Alguém adivinharia o seu sumiço?...

publicado por MSA às 11:53
link do post | comentar | favorito

Corrida dos Campeões'2006.

É já este fim-de-semana a edição 2006 da "Corrida dos Campeões". Depois de vários anos a ser disputada nas Canárias, a iniciativa da ex-piloto Michèle Mouton mudou-se, há dois anos, de armas e bagagens para os "Stade de France" (palco da final do Mundial de Futebol em 1998), onde o tipo de prova, e talvez até mesmo o espectáculo da condução, se desvirtuaram um pouco. Mas, e honorários e publicidades à parte, é sempre um grande prazer ver desfilar alguns dos grandes nomes do desporto motorizado em confronto directo e tripulando diferentes máquinas. Este ano as coisas parecem encaminhadas para novo grande espectéculo...com o senão de se preparar (calculo eu...) mais uma vitória de bandeja para Sebastien Loeb...é que só "falharam" na edição de 2004!

O cartaz da "Race of Champions'2006"...

publicado por MSA às 11:23
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2006

Um Poema para o dia 14 de Dezembro de 2006.

VAGUÍSSIMO RETRATO. (Eugénio de Andrade)

Levar-te à boca,
beber a água
mais funda do teu ser -

se a luz é tanta,
como se pode morrer?

...Impunha-se que hoje, e nestes dias mais próximos, só cá "passasse" um poema nado e criado no Porto.

publicado por MSA às 18:10
link do post | comentar | favorito

GNR sem dinheiro para fardas...e com frio!

Isto parece mentira, e até poderia ser (atendendo ao jornal onde saiu a notícia...), mas não. É mesmo o que aqui está escrito!
publicado por MSA às 18:06
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2006

Açores,SA.

Volta e meia "compro" acções aqui...

Oxalá nunca passe a SGPS...

publicado por MSA às 13:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

O optimismo açoriano...

O "vice" do Governo Regional...optimista nas Capelas.
O vice-presidente do Governo Regional revelou ontem que a taxa de execução das receitas próprias dos Açores será, até ao final deste ano, superior aos 100 por cento, tendo em conta o que fora inicialmente orçamentado.
Para Sérgio Ávila, este é mais um sinal demonstrativo do rigor das previsões com que o Governo encara as finanças públicas, servindo, ao mesmo tempo, de indicador da capacidade de cumprimento de todos os objectivos traçados.
Sérgio Ávila falava na cerimónia de inauguração da nova agência da Caixa Geral de Depósitos na Vila de Capelas, e aproveitou a oportunidade para realçar a estabilidade financeira e o clima de confiança no futuro dos Açores, sentidos pelas famílias, pelas empresas e pelas instituições financeiras, e que, por si só, são capazes de gerarem mais investimentos, ao que se associa um grande sentimento de rigor na gestão das finanças públicas regionais, quer em termos de previsibilidade e credibilidade, quer em termos dos gastos públicos, donde se reduzem as verbas que lhes estão afectas para reforçar o investimento público e o apoio ao investimento privado.
Peço-lhe desculpa pela pergunta, Sr. Vice-Presidente, mas vive nas mesmas ilhas que eu?...
 
publicado por MSA às 12:11
link do post | comentar | favorito

Testemunho.

Sim, porque ver caras novas, e que nos sucedem nos anos e na vida, também é uma passagem de testemunho...

Mas, acima de tudo, porque sinto nesses olhos escuros e brilhantes um orgulho que não termina. Um fio de amor que cresceu para acolher estes novos "pequenos" que nos hão-de preencher todas as idas ao Norte, e a quem, um dia, havemos de ensinar o Mar. A Beatriz, enorme no seu mês de vida que hoje se completa, e o Afonso, uma "paz de alma" como já disseste.

E tu, no meio dessas coisas lindas, com cara de tia babada...

Até daqui a uns dias. E diz-lhes isso.

A Beatriz e o Afonso...e o regalo da Tia Anita!

publicado por MSA às 11:49
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2006

Por dentro do Circuito: "Foi p'ra consolar...!"

O autor destas linhas feito navegador por um dia. Obrigado amigos!...

Não há nada como fazer coisas de que gostámos, em ambientes saudáveis, e com uma pontinha de emoção à mistura. Pois bem, sexta-feira passada foi de encher a barriga, mesmo antes da época natalícia que nos costuma trazer uns quilos extra! Tudo porque a participação no 2º Circuito de Natal, saudável iniciativa do piloto Olavo Esteves, me permitiu ver “in loco” e com as dificuldades inerentes a uma estreia, como se passam as coisas dentro de um carro de rali, e logo num troço de terra, ainda por cima sendo o troço de São Brás. É que até o local em si tem, para mim, um significado especial. Salvo erro na versão antiga São Brás/Fontinhas foi no mesmo percurso utilizado na Sexta-feira que, em 1979, assisti pela primeira vez a um rali. Lembro-me perfeitamente do local e da prova. Era o Rali BCA e a curva escolhida, então em terra e com um buraco e algumas pedras, foi exactamente aquela onde o “supersónico” Fernando Soares deixou o Saxo maltratado na 4ª PEC deste Circuito de Natal. Tinha 4 anos de idade e lembro-me como se tivesse sido hoje. Do passado ao presente e, por ausência do meu amigo Miguel Bendito, lá fui eu direitinho para a bacquet do lado direito do meu vizinho e companheiro de tenra infância “Marquinho” Sousa. Ora andar num carro de rali com alguém que pega toiros de 500 kgs ao volante não dá para grandes inseguranças, mas a verdade é que as curvas do Achada/São Brás (e vice-versa) foram, por vezes, mais complicadas que um derrote forte ou o tourear antes da reunião. Assim como “cantar” as notas se revelou menos fácil que ler o noticiário do meio-dia! Mas tudo se resolveu a contento da dupla nº14, mesmo depois de uns treinos…ops! reconhecimentos (se os senhores da Florestal lêem isto…) onde o Fiat Uno Turbo da “Tecnocon” não quis nada connosco e nos deixou sem a noção do que seria andar depressa dentro do circuito desejado. Pela mão amiga, e muito paciente, do Tomás Pires, lá foi feito o diagnóstico à maleita da máquina italiana e, nas vésperas da prova, o Uno “assobiava” a preceito. Só faltava o resto! E esse resto foi conhecer as reacções em terra de um carro com suspensões de asfalto e calçado com os “Yokohama” cedidos pelo Olavo Esteves e pelo Carlos Martins, que voltou desta feita a “voar” com o Micra! Pois pode dizer-se que o saldo até foi positivo. O carro chegou inteiro ao final e a 12ª posição entre 27 equipas foi melhor que o esperado. Com mais pormenor posso referir as impressões gerais do traçado, muito mais rápido que o que parece, e de onde destacaria a zona encadeada em terra, logo após o asfalto inicial na versão Achada/São Brás, como a parte que mais prazer me pareceu dar. A zona da “chicane” também deu que fazer, especialmente na última passagem, quando saímos de lá a todo o gás e fizemos a lomba e a direita seguintes quase em jeito de “tête” para a recta que se avizinhava…felizmente tudo não passou da intenção! Um “tête” que quase aconteceu no 2º troço, na entrada para o asfalto, num gancho que, para as passagens seguintes, teve uma abordagem mais cuidada e seguindo conselhos daquele que seria o vencedor da prova. Pelo meio ficou a partida para a 3ª PEC com o carro desengatado (e lá se foram 5 ou 6 segundos…), dose que se repetiu na recta final do circuito, quando a embraiagem do Uno decidiu “patinar”, obrigando a um ponta-tacão de recurso…mas debaixo do pedal! Todo o restante tempo perdido foi apenas devido ao piso…que era de terra!

Resta-me reforçar os agradecimentos que já fiz ao Miguel Bendito, ao Olavo e ao Carlos Miguel, ao Tomás Pires, e ao Ricardo Laureano (que me pôs orgulhoso a ler o nome no vidro lateral), sem esquecer o meu vizinho e amigo “Marquinho” ( que está quase feito piloto de terra…), com quem passei uma semana divertidíssima, bem a fazer lembrar os tempos dos “Bicicross” de outrora…só que aí o orçamento não doía tanto! E por isso mesmo aqui se deve interromper a carreira de navegador pois, caso contrário, garanto-vos que já não havia jornalista para o próximo “Sical”. É que aquilo é bom é “lá dentro”!

 

PS- Aproveito para pedir desculpa pela nossa ausência na entrega de Troféus (que espero não resulte em processo disciplinar…), mas é que o jantar nos “Caçadores” acabou bem mais tarde que a cerimónia em questão…

 

publicado por MSA às 18:47
link do post | comentar | favorito

2º Circuito de Natal: "Jingle Bells, Hermano!..."

Hermano Couto/Nelson Dinis, vencedores do 2º Circuito de Natal.

Foto: Bruno Oliveira.

Foi com o habitual folclore dos ralis terceirenses que a zona de São Brás recebeu a penúltima manifestação (ainda vai haver um rali na ilha do Pico…) do desporto motorizado açoriano em 2006. Longe das polémicas e soluções previstas para os mais abonados concorrentes do Campeonato açoriano, a prova promovida por Olavo Esteves e pelo Terceira Automóvel Clube foi um sucesso a todos os níveis e nem o relógio inicial (que provocou um atraso de cerca de 20 minutos) ou o muito frio que se fez sentir foram argumentos para retirar um espectador que fosse da beira da estrada. Em termos competitivos, e face à ausência de Ricardo Carmo (ao que parece com o Impreza “encaminhado”…), Hermano Couto surgia desde logo como principal favorito, sendo Nuno Rocha o outro 4x4 (embora em termos técnicos as diferenças sejam grandes…) de quem se esperaria superioridade. Mas a verdade é que os duas rodas motrizes deram bem conta do recado no rápido traçado da prova. Na versão Achada/São Braz (onde os cavalos do motor não faziam tanta diferença…) ainda se pensou que a armada dos Saxo pudesse alcançar as berlinas de tracção às quatro, grupo a que também se chegou o campeão regional dos VSH, Mário Garcia. E se, na primeira passagem, Hermano Couto venceu por apenas 2,6 segundos, face ao fogoso jorgense Fernando Soares (na única passagem incólume do Saxo em São Brás…!), já na seguinte o homem do Carisma não deu chances a ninguém. No troço inicial foi Mário Garcia a averbar o terceiro tempo e a provar que quem sabe não esquece (não fosse ele um dos poucos representantes dos pilotos terceirenses que ainda fizeram por cá ralis em terra…por inteiro) e, na passagem nº2, o pódio foi completado com os irmãos Duarte e Paulo Maciel (Citroen Saxo Cup) embora já a 3,6s de Hermano, e pelos também irmão Nuno e César Rocha (Subaru Impreza), esses a 6,1s de distância. Estavam abertas as hostilidades para a ronde “a subir”, onde os tempos se aproximaram bastante da versão contrária, e com as vantagens a significarem pouco, até porque o piso escorregadio poderia proporcionar facilmente qualquer deslize. Referência para uma primeira saída de Fernando Soares na 2ª PEC, ele que viria a protagonizar o momento de maior “frisson” da prova, com um aparatoso capotanço no troço final, pondo termo a uma participação onde impressionou pela velocidade, mas também pelas “quezílias” com os limites da estrada. Mas que anda muito, isso anda! Do pódio para baixo realce para as boas presenças de Jorge Rocha e do impressionante Fernando Meneses, assim como para o andamento do pequeno Micra de Carlos Martins.

A segunda parte do Circuito de Natal veio confirmar o que se esperava, ou seja a vitória folgada de Hermano Couto/Nelson Dinis, que totalizaram 11 minutos exactos e ainda “levantaram” ligeiramente na última passagem, mesmo assim vencendo com 3,4 segundos sobre Nuno Rocha. A segunda posição final foi mais uma prova de qualidade dos irmãos Maciel (qualquer um deles poderia ir ao volante, neste caso foi o Duarte…), que urgentemente se deseja possam estar à partida de mais provas nos ralis açorianos. Correr fora de casa, com um carro cedido, e mostrar aquela consistência, não é para todos. O pódio fechou-se com um empenhado Nuno Rocha, que melhorou sempre, mostrando que os pisos de terra não lhe causam grande confusão, o mesmo podendo dizer Mário Garcia (o 1º nos VSH), que muito bem geriu as características do Peugeot para uma actuação excelente. Jorge Rocha foi quinto, e bem se pode queixar de alguma falta de estabilidade do Saxo, batendo Fernando Meneses, que deliciou os presentes com um andamento corajoso e tecnicista, e na frente também de José Arruda, este ainda a fazer a “mão” ao musculado Saxo ex-João Vieira. Carlos Borges fechou a “comitiva” dos pequenos carros franceses, na frente de um impressionante Carlos Martins, a “tirar” tudo que podia do Nissan Micra. Os dez primeiros fecharam com Firmino Mendes (2º nos VSH), que perdeu tempo com um pião na 4ª PEC, mas que andou em ritmo bem elevado. A seguir ficaram Álvaro Oliveira, que estreou um navegador nortenho (equipado a rigor dos pés à cabeça…) no lado direito do potente Golf, e Marco Sousa que, a aprender as reacções do Uno Turbo em terra, conseguiu um bom desempenho. Destaque ainda para Pedro “CDS” Pereira (“infernal” ao volante de um vetusto Corsa GT…), para os piões de José Patrício “Néné”, com o Escort laranja em jeito de campanha eleitoral (viram a frase da frente do carro?...), para o “estoiro” da R4 de João Ávila no final da recta de asfalto à 3ª PEC, para os slides do sempre exuberante Isaías Costa e para Duarte Melo “Kanu”, que alterou um pouco o aspecto do AX Gti…

Em resumo pode considerar-se um sucesso o que se passou na Sexta-feira em termos de desporto automóvel, tanto nos capítulos organizativo como de pura competição. A iniciativa de Olavo Esteves, com a máquina do TAC a funcionar em pleno, e com pormenores e cuidados que se destacaram, foi mais uma certeza – a juntar a outras…- de que esta modalidade precisa ( e quer) sair de casa mais vezes. Então não há apoios (leiam-se sponsors, patrocinadores…é mesmo apenas o dinheiro que escasseia) para efectivar uma prova destas mais vezes por ano? Não haverá na Terceira quem queira investir num retorno tão certo como este? Afinal há verbas destinadas a esse fim nas empresas, certo? Venha o campeonato de Ilha de Ralis-Sprint em 2007…e Boas Festas para os automóveis.

Classificação Geral:

1º Hermano Couto / Nelson Dinis Mitsubishi Carisma GT - 11.00,0
2º Duarte Maciel / Paulo Maciel Citroen Saxo Cup - a 17,2
3º Nuno Rocha / César Rocha Subaru Impreza - a 23,1
4º Mário Garcia / Tomás Pires Peugeot 309 GTI - a 28,9
5º Jorge Rocha / Paulo Jesus Citroen Saxo Cup - a 41,1
6º Fernando Meneses / Lizuarte Mendonça Citroen Saxo VTS - a 48,3
7º José Arruda / Pedro Rodrigues Citroen Saxo Cup - a 54,2
8º Carlos Borges / Fernando Mendes Citroen Saxo VTS - a 55,2
9º Carlos Martins / João Silva Nissan Micra 1.3 - a 1m15,0
10º Firmino Mendes / José João Couto Citroen AX TRE - 1m15,2
11º Álvaro Oliveira / António Carvalho Volkswagen Golf GTI 16V - a 1m16,6
12º Marco Sousa / Miguel Azevedo Fiat Uno Turbo IE - 1m32,5
13º João Faria / Diana Coelho Toyota Starlet - a 1m36,3
14º Isaias Costa / Miguel Cardoso Toyota Corolla Coupé GT - a 1m45,0
15º Pedro Pereira / Tiago Bettencourt Opel Corsa GT - a 1m53,0
16º José Silva / Manuel Lemos Renault Clio 1.2 - a 1m58,6
17º Paulo Leal / Olga Oliveira Toyota Starlet - a 2m10,2
18º Sérgio Cardoso / Artur Dias Renault Clio 1.2 - a 2m10,7
19º Duarte Melo / André Seabra Citroen AX GTI - 2m17,5
20º Rui Rocha / Paulo Melo Renault Clio 1.2 - a 2m21,7
21º Nuno Cintra / Sérgio Machado Seat Ibiza GTI - 2m34,4
22º João Paulo Simões / António Pires Renault Clio 1.2 - a 2m40,3
23º José Patricio / Florival Ramalho Ford Escort RS 2000 - a 2m41,4
24º Tiago Mourão / Francisco Misturada Toyota Corolla Coupé GT - a 3m07,7
25º José Borba / João Medeiros Renault 11 Turbo - a 3m10,1
26º Francisco Carreiro / José Caetano Renault Clio 1.2 - a 4m55,2
27º Maria Tristão / Susy Miranda Renault Clio 1.2 - a 5m20,7

 

publicado por MSA às 18:42
link do post | comentar | favorito

Recadinho.

O post deve chegar tarde, pois aí já é de noite. Aquelas noites frias e escuras em que cheira a Natal e que fazem apetecer andar de mão dada pelas ruas enfeitadas.

O Porto, visto do lado de Gaia, num entardecer de sol nostálgico...

Só passou (e ainda mal...) um dia. E já tenho saudades. Mas sinto-me tão bem ao ver-te e ouvir-te feliz. Envolta num manto brilhante de sensações e novidades.

publicado por MSA às 18:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 7 de Dezembro de 2006

2º Circuito de Natal: "aUNIÃO" vai estar "por dentro"!

Equipa nº 14- Marco Sousa/Miguel Azevedo-Fiat Uno Turbo IE.

A oportunidade surgiu devido à ausência na ilha do habitual navegador da equipa. De facto, e por estes dias, o vice-presidente do Sport Clube Angrense, Miguel Bendito, está na capital por motivos pessoais. A amizade de longa data e o acaso proporcionaram então a que a dupla Marco Sousa/Miguel Azevedo partilhasse, por esta vez, o habitáculo do Fiat Uno Turbo com as cores da “Tecnocon”. Pese embora o constante “engasganço” com que a máquina italiana nos brindou aquando dos reconhecimentos, fica a promessa de não desmerecer o lugar de navegador. As notas estão tiradas (já sei que não na melhor sequência…e, sim, passei-as a limpo duas vezes…) e mais ou menos confirmadas, estando assente que o trajecto de amanhã é divertido e rápido, pelo que atreito a alguns “sustos”. Esperemos que assim não seja. Obrigado, desde já ao Marquinho, ao Miguel, ao Carlos Miguel e ao Olavo Esteves (pelos valentes “Yokohama”…), e aos incansáveis Tomás Pires e Ricardo Laureano (“RL”). Fica também prometida uma crónica da experiência…

publicado por MSA às 12:58
link do post | comentar | favorito

2º Circuito de Natal: "Todos a São Brás!"...

O cartaz do 2º Circuito de Natal, amanhã a partir das 11 horas...

Está tudo a postos para o encerramento da época automobilística açoriana, tendo o troço Achada/São Brás sido escolhido como palco para uma prova que promete animação no feriado de amanhã. Os pormenores sobre o circuito são já conhecidos, mas ainda se podem reforçar as informações, de forma a que todos tenham acesso ao espectáculo.

Assim, as indicações da organização apontam para três zonas-espectáculo, onde será possível seguir os concorrentes em segurança:

-Via Rápida (Sentido Angra/Praia- 400 metros antes do cruzamento do Golfe entre à direita numa estrada de terra. No primeiro entroncamento vire à esquerda. Estacione e procure um lugar seguro para ver uma sequência rápida a cerca de 2/3 da classificativa.

-Via Rápida (sentido Angra/Praia)- 500 metros abaixo do cruzamento do Golfe entre à direita numa estrada de asfalto. 200 metros à frente encontrará um gancho que será feito nos dois sentidos, com uma passagem terra/asfalto e vice-versa.

-Zona de lazer de São Brás- Estacione e ande a pé cerca de 500 metros, após os quais poderá assistir à prova numa zona sinuosa e de grande espectáculo.

Recorde-se que serão quatro as classificativas deste Circuito de Natal:

11h00 Achada/S.Brás-1 (3,830 kms); 11h40 Achada/S.Brás-2 (3,830 kms); 12h30 S.Brás/Achada-1 (3,860 kms) e 13h10 S.Brás/Achada-2 (3,860 kms).

A estrada será encerrada ao trânsito uma hora antes de cada classificativa, sendo que o intervalo entre cada passagem é de 10 minutos, excepção feita à mudança de sentido (da 2ª para a 3ª PEC), que terá uma neutralização ligeiramente maior.

Para fazer uma antevisão realista da prova nada melhor que o mentor e director da mesma. Olavo Esteves refere, sobre a classificativa a utilizar, que se trata de “um percurso onde se alternam as zonas rápidas com outras mais sinuosas. Existem duas lombas, que poderão ser excelentes para visionar o espectáculo, para além do conhecido gancho que faz a transição entre a terra e o asfalto, que deverá aglomerar muito público, e a zona da chicane que, pela sua rapidez, também deverá ser concorrida. É o traçado possível numa ilha onde as estradas só de terra já não abundam”. Sobre a luta que se espera animada pela vitória Olavo está ciente de que “este não é um traçado, na minha opinião, que favoreça em demasia os 4x4, pelo que haverá de contar naturalmente com o Hermano Couto e o Nuno Rocha, mas sem esquecer os mais rápidos das duas rodas motrizes, casos de Carlos Borges, Duarte Maciel, Jorge Rocha ou Fernando Meneses. Enfim, tudo em, perspectiva para boas disputas”.

Refira-se que está já confirmada a ausência de Ricardo Carmo (ver lista de inscritos), um piloto que deveria, por certo, integrar o lote de favoritos

Saliente-se, e em jeito de comentário, que esta iniciativa, e face à adesão massiva dos pilotos (porque a do público, na Terceira, já é por demais conhecida…) apenas vem confirmar a necessidade real de haver mais provas automobilísticas na ilha lilás. Os óbices a que tal aconteça, por exemplo num hipotético Troféu ou Campeonato de Ralis-Sprint, estão perfeitamente identificados: o elevado custo das provas, onde só o seguro de cada concorrente (e neste caso particular) ultrapassa a inscrição paga; assim como a ausência de um local onde não haja entraves para a realização destes eventos. E aqui o “recadinho” vai direito para os guardas florestais (e seus superiores…) que, no último fim-de-semana, não tiveram mais sítio nenhum para passar os dias que o percurso desta prova, onde decorriam os reconhecimentos. Já dizia alguém “bela altura para se ir apanhar a árvore de Natal”…

Lista de Inscritos (as equipas sublinhadas não vão alinhar na prova):

01 Mário Garcia-Tomás Pires Peugeot 309 GTI
02 Ricardo Carmo-Rodrigo Ávila Subaru Impreza
03 Hermano Couto-Nelson Dinis Mitsubishi Carisma GT
04 Nuno Rocha-César Rocha Subaru Impreza
05 Jorge Rocha-Paulo Jesus Citroen Saxo Cup
06 Carlos Borges-Fernando Mendes Citroen Saxo VTS
07 Fernando Meneses-Lizuarte Mendonça Citroen Saxo VTS
08 Fenando Soares-Miguel Soares Citroen Saxo Cup
09 Duarte Maciel-Paulo Maciel Citroen Saxo Cup
10 José Arruda-Pedro Rodrigues Citroen Saxo Cup
11 Tiago Mota-José Pimentel Peugeot 106 XSI
12 Carlos Martins-João Silva Nissan Micra 1.3
14 Marco Sousa-Miguel Azevedo Fiat Uno Turbo IE
15 Álvaro Oliveira-António Carvalho Volkswagen Golf GTI 16V
16 Duarte Melo-André Seabra Citroen AX GTI
17 João Faria-     N.N.      Toyota Starlet
18 Paulo Leal-Olga Oliveira Toyota Starlet
19 Eduardo Andrade-José Andrade Toyota Yaris
20 José Silva-Manuel Lemos Renault Clio 1.2
21 Rui Rocha-Paulo Melo Renault Clio 1.2
22 Sérgio Cardoso-Artur Dias Renault Clio 1.2
23 João Paulo Simões-António Pires Renault Clio 1.2
24 Francisco Carreiro-José Caetano Renault Clio 1.2
25 Maria Tristão-Susy Miranda Renault Clio 1.2
26 José Patricio-Florival Ramalho Ford Escort RS 2000
27 Isaías Costa-Miguel Cardoso Toyota Corolla Coupé GT
28 José Borba-João Medeiros Renault 11 Turbo
29 Firmino Mendes-José João Couto Citroen AX TRE
30 Nuno Cintra-Manuel Nunes Silva Seat Ibiza GTi
31 José Flores-Ricardo Coelho Peugeot 205 GTI
32 Pedro Pereira-Tiago Bettencourt Opel Corsa GT
33 Artur Silva-Manuel Vieira Alfa Romeo 4WD
34 Márcio Silva-Rui Silva Volkswagen Polo G40
35 João Avila-José Garcia Renault 4 GTL
36 Tiago Mourão-Francisco Misturada Toyota Corolla Coupé GT

publicado por MSA às 12:52
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2006

A Via VN...

Numa pesquisa (na net, pois claro...) ocasional, em que procurava imagens de Vitorino Nemésio, surgiram-me diversas digitalizações de manuscritos, algumas fotos do escritor, e esta curiosa e pitoresca imagem:

Um imagem típica da Terceira...ontem e hoje...

Como tive de ir há bocado (e com alguma urgência) à Praia da Vitória, e hoje está um nevoeiro "daqueles" no interior da ilha, lembrei-me que seria esta uma boa fotografia para relacionar com a Via Rápida a que deram o nome de tão ilustre figura...

publicado por MSA às 16:48
link do post | comentar | favorito

Sintomático.

E cada vez se escreve melhor. Título de ontem na Agência Lusa:

05-12-2006 16:25:00.   Fonte LUSA .  Notícia  SIR-8573041
Temas: economia portugal ue agricultura açores
 
Açores/Leite: Governo diz ter garantia de que as quotas vão se manter até 2015

   

Nota: Acha que o título está bem redigido? Então este post não era para si...So sorry!

publicado por MSA às 16:45
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006

Luz Verde para o tabaco nos ralis açorianos.

Açoriano, Além Mar e FM já não vão precisar de subterfúgios para aparecer nos ralis da região...

Está dada a luz verde para a continuação da publicidade ao tabaco nos ralis açorianos.

O Governo Regional, segundo anunciou ontem o Secretário Regional da Presidência, Vasco Cordeiro, vai aprovar uma proposta de Decreto Legislativo Regional que transpõe para a ordem jurídica dos Açores a Directiva do Parlamento Europeu e do Conselho relativa à publicidade ao tabaco e ao patrocínio de eventos por parte das empresas daquele sector.

Com esta proposta, o Governo define um regime jurídico regional sobre a matéria, dentro das soluções da Directiva comunitária, estabelecendo a proibição da publicidade e patrocínio nos meios de radiodifusão, e permitindo um regime de patrocínio aos eventos realizados na Região Autónoma dos Açores.

O regime de excepção, que será similar ao existente para algumas provas desportivas internacionais, valida assim a publicidade apenas para os eventos, estando a mesma então interdita na comunicação social.

Sauda-se que o Governo Regional se tenha finalmente, e dado que a promessa de Duarte Ponte, Secretário da Economia, datava de Março ou Fevereiro deste ano, definido em relação a esta questão tão sensível. Em 2005 e 2006 a publicidade já era proibida, e se em 2005 ninguém se preocupou e a mesma se manteve, já em 2006 as empresas tabaqueiras evitaram publicitar directamente as suas marcas comerciais nas viaturas e eventos, optando uma delas por "ocultar" essa publicidade através de um simples código de barras (no caso o produto "Açoriano" e o carro de Gustavo Louro), outra das fábricas publicitou mesmo o seu nome comercial (no caso a Fábrica de Tabaco Estrela, que fez correr o "Team Além Mar", com o campeão Fernando Peres e os pilotos Ricardo Moura, Luís Rego e Luís Pimentel), preferindo outra das equipas a divulgação dos seus espaços comerciais (no caso os "Ponto FM", propriedade da Fábrica de Tabaco Micaelense, que fez correr o veterano Horácio Franco).

Caso a publicidade não fosse autorizada estaria então em risco a manutenção de um parque automóvel bem recheado e competitivo, já que em 2006 foram várias as viaturas com publicidade relacionada às tabaqueiras, contando-se nesse grupo os principais intervenientes do campeonato e que discutiram, até ao final, os principais títulos em disputa. E, mais do que isso, estaria em risco a realização de cerca de metade dos ralis açorianos, uma vez que, e com referência aos últimos anos, das sete provas do calendário local, apenas os ralis Sical (Terceira), Lagoa, Ribeira Grande e SATA (os três em São Miguel) não dependem directamente das tabaqueiras, estando o apoio dessas ligados aos ralis Ilha Azul (Faial), de Santa Maria e Ilha Lilás (Terceira).

publicado por MSA às 12:40
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 27 seguidores

.pesquisar

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tentas comentadas

. O amigo Domingos.

. Ação em Portimão!

. 1º GP Angra Marina Hotel

. Livro do Emanuel

. VI Pico Play Auto Açorean...

. No palco, dias 20, 21 e 2...

. Blind Zero na Casa da Mús...

. Café Teatro

. Reportagem VI Pico Play A...

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds