Miguel Sousa Azevedo

Create Your Badge
Domingo, 31 de Julho de 2005

Hoje.

Não escrevo.
publicado por MSA às 00:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 30 de Julho de 2005

Acreditar.

Às vezes desanimo com as crenças. Sinto falta da inocência de menino e moço. Farto-me do ritmo e da vida sem música. Mas passa.

Às vezes gostava de viver apenas numa folha da colecção "Mistério", de Enid Blyton, e acreditar como a Bé em todas as histórias do gordo Frederico Troteville. Às vezes gostava...
publicado por MSA às 05:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 29 de Julho de 2005

Jornais.

Como é triste saber que poderão acabar títulos como "A Capital" ou "O Comércio do Porto" (o mais antigo jornal de Portugal Continental, e segundo do país atrás do "Açoriano Oriental").
Ainda por cima num país que mantém três diários desportivos (que totalizam cerca de 200 mil exemplares...), em que as revistas de coscuvilhice barata crescem como cogumelos, e, pior ainda, onde há um pasquim infame chamado "24 Horas" a sair a cada vez que as ditas passam...
É dose.
publicado por MSA às 16:31
link do post | comentar | favorito

talvez o meu quadro preferido.

Emigrantes.JPG
"Os Emigrantes" - Domingos Rebelo. - no Museu Carlos Machado (Ponta Delgada).
publicado por MSA às 15:10
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Julho de 2005

Para as revistas cor-de-rosa...

Proponho como posters das páginas centrais, e de modo a "aquecer" o ambiente na partida da corrida presidencial, duas imagens elucidativas:

-Soares sentado na tartaruga.

-Cavaco com a boca cheia de Bolo-Rei.

E ia ser vê-las a andar dos quiosques em velocidade...
publicado por MSA às 05:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Jorge Forjaz de novo premiado.

colaco.JPG
O genealogista Jorge Forjaz viu a sua obra novamente reconhecida. Desta feita foi-lhe atribuído o “Prémio 3º Marquês de São Payo” da Academia Portuguesa da História, pela obra “Os Colaço-Uma Família Portuguesa em Tânger” que as Edições do Guarda-Mor, responsáveis pelo Genea Portugal, editaram em Dezembro passado.
Instituído em memória de um dos mais importantes genealogistas e heraldistas do século XX, o prémio destina-se a galardoar obras na área da História Genealógica e da História Diplomática, circunstâncias que concorriam em simultâneo nesta obra de Jorge Forjaz.
A cerimónia da entrega dos prémios decorreu na sede da Academia Portuguesa da História, durante a sessão de encerramento das actividades do ano académico, tendo o prémio sido entregue pela condessa de São Payo, filha do patrono.
É a quarta vez que Jorge Forjaz vê trabalhos seus premiados pela Academia Portuguesa da História. Recebeu anteriormente:
- “Prémio Fundação Oriente” (Presença dos Portugueses no Mundo) para “Famílias Macaenses”.
- “Prémio 3º Marquês de São Payo” (História Genealógica) para “Os Teixeira de Sampaio da Ilha Terceira”.
- “Prémio Calouste Gulbenkian” (História Moderna e Contemporânea de Portugal) para “Correspondência para o Dr. Eduardo Abreu - Do Ultimato à Assembleia Nacional Constituinte - 1890-1912”.

Parabéns, Tio.
publicado por MSA às 03:07
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Julho de 2005

O Parque da Cidade. (crónica)

MonteBrasil.JPG
Na verdura da minha infância era useiro e vezeiro o passeio ao Monte Brasil. Ora, para uma criança (e eu sempre fui miudinho até meio da adolescência…), todo aquele imenso verde impunha respeito. Como impunham respeito os “tropas” que “batiam” pala e anotavam as matrículas dos carros. Como impunham respeito as bocas vorazes dos primeiros veados que comiam folhas até às pontas dos nossos dedos, ou os patos que por ali passeavam longe de saberem da triste realidade dos “primos” da Lagoa da Falca…
A passagem pelo Pico das Cruzinhas passou a ter um interesse redobrado depois do sismo de 80. Dele se avistavam os aglomerados de obras de uma cidade ainda marcada pela dor, cujo desenho quinhentista genial parecia indicar um futuro equilíbrio que nem sempre soube prevalecer. O epíteto de miradouro da Cidade nem cabia bem ao Monte Brasil. Afinal até eu, do alto do meu metro e trinta, me sentia muito mais do que isso quando andava pelos picos gémeos que olham Angra com carinho.
Pois os tempos passam-se e a nossa maneira de ver e sentir as coisas vai também “envelhecendo”, e nem sempre pelo bom caminho. Há coisa de três meses fui ao Monte Brasil, afinal com o local fui sempre cultivando a relação de infância e por lá corri grande parte dos distantes quilómetros que ainda “guardo” nas pernas, e a primeira impressão foi de que o tempo – de facto - por lá teria passado, agora se alguma melhoria lhe trouxera…aí fiquei sem resposta…
Há coisa de duas semanas, e no final de uma das jornadas do Circuito da Boavista, atravessei com a minha Anita o Parque da Cidade do Porto. A infraestrutura, que isso mesmo é pois nasceu sobre pedreiras e zonas de despejo, idealizada por Sidónio Pardal (e talvez das poucas coisinhas que Fernando Gomes terá deixado paga pela Invicta…) é um exemplo excelente do que todas as cidades necessitam. Uma ampla zona de lazer onde a natureza e a utilidade se cruzam em harmonia. Exactamente o oposto das propaladas “zonas verdes”, das quais não posso falar, pois não tenho a mínima apetência ou sabedoria para escrever de canteiros, florzinhas, ou árvores raquíticas cujo destino é serem substituídas por outras idênticas. Nem tão pouco quero falar de rotundas com pétalas garridas ou de “relvados” de futebol criados para fazer crescer as manchas verdes em decadência pelo país. Se assim fosse teria a crónica que referir-se também à hedionda construção que grassa por este Portugal ardido, e entraria pelas fontes e monumentos de gosto duvidoso. Mas, nada disso. Quero falar de verde, mas de “verde” puro. De árvores, de plantas, de caminhos mais ou menos descuidados, onde a terra nos convidasse a passear, onde sentíssemos a liberdade da Mãe Natureza no seu melhor estado e onde o nosso respirar fosse tão só a prenda dada por desfrutar da sua magia. É isso que cada vez mais é necessário. Sem cores artificiais nem plásticos. Sem o recurso à zona de churrasco e ao bidão de lixo vazio que a acompanha…
Numa altura em que se começam a desenhar, para o grande público, as ideias das principais candidaturas à Câmara desta nossa cidade, que melhor altura para – também eu – vir dizer de minha justiça e de como todo aquele verde nos pode servir para mais do que paisagem? Sabendo que o relevo e a natureza da zona não são iguais às dos “parques” que por aí pululam, acresce-me à ideia seguir os passos dos nossos antepassados que criaram a maior fortaleza do Atlântico usando essas mesmas características por ideiais de defesa. Pois que se crie uma zona em que o equilíbrio de funções vença o palaciano vício de “botar” figura. Minimizando os perigos que as encostas do Monte Brasil apresentam para uma utilização de lazer, julgo que toda aquela área seria um desafio em grande escala para lançar aos técnicos das diversas áreas que ali poderiam criar. Na verdadeira acepção do verbo e com o intuito de mexer o menos possível na base, sendo uma intervenção concisa mas amplamente justificável. Das vertentes meramente científicas da questão à imperiosa utilização do bom gosto e do bom senso, penso ser o Monte Brasil um filão de saúde e pacatez a explorar. Sem concessões nem concursos. Apenas com recurso à imaginação e ao bem estar. Afinal a coisa pública destina-se a engrandecer a qualidade de vida dos cidadãos, e mais matéria prima do que ali está não vejo agora de memória…
publicado por MSA às 08:13
link do post | comentar | favorito

Reis de Espanha.

Os monarcas espanhóis Juan Carlos e Sofia iniciam hoje, pela Terceira, uma visita de três dias aos Açores.
Ai deles de andarem aí a pescar! Mas nem que seja "chicharrinho no calhau"! Ai deles!...
publicado por MSA às 07:17
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Julho de 2005

7.

lancearmstrong.JPG
.Tour.Lance.Tour.Lance.Tour.Lance.Tour.
publicado por MSA às 18:18
link do post | comentar | favorito

Acasos.

fotoAnita.JPG
Às vezes apanhámos coisas sem querer com a objectiva em descontracção. Reparem no "mergulhador"...
publicado por MSA às 17:40
link do post | comentar | favorito

Simplesmente deliciosas...

As "Charlas Sobre a Língua", do escritor Cristóvão de Aguiar no D.I.
publicado por MSA às 16:35
link do post | comentar | favorito

Será Soares candidato?

Embora alguns jornais já o ponham na corrida presidencial, tal como a Cavaco Silva que ainda nada disse com certezas, Mário Soares estará a oscultar diversas faixas do espectro político e social lusitano para decidir se avança ou não numa terceira corrida a Belém. Até aqui tudo bem, até porque qualquer cidadão é livre de o fazer. A minha única preocupação, e, confesso, Mário Soares - com todos o feitos e qualidades que a História, muito justamente, lhe outorga e pelo qual algo lhe devemos - não é uma pessoa que me agrade ou sequer que consiga apreciar, mas, e dizia, tenho em mente que não será um "velho" leão semi-adormecido a melhor personalidade para encarnar o papel de Presidente da República. Muitos dizem que Sampaio esvaziou o cargo de tal forma que a outro será difícil reerguer-lhe as competências. Eu pergunto: Quais competências? As de Soares contra a maioria PSD de Cavaco Silva? Ou as de Sampaio contra o aberrante Governo PSD/CDS de Santana Lopes? A minha modesta opinião é de que Sampaio humanizou o cargo, o que até agora ninguém tinha conseguido devido ao curso democrático de curto alcance na vista dos tempos. E também devido às suas diferentes personalidades, pois são elas que fazem os Homens em que podemos ou não querer votar.
Ainda não sei onde estarei na altura das Presidenciais. Ainda não sei quem serão os candidatos. Mas preocupa-me a falta de gente credível na dita margem esquerda da nação, como me preocupa a crescente opinião de que Cavaco Silva - uma pessoa intransigente e pouco dada a humores... - seja a única solução viável.
E eu bem me arrependi de ter votado nele em 1996. Como pena tive de não estar recenseado no Porto quando Sampaio se recandidatou...
publicado por MSA às 15:51
link do post | comentar | favorito
Domingo, 24 de Julho de 2005

FCP 2005/2006.

equipFCP0506.jpg
É hoje à noite a apresentação do plantel no Estádio do Dragão. Com a música dos Blind Zero e muita esperança. Lá estaremos...
publicado por MSA às 14:25
link do post | comentar | favorito

Água.

E hoje chove. Não chove muito, mas o suficiente para eu sentir a falta de cumplicidade que tenho agora com esta água que cai.
Como as coisas mudam...
publicado por MSA às 14:10
link do post | comentar | favorito

...

gabriel.JPG
Até quando você vai levando?
(Porrada! Porrada!)
Até quando vai ficar sem fazer nada?
Até quando você vai levando?
(Porrada! Porrada!)
Até quando vai ser saco de pancada?

publicado por MSA às 14:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Portugal Eléctrico'2005

Possivelmente sem o mesmo aglomerado de público de anos anteriores (onde as transmissões televisivas deram mais visibilidade ao evento), mas com "boa onda" q.b., dançar foi o mote Sexta e Sábado à noite em Matosinhos...bem à beirinha do mar.
Ontem Gabriel, o Pensador foi o artista em palco (andante, já que é um trio eléctrico com 20 metros de comprimento e cerca de 80000 mil watts de potência para "espalhar"...). E que "show" deu o "rapper" intervencionista do país irmão. Face a um público onde o verde e o amarelo predominava ao som do doce sotaque, Gabriel cantou e fez cantar até perto das 3 da manhã, não se coibindo de descer à rua e contrariando os seguranaças na hora de tocar e ver os fãs...
Com uma musicalidade de "beat" crescente e empatia declarada, o enredo do habitual espectáculo de palco fixo "saltou" bem para a "boleia" do camião.
Foi muito artista e nada vedeta. Grande Gabriel...!
publicado por MSA às 13:48
link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Julho de 2005

Destes é que eu sou mesmo fã...

oldmuppets.jpg
publicado por MSA às 18:20
link do post | comentar | favorito

Aveleda.

Num "passeio" vinícola pela rede (o vinho é um dos meus interesses, não só saboreá-lo mas percebê-lo...não tenho é dinheiro que lhe chegue...), passei pelo site da "Quinta da Aveleda", afamado produtor onde a opção é extensa.
Lembrei-me então do gasto supersónico que eu e os meus amigos (aí pelas "loucas" alturas dos 15 ou 16 anitos...) dávamos ao vinho verde "Aveleda" onde quer que ele se encontrasse. A ementa dos jantares da altura (face aos orçamentos...) não variava muito da "Cheese" com batatas e afins. E aí entrava o "Aveleda" que era bebido com maior velocidade que o ketchup a espalhar-se pelo prato. O primeiro que acabasse a sua garrafa (qu'isto nada de misturas, hã!) rapidamente lhe enfiava um guardanapo de papel no gargalo, passando esta a ser o troféu da zonzeira que entretanto começaria a sentir...
Hoje até já sei que o "Aveleda" é um vinho jovem e equilibrado, com um aroma suave e delicado, fresco e levemente frutado. Tem uma cor levemente citrina, aspecto límpido e brilhante. Recomenda-se para aperitivo ou acompanhamento de pratos de peixe, marisco, caça, saladas ou cozinha italiana. E deve ser servido a uma temperatura entre os 8 e os 10ºC.
Naquela altura, sinceramente, apenas me lembro que enjoei...

publicado por MSA às 18:07
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 21 de Julho de 2005

...

old house.jpg
"The old House in Bad Nenndorf " - Peter Gerasimon (pintor australiano).
publicado por MSA às 19:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Ressalga.

Escrevo a poucos metros do Mar. Há pouco pus-me em busca do seu cheiro. Demorou mas lá veio, aqui com mistura de areia...mas Mar.
Mesmo daquele salgado...
publicado por MSA às 18:59
link do post | comentar | favorito

Devem estar a brincar...

Sinceramente, o que acham dos anúncios do BPI com o Mourinho a dizer
"Ganhe como eu"?...
publicado por MSA às 17:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 20 de Julho de 2005

Enlevo.

CatPraia.JPG
A dança de dois Catamaran "rasgando" as águas ao desenho da Praia da Vitória...
publicado por MSA às 23:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Turbulência.

Num mesmo dia ficámos a saber que Freitas do Amaral está disponível para defrontar Cavaco nas Presidenciais, que Sócrates acaba de perder Campos e Cunha - o seu dotado e incansável Ministro das Finanças -, e que o Parque Natural da Arrábida arde de novo este ano.
Não seria demais pedir um tempinho para respirar? É que só falei em três coisas...
publicado por MSA às 22:42
link do post | comentar | favorito

www.despedidadocavaco.com

cavaco.JPG
Este era o Cavaco há uns aninhos...Agora está prestes a casar!

Para quem pensa que a imaginação terceirense tem limites (no que às Despedidas de Solteiro diz respeito...), então que espere pelos cartazes nas rotundas...
publicado por MSA às 22:30
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Julho de 2005

Miguel Brasil segue vocação familiar…

MiguelBrasilKart.JPG
Para quem, nos idos anos 70, estava ligado aos automóveis na Terceira o apelido Brasil tinha tudo a ver com rodas e motores. O Pai, Sr. Guilherme Brasil, era o Chefe geral da antiga “Auto Avenida”, onde também trabalharam os dois filhos mais velhos. O João Ilídio como mecânico, ele que foi o proprietário do mítico “Mr. Bill” – o primeiro carro a ostentar o emblema do que viria a ser o T.A.C.-Terceira Automóvel Clube – e de um dos carros mais bonitos que fez ralis por estas bandas, o Lancia Fulvia HF. E o Rui Natal, que trabalhou no escritório da firma, e que se viria a notabilizar como piloto de ralis depois da família rumar à Califórnia, terra onde conseguiu resultados de vulto e onde evoluiu com máquinas de grande qualidade, como foi o caso do Audi Quattro S2, uma “bomba” da marca germânica e onde chegou a ser navegado pelo filho Ryan. Os dois rebentos mais novos do “cl㔠também seguiram a via dos volantes e engrenagens, e se o Gulherme apenas fez uma prova de perícia na sua Terceira natal (lembram-se de um Audi 80 branco?...), já o mais novo de todos, o Vítor, participou em três ralis entre 1984 e 1985, curiosamente sempre com carros diferentes (Citroen Visa Super X – o mesmo que venceu o 1º Rali Sical pelas mãos de Joaquim do Carmo -, Datsun 1200 e Ford Escort RS) e tendo levado a seu lado o Manuel “Bacalhau” e o Jorge Monjardino. Tudo isto depois de dominar durante alguns tempos o embrionário Motocross local, cujas provas na Caldeira do Monte Brasil ainda são recordações gratas e de belo efeito visual. De uma forma ou de outra todos eles continuaram ligados ao desporto automóvel e nenhum se coibindo de participar em competições do outro lado do Atlântico. Refira-se ainda que a oficina original da família em San José da Califórnia tinha no nome a origem familiar: “Angrauto Service”, e apresentava nos cartões comerciais o Fulvia do João Ilídio em bonito salto nas saudosas lombas do “velho” Barro Vermelho.
E todo este historial para referir mais um nome da mesma rama e que, comprovando a máxima em que “Filho de Peixe sabe nadar”, começa já aos cinco anos de idade a ver a carreira começar. O Miguel de Sousa Brasil é filho do Vítor Brasil e da Madalena, minha vizinha de frente da porta até irem para os “States”, e completou a referida idade a 8 de Março deste ano. Como tal está agora a disputar um Campeonato de introdução ao Karting cujas provas têm lugar no “Fair Grounds Park”, em Stockton, tendo corrido pela primeira vez no passado dia 2. O campeonato, de doze provas, foi iniciado pelo Miguel com seis delas já decorridas e a estreia, onde integrou a classe dos 5 aos 8 anos correu pela melhor forma com os adversários da mesma tenra idade a ficarem nas posições seguintes. Vistas as fotos da corrida e pode-se adivinhar a animação reinante entre todos aqueles “projectos” de piloto, cujos pais, verdadeiros “Team-Manager’s” em acção, não perdem pitada da preparação e andamento dos seus rebentos. A próxima prova em que correrá o Miguel Brasil é no dia 6 de Agosto mas, para as estatísticas, a primeira taça já está em casa.
Depois de Derek Lopes Jorge este é mais um descendente de terceirenses a dar os primeiros passos no desporto automóvel do outro lado do Atlântico…
publicado por MSA às 07:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 16 de Julho de 2005

De praça a praça...

PMartinsPortoGuilherme.JPG


Foto: Amaro Evangelho.
publicado por MSA às 23:19
link do post | comentar | favorito

Da mesma forma...

que o Sol perguntou à Lua quando havera amanhecer...
perguntamos nós às estrelas cadentes onde está o desejo concretizado e como fazêmos para encontrá-lo...mas rápido, que o tempo passa!
publicado por MSA às 23:12
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Julho de 2005

...

sunflowermorning.JPG
"Sunflower Morning" - Tracy Turner.
publicado por MSA às 09:39
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Julho de 2005

Cores. ou nem tanto.

E não é que com estes dias - mais sol, menos sol, mais tempo, menos tempo - a cor amendoada, que se mostrava já a crescer, voltou a dar lugar à semi-alvura da invernia.
Ó pele que não me entendes...
publicado por MSA às 06:33
link do post | comentar | favorito

Um Poema para o dia 14 de Julho de 2005.

ILUMINADO (Anna Maria Feitosa)

Ando em busca
do ponto de equilíbrio
entre o aqui
e o agora

Perco os limites
do tempo
sigo lenta.

Pensando como quem dorme
falando
como quem sonha
amando
como quem pode.

Vejo a vida
de olhos claros
translúcidos
coloridos
como vinho
iluminado.
publicado por MSA às 06:31
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Julho de 2005

Cinema a dois...

alotlikelove.JPG
A semana passada ganhámos dois bilhetes para a antestreia do filme "A lot like Love". Na verdade foram quatro bilhetes mas oferecêmos dois, e a verdade é que nos mandaram para um sítio e a antestreia era noutro! O gerente da sala compreendeu o engano e acabámos por aceitar ver o filme em questão noutra altura, tendo-nos sido oferecidas mais duas entradas que serviram para ver "Mr. and Mrs. Smith". Ontem, ao fim da tarde, decidimos então ir assistir à comédia romântica que juntou Amanda Peet e Ashton Kutcher num desempenho muito franco e conseguido. Isso concluímos após uma sessão diferente, a das 19h05. É que a sala estava vazia e apenas projectaram o filme porque aparecemos. Que bom estar no cinema sem pipocas alheias, telemóveis, e comentários idiotas.
Em suma, que bom estar no cinema sem gente...! Somos muito mais nós. E o título do filme ganha novos contornos...
publicado por MSA às 00:18
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Julho de 2005

Parece que regressam hoje...

TerceiraPamplona2.JPG
Possivelmente algo debilitados pelas movimentações taurinas, e não só, que lhes reservou a semana de San Firmin. Por certo mais amigos ainda e com centenas de histórias para contar. E, quem sabe, talvez ainda voltem a falar português antes do fim de Julho!
publicado por MSA às 07:58
link do post | comentar | favorito

Porto Vintage “motorizado”

CircuitoBoavistaOldF1.JPG
O evento que a Talento, o ACP-Sport, e a Câmara do Porto, puseram “à disposição” de quem rumasse à “Invicta” foi uma prova de esforço e competência com um selo de qualidade em todos os aspectos. Críticas haverá a fazer, mas quase todas para correcções futuras, sendo que as principais – e prematuras – foram todas de índole político e apenas a merecerem ignorância por parte de quem gosta verdadeiramente de carros e corridas. Para além da pouca largura do traçado, à qual os muros de cimento deram o mote de “imperdoável”, a única observação que posso fazer tem a ver com a “triagem” necessária ao público de modo a que não se repitam cenas menos agradáveis. É que como “Vip´s” irá haver sempre, então que se crie uma bancada (apenas) a eles destinada (e onde não me devo querer sentar…). De modo a que (alguns) não façam uso da falta de educação que se viu…
Posto isto e vamos ao resumo de cada uma das categorias em liça e que proporcionaram, umas mais que outras, imagens e emoções bem reais num universo que ultrapassou os 340 pilotos e para muitos milhares de espectadores. E convém referir que mesmo quem não teve hipóteses de comprar (os pouco baratos…) bilhetes para as várias bancadas do traçado, podia sempre passear ao longo deste onde tinha várias boas opções de apreciar as máquinas. Então vamos, uma a uma, ver o que se passou nas corridas:

Troféu Datsun 1200- Algo violentas as corridas dos pequenos carros nipónicos. A animação foi uma constante, bem como o vencedor de ambas as tiradas, Victor Araújo, que viria ser desclassificado por irregularidades técnicas. Isto depois de a segunda corrida ter acabado mais cedo e com o líder de cabeça para baixo na “chicane” das boxes e atravessado na pista. Assim Jorge Antunes recebeu o “ouro” e aumentou a sua vantagem no Troféu. Frentes desfiguradas não faltavam no Paddock dos 1200…
Gentlemen Drivers GT Endurance- Talvez a prova com os carros que mais me diziam, e o próprio vencedor foi para mim um dos “must” presentes. Lindo, em cor bordeaux, era o Porsche 904/6 que Irvine Laidlaw e James Diffey levaram à vitória. Atrás deles o Austin Healy da família Welch e o Lola Mk1 de Willas/Hall. Foi a corrida final de Sábado e a que vi de vários pontos do circuito. Estridente…
Gentlemen Drivers Sports Challenge- Corrida de uma hora com pouca história. Domínio absoluto do Lotus 30 de Redhouse/Wright, seguido a mais de um minuto pelo Cooper de Danny Wright e pelo Elka de Ivan Scotti. Esta foi a prova que encerrou o certame no Domingo.
Masters GT/Taça FPAK- A vinda, ao que se sabe única, dos GT do Campeonato Espanhol, inundou de muitos milhares de cavalos as ruas da Boavista. O alvo a abater foi sempre o Mosler MT 900 R de Manuel Gião, que estabeleceu o recorde absoluto da volta à pista com 1m54s871 nos treinos de Sexta-Feira. Venceu a prova de Sábado mas abandonou no Domingo quando liderava, permitindo a Pedro Mello Breyner levar o Porsche GT3 RSR ao mais alto do pódio. Dos Ferrari Modena aos originais Marcos LM 600, passando pelo belo Ascari KZ e pelo já vetusto Venturi, a grelha dos GT era espantosa e os motores rugiram bem alto…embora a pista não fosse a ideal para evoluírem em condições.
Fórmula 1 Pré 1961- Vitória final do bonito Maserati 6CM do alemão Scholloeck, seguido pelo ERA R4D de Mac Hulbert e pelo Cooper Bristol de Paul Grant. Lindos o Maserati 250 F de José Albuquerque (6º) e o Connaught Type B de Rodrigo Gallego (desistiu).
Formula 1 Pré 1966- Foi o mesmo carro com que John Surtees obteve o recorde da Boavista, em 1960, a vencer esta categoria. Um sonante Lotus 18, conduzido por Michael Scryver, venceu na frente de 5 diferentes Cooper e fez a melhor volta à média de 120,7 km/h! É obra para um carro já com 45 anos de idade. Fechando os olhos o Tempo não se adivinhava nesta corrida…
Sport Pré-Guerra (anos 30 e 40)- Verdadeiras relíquias sobre rodas com o Alfa Romeo de Roger Saul a mostrar superioridade, mesmo com um atraso pelo meio. Segunda posição para o Frazer Nash de Chilcott/Stretton e outro Alfa, de Baxter/Ainscough, a fechar o pódio. Regresso esperado de “Nicha” Cabral à Boavista, dividindo um BMW 328 (que já correra nos anos 30 no Porto) com Campos Costa rumo ao 18º lugar.
Sport anos 50 e 60- Corrida animada com os pequenos Cooper T39 de Van der Kroft e Balley a bateram o HWM Jaguar de Michael Steele. Foi a penúltima corrida deste evento e nem sinal de ninguém arredar pé das bancadas…
Lurani Trophy Júnior- Era o degrau de acesso à Formula 1 nos finais de 60. Na Boavista este pequenos carros deram espectáculo, ficando os 4 primeiros separados por menos de 6 segundos. Dois Lotus (22 e 27) e um Merlyn Mk5 no pódio de um pelotão com mais de 35 viaturas de cores e feitios diversos. Também aqui Michael Scryver foi o melhor desde os treinos à recta final.
Troféu Nacional Clássicos Velocidade- Quase 40 carros numa categoria com muitas diferenças de andamento e carros para todos os gostos. Vitória dupla para Miguel Pais do Amaral e o seu Lola T70 azul. O patrão da TVI rodou perto dos 2 minutos e apenas Jonathan Baker, em Lola T292, o superou no tempo por volta. Mas o britânico foi muito azarado sendo apenas segundo no Domingo. Boas provas para Ribeirinho Soares e Carlos Barbot e presenças tão diversas como António Coutinho (Vice-Campeão Mundial de Ralis-Grupo N em 1992), no Escort “muleto” de Joaquim Jorge ou do nosso bem conhecido José Janela num pouco cooperante BMW 2002…
Campeonato Nacional Clássicos Velocidade- As duas corridas mais aguardadas. Muito por “culpa” de Joaquim Jorge e do seu diabólico Escort RS. O piloto de Penafiel dominou tudo e todos e brindou o público com belos “slides” e uma velocidade alucinante. No Sábado Rui Manuel Costa e António Nogueira, ambos em Escort, acompanharam-no ao pódio, para no Domingo serem Rui Manuel Costa e Rui Costa a seguirem Jorge. Excelentes máquinas nestas duas corridas onde a emoção não faltou. Até fomos descobrir um primo da minha Anita que, com o seu esplêndido Volvo 121, fazia a estreia em competição num circuito que lhe deve ter recordado a infância.

Em suma, e sem poder ocupar o espaço que este acontecimento exigiria, o balanço dos três dias é de todo excelente. O ambiente de corrida estava em todos os pontos do gigantesco “Circo” que recebeu o Porto. Das diversas mostras no Paddock Social às centenas de pessoas, carros e afins que coloriram a zona das boxes. Tudo pondo em pleno “Pit Lane” (saída das boxes para a pista) este Circuito da Boavista. Que a partida “lançada” este ano seja uma realidade a transpor para os seguintes. Sem grandes “chicanes” à realização de mais provas e com mais categorias. Se Rui Rio sonhou, o Porto e o país têm de lhe agradecer a ideia. E a forma consciente e paulatina com que a mesma tomou forma e teve sucesso. Parabéns!

in "Jornal a UNIÃO" - Foto: Armindo Cerqueira/Foto GTI
publicado por MSA às 07:52
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Julho de 2005

Antigos mas fotogénicos...

CircuitoBoavistaAlfa.JPG
Um lindíssimo Alfa Romeo em acção na Boavista.

Foto oferecida por Armindo Cerqueira/Foto GTI.
publicado por MSA às 20:40
link do post | comentar | favorito

GP Histórico do Porto/Circuito da Boavsta

CircBoavistalogo.JPG
Só daqui a pouco me farei à escrita para uma reportagem sincera sobre o que se viveu nesta cidade de Sexta até ontem. A verdadeira apreciação a fazer é a da realização de um sonho do Presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, substancialmente conseguida através de um evento onde Portugal apenas pode agradecer a qualidade com que foi organizado. Aos Senhores do PS-Porto e do Bloco de Esquerda da mesma cidade apenas dirigo o conselho de tentarem conter as suas críticas (prematuras...) no ventre balofo que as eleva aos microfones esfomeados da Comunicação Social. Desta feita deram-se mal, ai deram deram!...
publicado por MSA às 20:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Julho de 2005

O fogo ao vivo.

A nossa Comunicação Social, e as televisões em particular, parecem cada vez mais caminhar para o descalabro. Hoje a SIC-Notícias transmitiu o início de um incêndio numa fábrica de móveis do Concelho de Águeda como se de um jogo de futebol se tratasse. O avançar das chamas, vindas da mata contígua, sobre o edifício em questão, foi relatado com um vigor que quase indicava uma clara vontade de que ele ardesse e ruísse o quanto antes...para que se visse tudo em directo...
publicado por MSA às 23:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Nasceu um futuro Campeão?...

FrancoLouro.JPG
Nasceu ontem, na cidade de Ponta Delgada ilha de São Miguel, o João Jácome de Medeiros Franco Louro, filho dos meus queridos amigos Gustavo Louro e Raquel Franco e neto dos não menos amigos Luís Louro e Horácio Franco. O mínimo que se pode dizer é que este rapaz já trará velocidade no sangue e uma herança desportiva de 14 títulos de Campeão Açoriano de Ralis (oito por parte do Avô materno e seis por parte do Pai) e mais de 40 anos de competição automóvel. Ou como me disse, em tom de brincadeira, o Gustavo há uns meses: "Se ele não guiar bem, não é falta de genes...é falta de jeito mesmo!"...
Aos pais e aos avós desejo as maiores felicidades. E ao João também, e que cedo desperte para os automóveis. O que me parece poder bem vir a acontecer...

PS-O João já é sócio do T.A.C....
publicado por MSA às 13:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Julho de 2005

Nostalgia a alta velocidade na Boavista...

CircuitoBoavista60.JPG
Nevoeiro misturado com restos de um incêndio nos arredores. Cinzento e nostálgico assim acordou o Porto. Nesses preparos o acompanhei bem cedinho até às cercanias do mega-evento que é o GP Histórico/Circuito da Boavista. Que manhã diferente e que bem me sinto no meio do barulho e cores garridas daqueles bólides de outros tempos.
Ainda vi pouca coisa, afinal hoje de manhã só houve treinos de 4 das 11 categorias a correr até Domingo. Mas do ruído metálico dos 7 litros do Lola T70 ao guinchar desmedido de uma travagem falhada por um Datsun 1200 as coisas já bem aqueceram. E depois, em plenas boxes, ver a saída para a pista dos Super-carros dos GT Espanhóis (onde reinam os portugueses...), salpicada pela presença de um Fiat 600 descapotável e com cadeiras em palhinha, ao reluzir da prata de um belíssimo AC Cobra, são coisas só batidas pelo estarrecer que é ver um raro Porsche 904/6. Que quase parecia ter vindo directo de Le Mans dos anos 60...
publicado por MSA às 14:33
link do post | comentar | favorito

Ferido de morte e traição...

LondonPride.JPG
publicado por MSA às 05:33
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Julho de 2005

Terceirenses em Pamplona!

TerceiraPamplona.JPG
“Pamplonesas, viva Sanfermin!”, foi com este grito que Idoia Saralegui, a "Concejal del Ayuntamiento de Pamplona", deu início a nove dias de festas. Uma analogia para as nove ilhas dos Açores ou para os nove terceirenses que dirigiram os seus passos para Pamplona esta semana? Pois é, nem uma coisa nem outra, e até já são dez os "bravos" da ilha Lilás lá presentes depois de uma "aquisição" de última hora. Da viagem ainda só as imagens cá chegaram, mas sabe-se que as "toilettes" de festa foram cuidadas com toda a pompa e circinstância. O mesmo é dizer que têm mais de uma "fatiota" para cada dia e que, muito provavelmente, ninguém os aguentará durante todo o Verão com as suas histórias...
Steven Vieira, Duarte Alves, Marco Sousa, Ricardo Costa, José Luís Leonardo, Jorge Ortins, Marco Vieira, Paulo Bettencourt, José Martins e Roberto Vitorino. São estes os seus nomes...
publicado por MSA às 13:19
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
16
30
31

.posts recentes

. Reportagem Faz Acontecer ...

. Assembleia Geral (RCA)

. Especial Sprint da Rivier...

. ES da Riviera amanhã (DI)

. Faz(er) Acontecer...

. Vodafone Rally de Portuga...

. Clássicos nos 42 anos do ...

. Entrevista Ana Gomes (Nas...

. Jantar Solidário.

. Artur Silva regressa na E...

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.quem cá passa

Contador de visitas

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds