Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

PORTO DAS PIPAS

miguel de sousa azevedo - açores

30.Abr.05

CMAH: Costa Neves "sai" na frente...

cneves.JPGCosta Neves foi já apresentado como candidato do PSD à Câmara de Angra. A escolha é sensata e de valor. Mau grado os dois últimos momentos da sua carreira política: a efémera actuação como Ministro e a não-eleição como deputado por Portalegre. A verdade é que Costa Neves tem uma imagem de correcção que passa às gentes e isso é importante num combate que se adivinha movimentado e quente. É certo que foi ele o candidato derrotado em 2001 para a Assembleia Municipal mas, à altura, qualquer pessoa (sem desmerecer Cunha de Oliveira, o eleito) ligada a Sérgio Ávila tinha leivos de vencedor em Angra. Por isso mesmo espero que o PS-Terceira não caia na esparrela de "inventar" um candidato. Devia apenas "limar" a actuação de José Pedro Cardoso, na minha opinião o único capaz de se bater com o candidato laranja, até ao final do corrente mandato.
E, para já, tenho dito sobre as Autárquicas na ilha Lilás.
30.Abr.05

Temperatura.

Está um dia de Verão no Porto. Sol forte e uma brisa leve que ajuda a não esquecer a altura do ano em que estamos. Os portugueses, como sempre, vestem calças escuras e casacos quentes, abotoando as camisas até ao limiar da respiração. As mulheres andam de meias. E nem toda a gente tem este espírito lavado e fresco com que me sinto hoje. Pudera!
Mas está tempo de aproveitar a marcha dos ponteiros do relógio. Diminuindo-a.
29.Abr.05

Coisas de coletes...(2)

Já agora, e aproveitando a "onda" do colete, só pergunto o seguinte: - Quem terão sido os "artistas" que deram azo a esta "febre", lembrando-se de regulamentar coletes para tudo e mais alguma coisa? É que, qualquer dia, quem anda a pé nas cidades, ou quem vende jornais, ou os carteiros, ou até os merceeiros (se ainda os houver...), todos vão andar alegremente de colete fluorescente! Tudo, claro, à luz de uma nova norma criada para vender mais e mais coletes. Vivam os coletes!
29.Abr.05

Coisas de coletes...

colete.jpgSe um dia forem apanhados a mudar o pneu ou coisa do género sem estarem a usar o novo colete (devidamente homologado, carimbado, etc e tal...) digam sempre que não o têm, mesmo que o tenham convosco.
É que a multa por não ter o colete são 60 euros. A multa por não o utilizar (tendo-o) é de 120 euros...
28.Abr.05

Cacifos.

cacifo.jpgPela primeira vez na vida tenho um cacifo só para mim. A promessa já vinha de quando andava aí no 8ºano, mas os fundos da Secundária de Angra destinados a esse fim foram sempre "desviados" para outras áreas. Assim, e já depois dos 30 (!), tenho um pequeno armário num móvel metálico de 12 cacifos da Rall. O meu está na terceira fila do primeiro de três móveis.
Desde sempre imaginei tal espaço com grandes e personalizadas decorações, bem ao estilo "High School" que se vê nos filmes, e porto seguro para segredos pessoais e peças incriminadoras. Nada mais irreal. Não tenho lá perfumes, revistas, sapatilhas ou bilhetinhos...
No meu cacifo, numa das salas de um dos Hospitais (ex-SA e futuro-EPE...ou será que já é?...) deste país, apenas se encontram, por agora, a minha pequena escova de dentes Oral B e um tubo de pasta...azul, por sinal!
27.Abr.05

Da nova TAP...

logotipotap.JPGDesde 2004 que não voava na TAP. Não tinha tido ainda o prazer de "sentir" os novos tarifários, que nos regalam a conta bancária com os módicos 300 euros para ir do Porto às Lajes. Outra inovação que me desgostou foi a ausência dos míticos Toalhetes Refrescantes, dos quais ainda guardo alguns (agora históricos) exemplares.
Mas de pasmar mesmo só a refeição ligeira servida no trajecto Terceira/Lisboa em voo iniciado pelas 21 horas. Costumo ser imaginativo na cozinha, mas duas fatias de pão, com um filete de peixe e uma singela folhinha de alface pelo meio, só em aproveitamento de sobras me tinha ocorrido. Inovações! Melhor só mesmo o repasto do matinal Lisboa/Porto: nem um copinho de água e pronto...
26.Abr.05

Do Norte para as ilhas...

Hoje faria 92 anos o meu Avô Fernando. Gostava muito dele enquanto viveu, fiquei a adorá-lo para sempre. Arquitecto de formação, talvez dos primeiros a laborar na Terceira ainda na primeira metade do século passado, nasceu no Porto mas cedeu aos encantos de uma jovem do (também) Porto Martins -onde hoje ambos repousam - para se fixar na Terceira. Filho do Médico, Ministro e ex-Presidente do Senado do Porto Sousa Júnior (que fizera o trajecto inverso ao nascer na Praia da Vitória mas rumando depois à cidade invicta...), o meu Avô Fernando sempre foi um defensor da liberdade e da apreciação do ser por ele próprio. Foi um dos líderes do PS local no pós-revolução. Julgo ter herdado dele o sentido crítico algo violento, mas nunca igualarei a sua notável capacidade de reter informações e sentidos. Nisso era mestre. Como o foi na sua profissão a espaços. Entrem na Igreja nova dos Biscoitos e apreciem. Pensem no que antes existia na Praça Almeida Garrett em Angra (ao invés do pavor que lá se instalou...) ou no pequeno monumento que evoca o escritor no Jardim Duque da Terceira. No Porto, frente à Sé, foi do seu traço que nasceu o Pelourinho dos anos 40. Muitas casas e inovadoras soluções na Terceira deixou sem ser reconhecido à altura. E acabou por tornar-se professor na Secundária de Angra onde julgo soube encaminhar alguns jovens futuros-arquitectos. Por tudo isso merece ser relembrado.
Por muito mais não sei ainda prender as lágrimas...

Pág. 1/3